Porque você deve começar a consumir kefir

  • Os benefícios do consumo de kefir;
  • Kefir faz bem?
  • O que é o kefir?

O kefir é um desses alimentos que volta e meia aparecem, somem e reaparecem por aí. Quer saber o por quê?

Leia mais

Açúcar Mascavo x Açúcar Demerara qual o melhor?

Vai com calma: limão e alho NÃO vão limpar suas artérias

A fama dos “bichinhos” é mais do que merecida e é há milhares de anos – milhares mesmo.

Originados de Cáucaso, eles foram descobertos por tribos nômades que notaram a presença de algo bem peculiar em crostas que se formavam nos vasos em que eles transportavam leite. Eram micro-organismos que proporcionavam grande bem-estar àqueles povos – que costumavam consumi-los no leite – e que resistem até hoje coma  mesma fama.

O que é o kefir?

O kefir é um alimento rico, formado por uma mistura de bactérias e leveduras que vivem de forma harmoniosa. Quando nós colocamos essa mistura em contato com o leite – que já contém em si tanto bactérias quanto leveduras – elas se propagam rapidinho e é isso que faz com que os bichinhos cresçam, se desenvolvam e nos tragam tanto bem-estar.

É também por essa razão que a grande maioria dos kefir que recebemos pode ser classificada como probiótica, embora eles sofram grande variação dentro do nosso próprio território – isso porque o leite, a água e os açúcares produzidos no Brasil também são diferentes entre si.

Quais são os benefícios do consumo do kefir?

Um dos primeiros efeitos que o kefir pode causar tem a ver com a melhora das nossas funções intestinais – o que é mais do que garantido pelas bactérias que compõe os bichinhos. Elas são de um grupo chamado ácido-lático, que fazem com que o intestino ganhe regularidade no seu funcionamento.

Em termos práticos o que isso quer dizer é que: menos diarreia e menos prisão de ventre para ter muito mais saúde!

Essa regularidade nas funções intestinais também pode trazer outros benefícios – já que não é por acaso que falamos que o intestino é o nosso segundo cérebro. Há, segundo estudos, uma relação bastante íntima entre o funcionamento desse órgão com a pressão arterial. Isso porque em grupos de hipertensos também é alto o índice daqueles que sofrem com problemas intestinais diversos.

Por fim, se há, portanto, melhora das funções do intestino, é de se esperar também que isso altere – no sentido positivo – a pressão arterial, normalizando-a, muitas vezes. E ao normalizá-la, problemas cardíacos e até mesmo a decorrência de AVCs também diminui.

E para quem é intolerante à lactose, uma boa notícia: os grãos de kefir de leite se alimentam justamente desse açúcar. Assim, seu consumo tá mais do que liberado!

Como conseguir o kefir?

Primeiramente, dirija-se a uma rede social e pesquise: “kefir” seguido do nome da sua cidade. Depois de ingressar nele, combine com alguém a forma de receber os grãos – que podem ser tanto de leite quanto de água.

E, sim, é só isso.

Isso se dá pelo seguinte: kefir é um alimento que por aqui se doa. A venda é condenada pelo grupo de usuários, justamente por ser algo caseiro, natural e benéfico, em todo lugarzinho desse nosso país há alguém disposto a fazer a doação, através dessa rede de solidariedade em torno desses bichinhos.

Com as redes sociais, isso só melhorou, já que encontrar alguém que possa fazer a doação está cada vez mais fácil. Portanto, mãos a obra! Encontre seu doador e persista na rede, tanto falando quanto também doando parte do seu kefir!

Como usar o kefir

Quando ganhamos os grãos de alguém, é necessário ter um pouco de disciplina para utilizá-lo de forma correta e, sobretudo, segura, para evitar qualquer tipo de contaminação que possa comprometer a saúde dos nossos estimados bichinhos. Abaixo, listamos alguns cuidados que precisamos ter tanto com o kefir de água quanto com o de leite.

Para o kefir de leite

Antes de qualquer coisa é necessário que separemos alguns acessórios como espátula e peneira de silicone ou plástico fáceis de esterilizar, já que os grãos são bem sensíveis à contaminação. Tendo isso em mãos e uma jarra de vidro previamente esterilizada, podemos começar o processo de fermentação.

  1. Peneire duas colheres de sopa de kefir e coloque-os em uma jarra de vidro previamente lavada com água fervendo;
  2. Misture aos grãos um litro de leite previamente fervido e esfriado;
  3. Tampe a jarra com um filme plástico;
  4. Deixe que o leite fermente por pelo menos 20 horas em temperatura ambiente;
  5. Depois de 20 horas, passe novamente os grãos utilizados por uma peneira para uma nova rodada da bebida;
  6. Em até 48 horas o leite fermentado pelo complexo pode ser utilizado em sucos e vitaminas.

Para o kefir de água

A preparação é a mesma do kefir de leite, mas com a particularidade de que com essas bactérias a substituição se dá por uma mistura de água com açúcar mascavo e a sua utilização pode ser feita em sucos, vitaminas ou até mesmo puro.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 2

Porque você deve começar a consumir kefir

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Porque você deve começar a consumir kefir”

  1. […] Kefir: Conheça os benefícios e comece a consumir hoje mesmo […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *