Veja Quais São Os Benefícios Em Consumir As Frutas Típicas Do Fim Do Ano

Você conhece quais são os benefícios das frutas que consumimos na época do fim do ano?

8 Tipos De Picolé Caseiro de Frutas Para Fazer Dieta

Como Saber Se Frutas E Legumes Tem Aditivos? 10 Dicas Essenciais

Algumas frutas a gente só consome mesmo no fim do ano, tanto porque elas não aparecem com frequência nos setores de hortifruti dos mercados e feiras quanto pelo alto custo que elas apresentam, uma vez que, quase sempre, são importadas.

Assim, fica difícil entender quais são os benefícios de consumir lichia, framboesa, damasco, tâmaras e essas super especiarias que aparecem por aí, além dos sabores exóticos.

E embora essas também ganhem nossos corações, elas sempre dividem espaço com as nossas frutas típicas, tais como a banana, laranja, maçã e demais sabores que sempre aparecem em nossa mesa e dos quais a gente reconhece o benefício há muito tempo.

Segundo especialistas da Universidade Estadual de Campinas, as frutas vermelhas que a gente quase não consomem são uma das mais importantes para a nossa saúde e trazem benefícios muito importantes para a manutenção da nossa saúde, como o equilíbrio da glicemia, o que evita a diabetes.

Veja os benefícios do consumo da amora – Uma das frutas mais versáteis!

A amora é uma fruta incrível. Dessas vermelhas que a gente certamente deveria consumir mais do que consumimos. Apenas 100 gramas dela já garante que 14% das fibras necessárias já sejam supridas.

E além das fibras, a amora também é rica em E, C e K, a amora garante também a suprência do ácido elágico e gálico, que são importantes para a prevenção de doenças neurológicas, bem como o aumento da nossa imunidade.

E os benefícios da cereja?

Mais uma das campeãs em vitamina C, a cereja garante a absorção recomendada de antioxidantes e anti-inflamatórios naturais, prevenindo doenças articulares, dores musculares e ainda combatendo os sintomas da artrite, osteoporose e outras doenças ósseas.

E ainda vai além: a cereja é uma fruta muito rica em peticina e em fibras, o que também cria uma segurança na saúde intestinal e gástrica. Assim, combate também diabetes, obesidade e ainda demais doenças inflamatórias que podem incorrer em intolerâncias alimentares.

E o damasco também entra nessa lista de campeões em saúde

Parece pêssego, mas não é. Embora seja um parente próximo – como aquele primo de segundo grau que só vemos nas festas de fim de ano -, seus benefícios superam os valores nutricionais do nosso típico brasileiro.

Por ter os mesmos compostos que podemos encontrar no chá verde, no vinho e também no cacau, ele figura como importante na redução do risco de doenças cardíacas, como também na saúde e proteção dos nossos olhos.

Quando consumido em sua forma fresca, é importante fonte de vitamina A e C, que resguardam também a saúde dos seus olhos 🙂

E a jabuticaba também pode participar das suas festas

Como todo fim de ano é época de jabuticaba e como ela é das frutas mais baratas que podemos encontrar por aqui, consumi-la também faz parte desse combo de busca pela saúde. A polpa da fruta, por menor que seja, é riquíssima em água, além de conter açúcares, minerais e muita água.

No entanto, atente: é na casca que aquilo que realmente importa se encontra. É por causa disso que é muito importante aproveitar o ensejo e comer também algumas cascas quando for aproveitar a época da fruta por aqui.

Os compostos fenólicos que estão ali presentes são responsáveis pela diminuição tanto da glicose quanto do colesterol presente no sangue, o que garante que a perda de peso se dê de forma mais eficaz.

Além disso, é uma ótima companheira para aquelas pessoas que buscam aprimorar a atenção, aprendizado e ainda potencializar a memória.

E quanto que a gente pode comer?

Todas as frutas de que falamos aqui são ótimas amigas da nossa saúde, mas o consumo deve ser, obviamente, feito com bastante responsabilidade.

Como são frutas ficas em açúcares, é importante observar a ingestão caso problemas com glicemia se apresentem. Aí, o que vale é a moderação e, claro, variações que garantirão saúde e segurança.

No Brasil, a ingestão diárias de frutas recomendada é de cinco porções de pelo menos 80 gramas. Dessas 80 gramas, também leva em consideração o uso que pode ser feito em sucos, saladas de frutas e smoothies.

E se não der para comer a fruta fresca?

 

Acredite: vale muito mais a pena congelar pequenas porções de fruta que foram congeladas do que simplesmente não comer.

Assim, é importante planejar a forma de consumo, bem como a frequência das compras, que pode ser mais racional, aproveitando promoções que possamos encontrar no mercado.

A dica, no caso da fruta congelada, é sempre marcar a data em que ela foi para o freezer e nunca perder de vista a data de consumi-la, deixando, no máximo, três meses ali aguardando o consumo.

 

 

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.3
Total de Votos: 3

Veja Quais São Os Benefícios Em Consumir As Frutas Típicas Do Fim Do Ano

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Veja Quais São Os Benefícios Em Consumir As Frutas Típicas Do Fim Do Ano”

  1. […] Veja Quais São Os Benefícios Em Consumir As Frutas Típicas Do Fim Do Ano […]