Picolinato de cromo: conheça e saiba os riscos

  • O que é picolinato de cromo?
  • Há riscos no uso?
  • Níveis indicados e fontes naturais

Se tem algo que, principalmente nós mulheres, buscamos incansavelmente é a perda de peso. Assim vivemos em uma luta constante com a balança e entrando embaraçosamente de cabeça em dietas malucas que prometem rápida perda de peso. Mas será?

Leia mais

Como renovar a energia do ambiente com dicas simples

Terapia online é tendência: entenda como funciona

O que é mais difícil para você em uma dieta? Controlar a vontade de comer mais? O desejo insaciável por doces? Massas? Qual a parte mais difícil para você quando pensa em entrar em forma? Treinar?

Bom, são inúmeras as desculpas que nos permitimos dar com o intuito de não mudarmos nosso estilo de vida sedentário e pouco saudável.

Mas se você tem tudo para seguir rumo ao emagrecimento e a única coisa que tem te atrapalhado é a vontade por doces, podemos te ajudar. Hoje falaremos de um composto que promete diminuir significativamente a nossa vontade por doces, massa e alimentos excessivamente calóricos e ricos em carboidratos. Essa substância é o picolinato de cromo. Pronta para conhecê-la?

O picolinato de cromo e a vontade de doce, qual a relação?

Você não pode ver um brigadeiro que já pensa em atacar? Um pedaço de bolo então que o diga? O picolinato de cromo, segundo estudos, tem se mostrado promissor em várias frentes que tem ajudado na perda de peso. São elas, a diminuição do apetite, a redução no desejo por doces, a promoção da sensação de saciedade, dentre outros.

Ótimas frentes de atuação não? E ainda de acordo com os mesmos estudos o picolinato de cromo é o suplemento de cromo mais bem absorvido pelo nosso organismo.

Você deve estar se perguntando agora como o picolinato atua. Resumidamente esta substância quando ingerida atua sobre as enzimas diretamente ligadas ao metabolismo energético do nosso corpo e também atua potencializando os efeitos da insulina. Com essa ação conjunta dentre outros benefícios temos ainda a redução da gordura corporal.

Não compre antes de ler isso

Antes que você se apresse e vá logo comprar um pote de cromo para começar a tomar por conta própria temos algumas informações importantes. Não é por se tratar de um suplemento que traz inúmeros benefícios principalmente para quem está tentando emagrecer que o cromo não apresenta efeitos colaterais, muito pelo contrário. Os efeitos colaterais do cromo podem ser extremamente prejudiciais. Entre os mais leves estão insônia, cefaleia (dores de cabeça), vômitos e diarreia. Este são os sintomas mais leves apresentados. Dentre os mais graves que foram diagnosticados em raros que ingeriram altas doses temos o desenvolvimento de anemia profunda, alterações no DNA, e a mais grave de todas, a insuficiência renal.

Quais os níveis indicados e seguros de uso?

picolinato de cromo

Não é possível determinar ao certo a quantidade ideal. Isso porque é preciso levar em conta as características biológicas de cada um. Entretanto recomenda-se que a dose diária não seja superior a 20mcg. Você deve se perguntar agora se é possível que desenvolvamos deficiência de cromo e a resposta é não. Precisamos naturalmente de tão pouco que dificilmente teremos uma carência de cromo.

Agora se você prefere apostar em uma alimentação saudável para obter todo o cromo que necessita saiba que os melhores alimentos são o brócolis, o fígado, as nozes, a maça, o levedo de cerveja, dentre outros.

É importante destacar a essa altura do nosso post que o picolinato de cromo atua como um auxiliar no processo de emagrecimento. Assim sendo você não emagrecerá consumindo apenas picolinato. É necessário hábitos de vida saudáveis para que os resultados efetivamente apareçam.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Picolinato de cromo: conheça e saiba os riscos

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Picolinato de cromo: conheça e saiba os riscos”

  1. […] Conheça o picolinato de cromo e saiba os riscos […]