Conheça algumas parassonias e as formas de tratamento

  • Despertar confuso pode indicar uma das parassoniais mais comuns
  • Entenda mais sobre o sonambulismo e como tratá-lo
  • A paralisia do sono pode ser resultado do estresse diário

Por este nome, parassonia, possivelmente você não reconheça o que vem a ser o problema. Entretanto, parassonias são mais comuns do que imaginamos ou do que gostaríamos que fosse. Se caracterizam por experiências, comportamentos ou eventos psicológicos anormais que podem se manifestar em diferentes etapas da sua noite.

Leia mais

Novembro Azul: O que é a próstata e qual a sua função?

Dicas de como parar de roer as unhas hoje mesmo

Podem ocorrer durante o sono vigília, o sono, ou ainda o despertar. São alguns exemplos de parassonias os tremores, o sonambulismo, os pesadelos e também a paralisia do sono.

Hoje conheceremos um pouco mais sobre estes problemas que condicionam muitas pessoas ao longo da vida. Bem como opções de tratamento para quem sofre com o problema.

Normalmente as parassonias são comuns durante a infância. Desta forma, justamente por isso, nesta fase não é necessário a busca por tratamento. As crianças que sofrem com distúrbios do sono, o indicado é que você busque tranquiliza-la. Mas na grande maioria dos casos o problema desaparece com o passar dos anos e na adolescência os números costumeiramente são baixos. Assim sendo não é necessários grande preocupação durante a fase infantil. Todavia, se o problema persistir é melhor procurar ajuda especializada.

Conheça as parassonias mais comuns e formas de tratá-las.

O conhecido despertar confusional

parassonias

Como o nome sugere este distúrbio do sono se caracteriza pelo despertar confuso. Normalmente o indivíduo que sofre com o problema acorda confuso, perdido em relação ao tempo e ao espaço. É comun também problemas de memória.

Os episódios podem durar de cinco a quinze minutos, sendo mais comum em jovens. As causas são as mais diversas como alterações metabólicas, bem como a utilização de medicamentos e o abuso de álcool e o consumo de tabaco.

As formas de tratamento para o problema costumam ser a higiene do sono e a eliminação de hábitos prejudiciais. Como mencionamos aqui é o caso de evitar o consumo de álcool e tabaco.

Parassonias: conhecendo o sonambulismo

parassonias

O sonambulismo é um distúrbio do sono que em tese todos nós conhecemos. Se configura pelo comportamento inadequado que a pessoa semi desperta realiza. Este comportamento podem incluir falar, urinar, mexer em objetos e até mesmo comer. Habitualmente se inicia o episódio cerca de uma ou duas horas assim que a pessoa adormece.

As opções de tratamento para o problema são muitas vezes criar hábitos de sono melhores. Tão como adotar práticas de relaxamento antes de adormecer. Em alguns casos o tratamento medicamentoso pode ser adotado.

Terror noturno é uma das parassonias menos conhecidas

parassonias

O terror noturno é comum tanto na infância quando na pré adolescência e se caracteriza por um despertar aos gritos e com choro. Normalmente ocorre cerca de duas horas após adormecer. Podem aparecer juntamente ao quadro outros sintomas como vermelhidão na pele, desorientação e também taquicardia.

Para o tratamento do terror noturno o mais indicado é evitar meios para que a criança ou o adolescente se machuque. Caso isso seja impossível a utilização de medicamentos pode ser feita desde que com prescrição médica. Vale destacar que o tratamento medicamentosos neste caso deve ser feito por tempo limitado.

A paralisia do sono e as suas consequências

parassonia

A paralisia do sono é mais comum em adultos e também em adolescentes. Embora não raramente possa ocorrer em crianças também. Consiste em um quadro onde o indivíduo acometido com o problema não pode mover-se, seja antes de dormir, ou ainda ao acordar. Normalmente nestes episódios só é possível mover os olhos. Em alguns casos, quem sofre com a paralisia do sono pode ter alucinações terríveis.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 1

Conheça algumas parassonias e as formas de tratamento

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Conheça algumas parassonias e as formas de tratamento”

  1. […] Conheça algumas parassonias e as formas de tratamento […]