Estresse e ansiedade nunca mais

As cobranças do trabalho, da faculdade, do relacionamento. As próprias expectativas, tudo isso te parece muito familiar? São um principais fatores que desencadeiam quadros de estresse

Diminua o estresse com hábitos simples

Decorações de Natal baratas para sua casa

Porta-retrato reciclado

O estresse é resultado muitas vezes da cobrança sobre aquilo que não podemos ou não conseguimos entregar. A ansiedade por sua vez é o anseio por algo que está por vir mas que não depende exclusivamente de nós, uma vez que precisa de um tempo para acontecer.

Na nossa atual situação, sociedade capitalista de engrenagem quase frenética, todos somos ou estamos ora estressados, ora ansiosos. As cobranças do trabalho, as intermináveis horas no trânsito, a pressa pelo resultado de um grande projeto tudo contribuindo para um quadro permanente de ansiedade e forte estresse.

O estresse e a ansiedade são quase um combo da vida moderna, são tantas demandas, sentimentos, cobranças que costumeiramente nos sentimos assim. Em doses moderadas tanto o estresse quanto a ansiedade são bons. Nos proporcionam experimentar o nosso melhor, nos exigindo o máximo de empenho para alcançar os objetivos por nós esperados. Mas em altas concentrações, ou repetidas vezes, o estresse e a ansiedade podem trazer consigo sintomas e comportamentos extremamente indesejáveis. Vejamos a abaixo.

Sintomas  de estresse

estresse

Os sintomas do estresse podem abranger diferentes áreas de nosso corpo e transformar nosso comportamento. Os sintomas podem se manifestar trazendo variantes no sistema cognitivo (é observado em indivíduos que sofrem com estresse falta de memória, pensamentos negativos, ansiedade que também é considerado um desvio causado pelo excesso de estresse diário). No comportamento do indivíduo (indivíduos muito estressados apresentam costumeiramente alguns deste sintomas de ordem comportamental: comem demais, ou de menos, isolam-se dos outros, dormem pouco, apresentam comportamentos nervosos e compulsivos). No campo das variações emocionais podemos observar em pessoas estressadas uma certa agitação, mau humor e ainda um sentimento de sobrecarga em relação as suas atividades diárias. Nos sintomas físicos temos ainda a perda da libido, diarreia ou constipação além da presença de constantes resfriados.

O limite do estresse varia de pessoa para pessoa e tudo depende da forma como encara o mundo a sua volta. Há quem se sinta atraído e motivado a uma vida com muitas cobranças e uma alta carga de estresse. Já outros podem se sentir abalados, ansiosos ou estressados já na primeira frustração que encontram pelo caminho. Apesar de extremamente individual e subjetivo, algumas dicas são válidas para lidar e melhor administrar o estresse do dia-a-dia.

Tenha um bom Networking

Networking normalmente é visto como uma rede de possíveis contatos profissionais. Mas é mais do que isso, ao menos aqui.

O Networking ao qual nos referimos são as suas relações com as pessoas a sua volta. Mantenha um relacionamento próximo, amigável e caloroso. Em situações de desafio ou provação que exigem de você o melhor, contar com o apoio de amigos e familiares é fundamental.

Tenha controle, autocontrole

Pessoas mais susceptíveis ao estresse costumam acreditar que o mundo está fora de seu controle e qualquer desvio ou variante não poderá ser arrumada a tempo. Saiba exatamente do que você tem controle e do que não depende unicamente de você. Se algo que você tem controle deu errado, respire fundo e refaça ou arrume, se algo que não é responsabilidade sua deu errado, respeite mais fundo ainda e ajude no que puder para que flua da melhor maneira possível.

Seja otimista

O estresse e a ansiedade estão muito associados a incerteza de sucesso. Seja otimista, visualize bons resultados e se empenhe para alcançá-los. Não seja negativo, pensar que algo dará errado antes mesmo de ser concluído te deixará com os nervosos a flor da pele.

A alimentação pode ajudar

Há quem acredite que a alimentação seja a causa e a cura de muitas de nossas queixas e patologias. Pensando nisso, trouxemos alguns alimentos que podem ajudar a combater o estresse, tratando o mal de forma quase “química”.

Maracujá e Laranja

O suco de laranja com maracujá é um dos mais recomendados para combater o estresse do dia a dia. A laranja é rica em vitamina C que na corrente sanguínea ajuda a diminuir o cortisol, o hormônio do estresse. O maracujá por sua vez tem propriedades naturalmente calmantes.

Complexo B

Alimentos ricos em vitaminas do complexo B são aliados no combate ao estresse uma vez que melhoram o funcionamento como um todo do organismo. São fonte de vitaminas do complexo B a carne vermelha, o gérmen de trigo e o leite. Duas colheres de sopa de gérmen se você é vegetariano já é suficiente.

Coma

Algo que nos deixa extremamente irritados é a fome. Passar fome por conta de dietas mirabolantes com certeza vai te deixar estressado. Coma de três em três horas e o suficiente para se sentir satisfeito. Não passe fome, além de te deixar irritado não vai te ajudar a emagrecer uma vez que sem alimentação seu corpo diminui a queima de gordura.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

1 Star
Loading...

Comentários

comentários

2 respostas para “Estresse e ansiedade nunca mais”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *