Como Congelar Alimentos Sem Que Eles Percam Nutrientes

Quer aprender como congelar seus alimentos sem que eles percam os nutrientes e o sabor? Então está no lugar certo!


Quer retirar o ar das embalagens mas não tem máquina de embalar a vácuo? Essa técnica irá te ajudar muito, então!

 

Veja 5 Receitas de Mousse Ótimas Para Rechear Bolos De Aniversário

Essa técnica é ótima para congelamento!

Venha aprender como congelar vários alimentos sem que eles percam os nutrientes:

 

 


Preparativos para congelar os seus alimentos

Cada alimento exige um tipo de preparação antes de ser congelado, mas, antes mesmo de separar e preparar os alimentos, você deve ter em mente que irá precisar de alguns utensílios para guardar apropriadamente aquilo que você quer congelar.

Pensando nisso, o Arteblog fez uma lista para te ajudar nessa preparação pré-congelamento:

  • Potes de plástico fechados hermeticamente: os potes de plástico são ideais para o congelamento de qualquer alimento, mas não é qualquer potinho que pode ir ao freezer.  Eles devem ser resistentes à baixas temperaturas e devem ser bem vedados, assim não soltarão cheio. Se você planeja esquentar a refeição congelada no microondas, é importante que esses potes também sejam apropriados para tal.
  • Atenção: se for congelar em potes ou refratários de vidro, tome bastante cuidado no congelamento e descongelamento. O vidro é resistente às altas e baixas temperaturas, mas pode rachar devido ao choque térmico. Antes de por no freezer ou levar ao forno (após congelado), deixe a temperatura do alimento ficar próxima à temperatura ambiente.
  • Saquinhos herméticos e papel filme: eles são ótimos para congelar pequenas porções de alimentos, principalmente frutas e carnes. Além disso, nesses saquinhos você consegue tirar boa parte do ar, antes de congelar, mantendo, assim, o alimento fresco por mais tempo.
  • Fita crepe e Canetinha: para identificar o alimento, a data na qual foi congelado e a data de validade após o congelamento.

Quais alimentos não devem ser congelados?

(Fonte: Goiás Verde)

  • Iogurte: O alimento talha quando descongelado.
  • Ovo cru inteiro: Não pode ser congelado, pois a casca estoura.
  • Batatas cozidas: Elas absorvem muita água, amolecem, esfarelam e escurecem.
  • Maionese: O alimento talha quando descongelado.
  • Cremes e pudins: Receitas com amido de milho soltarão muita água após o descongelamento.
  • Verduras e legumes: Não é indicado congelar folhas verdes e legumes como tomate cru, pepino, rabanete. Eles murcham, amolecem, alteram a cor e o sabor. Já as folhas usadas para temperar refogados, como salsinha e coentro, podem ser congeladas.
  • Frutas delicadas: pêra, manga e banana, tem a cor alterada em baixas temperaturas.
  • Gelatina: Ela não resiste às temperaturas baixíssimas.
  • Fermento fresco: Nunca deve ser congelado. Quando descongelado ele perde parcialmente o poder de fermentação, alterando a receita.
  • Chantilly: O chantilly não deve ser congelado, pois durante o descongelamento, a parte gordurosa se separa da líquida.

Congelando alimentos prontos para consumo

  • Não exagere no tempero nem no cozimento ao preparar. O processo de congelamento pode acentuar os temperos e amaciar os alimentos.
  • Não congele o alimento quente. Deixe esfriar em temperatura ambiente e, se possível, coloque algumas horas na geladeira. Após totalmente  gelado, leve ao congelador.
  • Separe pequenas porções, pois o alimento descongelado deve ser completamente consumido.
  • Marmitas prontas não devem passar mais de duas semanas no congelador. Se quer que os alimentos durem mais, congele separadamente cada item.

Congelando carnes

  • Não é indicado congelar carnes com temperos. Caso isso seja feito, o ideal é consumir a carne na mesma semana na qual foi congelada.
  • Para limpar a carne que vai ser congelada, tire apenas os ossos (opcional) e o excesso de gordura. Nunca lave.
  • Separe em pequenas porções. Não se deve congelar, descongelar e congelar novamente carnes sem cozimento.
  • Retire o máximo de ar possível da embalagem, antes de levar ao freezer.

Congelando frutas

  • Você pode congelar tanto frutas inteiras quanto frutas picadinhas. Se for congelar para preparar sorvetes e vitaminas, o ideal é picar, para, assim, conseguir separar as porções individuais.
  • Se optar por frutas em pedaços, retire a casca e as sementes, antes de congelar.
  • Retire o máximo de ar possível da embalagem, antes de levar ao freezer.

Congelando temperos

  • Uma forma prática de congelar temperos é utilizar forminhas de gelo.
  • Prepare o tempero que preferir, misture com um pouco de azeite e coloque nas forminhas.
  • Após congelar, coloque os cubos em um pote de plástico e mantenha no congelador.
  • Não é preciso descongelar para usar: jogue direto na panela aquecida, quando quiser temperar a sua comida.

Congelando vegetais

  • Limpe, descasque  e pique os vegetais antes de congelar. Picar em pedaços menores facilita na hora de descongelar.
  • Antes de congelar, faça o “branqueamento” dos legumes: você deve escaldar em água fervente ou no vapor, mas não pode cozinhar completamente.  Após retirar da água quente, mergulhe em água com gelo, dando assim, um choque térmico.
Fonte: Faz fácil
O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 6

Como Congelar Alimentos Sem Que Eles Percam Nutrientes

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

4 respostas para “Como Congelar Alimentos Sem Que Eles Percam Nutrientes”

  1. […] Como Congelar Alimentos Sem Que Eles Percam Nutrientes […]

  2. […] Como Congelar Alimentos Sem Que Eles Percam Nutrientes […]

  3. […] Aprenda a congelar alimentos do modo correto […]