Como Saber Se Frutas E Legumes Tem Aditivos? 10 Dicas Essenciais

É de conhecimento geral que as frutas e legumes sempre são bombardeados com nitratos e outros aditivos que potencializam seu crescimento, ao mesmo tempo que fazem com que as pragas se afastem dos alimentos.

Tipos de especiarias usados na alimentação para dar um sabor especial

Dicas de alimentação para prevenir rugas

Mas é, também de consenso, que esses produtos químicos também fazem com que o alimento se torne um verdadeiro risco para a saúde de quem o consome, ao invés de ser aquilo que nos deixaria mais saudáveis.

E hoje em dia, quando a vida de todo mundo é tão corrida, como identificar qual o melhor tipo de alimento para ser consumido, já que os orgânicos são tão caros e, muitas vezes, difíceis de encontrar em todas as cidades?

Se você não pode manter sua própria horta, confira essas dicas sensacionais para aproveitar o melhor dos alimentos que você encontrar no mercado e consumir a menor quantidade que for possível desses aditivos que tanto fazem mal para a nossa saúde e que transformam nosso alimento em veneno!

Tomate – o campeão em aditivos

Embora sejam os campeões em aditivos, conseguimos facilmente identificar aqueles que não receberam tantos químicos a partir de características externas do fruto: aquilo que está bem saudável costuma ter a pele bem fina, além de ter a sua cor bem uniforme e homogênea.

Ao tocar no fruto, se a sensação do toque for a mesma que tocar um plástico e se a cor da parte interna tiver algumas listras brancas, isso quer dizer que ele recebeu nitratos e que não é ideal para o consumo saudável.

O talo do tomate saudável também requer atenção especial: no tomate sem aditivos ele será bem pequeno.

Pepinos

Infelizmente, na tentativa de nos vender alimentos fora de sua época de produção, a indústria alimentar trata alguns até mesmo com parafina, sendo que, por isso, recomendamos que a casca dele sempre seja retirada, a fim de evitar contato com esse tipo de substância.

Se você comprou pepinos recentemente, corte-os e verifique se no seu interior contém sementes. Se não tiver, jogue-os fora imediatamente, pois foram produzidos fora de sua época natural.

Repolho

Para verificar se um repolho não foi tratado com aditivos, basta que você verifique se ele tem alguma mancha. Se tiver, descarte-o imediatamente.

Agora, se as folhas são limpas, finas e tem cor uniforme, compre-o e divirta-se em suas receitas deliciosas.

Maçã

Infelizmente, aquelas maçãs que parecem ter saído diretamente de filmes, propagandas e Instagram, são aquelas que maior concentram nitratos.

Quando for comprar uma, esqueça essas super vermelhas, brilhantes e enormes e opte por aquela menor, com coloração mais esverdeada e com a casca imperfeita. Assim você se certifica de estar comendo uma maçã de verdade 🙂

E para fazer um último teste, pegue uma dessas maçãs absurdamente grandes e lindas e despeje sobre elas um pouco de água fervendo. Depois, assista: a substância oleosa que sai da pele da fruta é a parafina com a qual esses frutos são geralmente tratados.

Assim, por via das dúvidas, sempre tire a casca de qualquer maçã que você for comer.

 

Abóbora

Para ter sempre um bom aproveitamento de uma abóbora e ter a certeza de que ela não foi tratada com aditivos, verifique sempre a sua casca: quanto mais limpa e lisa ela estiver, maior a possibilidade de ser um fruto saudável.

Se ela apresentar, internamente, fibras que não são retas ou mesmo manchas escuras, tome cuidado: isso revela um alto contágio com pesticidas. Não consuma!

Morangos

Morangos super vermelhos, de tamanhos iguais, com aparência ideal?

Fuja deles! Os morangos são, naturalmente, frutos bem díspares e longe de ser aqueles que vemos nas propagandas. E mais: morango sem cheiro não é morango!

Quando comprá-los, sempre os lave em água bem gelada. Se depois de uma hora de imersão eles começarem a soltar o sumo, é um sintoma da contaminação com nitratos e demais produtos químicos nocivos à sua saúde.

Melancia

Sempre que for cortar uma melancia, verifique a aparência do seu cabinho. Quanto mais seco ele estiver, em melhores condições de consumo estará a fruta.

E sempre fique de olho também na forma da casca: quanto mais contraste entre as cores ela tiver, mais saudável ela estará.

A cor da polpa também é um grande indicativo da saúde da planta: quanto mais vermelho vivo for e quanto mais fibras amareladas tiver, maior quantidade de nitratos terá. Assim, por via das dúvidas, só coma se as fibras forem de cor branca, como são naturalmente.

Cerejas

As cerejas, diferente dos morangos, quanto tem boa qualidade são como aquelas das propagandas: de cor muito viva e muito uniforme. Assim, quanto mais esbranquiçada estiverem, maior a quantidade de pesticida que elas receberam.

Cenoura

Hortaliças e manchas nunca combinam, isso é uma evidência bastante comum de plantas que passaram por alterações resultantes da quantidade de químicos que elas acabam por receber.

Mas não pense também que quanto maior e mais colorida é, melhor será o alimento. No caso das cenouras, as melhores são as menores, e também as que menos são laranjas.

Batatas

A batata é, infelizmente, um dos alimentos que mais absorvem produtos químicos e pesticidas. Assim, para sempre garantirmos que o que estamos levando para casa é um bom produto, fique de olho no tamanho e na imperfeição de cada uma.

As batatas grandes e com a casca lisa são aquelas mais carregadas de químicos. Para garantir saúde, prefira as batatas de tamanho médio e com imperfeições, como buracos e pontos pretos. Essas sim são as melhores.

E para saber se ela não está velha, aperte sua unha contra a casca: se ela quebrar e fizer um som de algo crocante, aproveite. É uma batata nova, que não está cheia de aditivos.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

1 Star
Loading...

Comentários

comentários

2 respostas para “Como Saber Se Frutas E Legumes Tem Aditivos? 10 Dicas Essenciais”

  1. […] Descubra se as frutas que você consome tem aditivos! […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *