Crianças DEVEM Pisar no Chão sem Sapatos?

Especialistas, pesquisadores e o senso comum estão desse mesmo lado: deixem as crianças andar descalças sempre que possível.

Criança, rebeldia e bagunça: saiba porque tá tudo bem se seu filho for assim

Seu filho não come? Veja soluções caseiras para a falta de apetite dos pequenos

Tanto para a imunidade quanto para a estrutura em formação dos músculos, andar descalço pode ser um grandemente benéfico para crianças em idade de aprender a andar e também no decorrer da vida.

1 – FAZ BEM PARA A SAÚDE

Em toda a extensão da sola dos nossos pés existem terminações que, na medicina chinesa, correspondem a cada um de nossos órgãos. Assim, quando ficamos descalços, todo o nosso corpo passa a ser estimulado pela compressão desses pontos. E, conforme o que essa tradição milenar nos traz, quando andamos assim na terra, descarregamos nossas energias.

2 – TRATA O PÉ CHATO

Como a terra e a areia são estruturas maleáveis, andar sobre elas com os pés descalços faz com que uma massagem seja feita, moldando também os nossos pés. Infelizmente, as crianças que se tornam adultos com os pés chatos – ou seja, sem o arco do pé bem formado – são aquelas que eventualmente sentirão dores, seja ali mesmo, seja na coluna lombar. A boa notícia é que é muito mais barato evitar o problema do que tratá-lo: basta andar descalço sempre que possível em terrenos irregulares.

3 – DESENVOLVE O CAMINHAR SEGURO

O nosso corpo funciona de forma muito perfeita. Só levantamos sozinhos quando nossa musculatura está pronta para suportar todo o peso do resto do corpo. Só andamos quando nossos músculos estão prontos para trabalhar de forma conjunta. E o que andar descalço tem a ver com isso? Se a criança está descalça andando em um terreno irregular, se sente mais segura para enfrentar seus obstáculos pelo simples fato de ter uma relação tátil com eles. Assim, os benefícios não param só no desenvolvimento da arcada do pé.

4 – FORTALECE A IMUNIDADE

A chupeta cai no chão e volta para a boca. Os cachorros lambem o bebê. Se isso te assustou, calma. É claro que higiene é uma coisa importante, mas, acredite: proteger seu filho de todas as fontes de sujeira pode ser mais perigoso do que deixá-lo livre, junto a micróbios. Pesquisas apontam que nos primeiros anos de vida desenvolvemos resistência a uma série infinita de bactérias e alguns vírus que estão expostos no chão, na terra, grama e areia. Assim, expor a criança a ambientes externos pode ser melhor que deixá-la presa à casa.

5 – CONCEDE LIBERDADE

Lembre da sua infância: qual era o melhor lugar para brincar? E de que forma você brincava? Essas são perguntas norteadoras e suas respostas podem falar a respeito dos ambientes preferidos de uma criança. Certamente, em todos, há uma correlação com a liberdade. E se for assim, tá tudo bem. Deixar a criança brincar livremente em parques, jardins ou praias pode ser um grande benefício para elas, pois, ao sentir o contato das coisas que estão ao redor dela, ela também irá perceber o que é perigoso, o que machuca, o que coça, arde, dói. E assim, além de crianças livres, construímos também uma infância mais segura.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

3 respostas para “Crianças DEVEM Pisar no Chão sem Sapatos?”

  1. […] Crianças DEVEM Pisar no Chão sem Sapatos? […]

  2. […] Crianças DEVEM Pisar no Chão sem Sapatos? […]