Vagina: Entenda o que acontece com ela durante o sexo

  • Conhecendo a vagina e a suas funções
  • O papel do canal vaginal
  • Glândulas Bartholin e Skene

Chamada de pepeca, periquita, perseguida, tesourinho dentre outros inúmeros apelidos engraçados, poucos ousam usar o seu verdadeiro nome.

Vagina, também chamada de vulva é fonte de prazer intenso para nós mulheres. Além do prazer que pode proporcionar também pode trazer um novo ser ao mundo.

Leia mais

Conheça algumas parassonias e as formas de tratamento

Novembro Azul: O que é a próstata e qual a sua função?

De fato a vagina, ou vulva não é, mas deveria ser uma verdadeira amiga da mulher. Tão como do seu próprio prazer. Mas não é isso o que acontece.

Analisando a forma como as mulheres acabam por ser referir ao seu próprio órgão genitália denota a falta de familiaridade com a mesma.

Seja por vergonha ou por estar sempre rodeada de tantos tabus, o que temos atualmente são mulheres com vergonha de conhecerem o próprio corpo. Pensando nisso e neste panorama, surgiu este post. Vamos apresentar para você as principais mudanças que ocorrem com a vagina durante a excitação bem como a penetração.

Conhecendo a sua vagina

vagina

A vagina é o nome dado a parte interna do sistema reprodutivo feminino. A parte externa que assim como a interna também não é muito conhecida é a vulva. Sim, embora acabamos por chamar de vagina nos referindo ao todo, há a vulva e a vagina separadamente. A vulva diz respeito a parte externa como os lábios e a uretra.

O canal vaginal é o meio que liga a vulva ao útero. É por meio dele que a penetração ocorre tão como o fluxo menstrual é evacuado. Em caso de gravidez é também por meio do canal vaginal que o bebê vem ao mundo.

Vagina: o canal vaginal

vagina

Pelo que trouxemos no tópico anterior você já pode perceber que o canal vaginal é extremamente importante. Bem como exerce funções importantes. Se você fosse descrever como este canal é como chutaria que ele é? Longo? Curto? Seco?

Bom, o canal vaginal podemos exemplifica-lo como um tubo constituído por músculos. Em outras palavras, é um tubo muscular liso e mucoso. Com aproximadamente dez centímetros. Podemos dizer que é um tubo com entrada pequena que se dilata e lubrifica durante a penetração.

O canal vaginal curiosamente é mais quente que todo o restante do corpo. Ele é tão quente quanto o canal retal, por onde sai às fezes.

De fato a alta temperatura do local é explicada pela alta circulação de sangue, de glicose e também de hormônios.

Vagina, entenda o que muda durante o sexo

casal

A vagina é uma mucosa e como tal é úmida. E há duas glândulas que são responsáveis por isso. Uma dela é a glândula Bartholin que fica localizada logo na sua entrada. Já a outra é a glândula Skene que fica de cada lado do canal da uretra.

São elas as responsáveis pela sensação úmida da vagina bem como são elas as responsáveis pela lubrificação durante o ato sexual.

Durante as preliminares (e justamente por isso são tão importantes) ambas as glândulas trabalham a ainda mais. Isso acontece porque é durante as preliminares que o seu corpo, por assim dizer, se prepara para o ato sexual.

Então mesmo que a penetração seja a parte mais prazerosa para algumas mulheres a boa penetração depende de boas preliminares.

Isso porque para se ter uma ideia, caso as preliminares não sejam boas e haja logo a penetração a vagina não estará devidamente lubrificada. Dando assim uma experiência não tão boa.

Para que você tenha uma ideia, as vezes durante as preliminares a mulher fica tão excitada que ambas as glândulas podem produzir uma secreção de maneira tão intensa que lembra a ejaculação masculina.

Apesar de depender muitas vezes das preliminares alguns fatores podem dificultar a lubrificação da mulher. Dentre eles a utilização de medicamentos anticoncepcionais.

Durante a penetração em si o canal vaginal se dilata para que a mesma ocorra de maneira confortável. Mas ao contrário do que dizem, essa dilatação que acaba proporcionalmente aumentando o tamanho da vagina não é permanente. Distensões permanentes podem ocorrer com o nascimento de bebês muito grandes. Tão como com a introdução de objetos grandes demais no canal.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.7
Total de Votos: 3

Vagina: Entenda o que acontece com ela durante o sexo

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: