Pálpebras trêmulas: Você sofre com este mal? Veja como tratar

Entenda o que pode causar a incomoda tremedeira nas pálpebras

Veja alimentos que previnem o enrijecimento dos músculos

Entenda os riscos e perigos da automedicação

O que pode causar cáries? O problema vai muito além do excesso de açúcar

Tremor nas pálpebras é extremamente comum. O normal é que o sintoma não seja acompanhado de dor ou nenhuma outra anomalia ocular. Apesar de não acarretar sérios problemas ao paciente, a tremedeira pode causar muito incomodo e desconforto.

 

A tremedeira nos olhos ou blefaroespasmo como também é conhecida, pode ser constrangedor e inconveniente. A contração muscular involuntária não costuma indicar nenhuma patologia grave e desaparece em alguns dias ou mesmo horas.


Você deve consultar um oftalmologista caso a tremedeira permaneça por muito tempo ou seja acompanhada de vermelhidão ou dor.

 

O blefaroespasmo atinge grande parte da população por motivos que nem nos damos conta. A tremedeira ocular pode ser ocasionada por altos níveis de estresse que promove a liberação de certos hormônios como o cortisol. O cortisol é considerado o hormônio do estresse e é responsável por regular inúmeras funções do nosso corpo.

 

O cortisol é responsável por regular nosso humor, nosso sono e o acúmulo de gordura abdominal. Mas também pode ser um dos responsáveis pela tremedeira nas pálpebras. Abaixo mostraremos mais algumas das causas que podem acabar gerando esse incômodo sintoma e meios alternativos de se livrar do problema quando ele aparece.

Cafeína


Quem resiste a um bom cafezinho? É quase impossível quem não comece o dia tomando um gole de café com aquele pãozinho com manteiga. O café nos ajuda a despertar. E é justamente esse efeito estimulante que o café proporciona que pode culminar no blefaroespasmo. Um dos motivos que levam a tremedeira das pálpebras é justamente essa excessiva estimulação provocada pelo café, bem como outros alimentos estimulantes. Evite o consumo excessivo de alimentos com grande poder de estimulação como, por exemplo: Coca-cola, Chá mate, Chá preto, Chá verde, bebidas energéticas, guaraná em pó, chocolate, gengibre, pimenta.

No caso do café, é possível substituir a bebida por um preparado de cevada. A bebida feita com cevada assemelha-se ao nosso cafezinho, mas sem o seu poder estimulante. Caso você não resista ao bom e velho café, o recomendado é não exagerar, tomando no máximo quatro xícaras de café fresco, ou seja, cerca de 200 ml por dia. Outra opção também é que se mescle a ingestão do café “tradicional” com o café descafeinado.

Carência nutricional

palpebras

O tremor nas pálpebras pode também ser ocasionado por falta de vitaminas e nutrientes que causam o enrijecimento dos músculos. O enrijecimento, bem como a desidratação ocular são os principais responsáveis pelo tremor nas pálpebras. Invista em alimentos ricos em Ômega 3, como peixes de águas profundas e alimentos folhosos de cor escura.

Olhos desidratados ou ressecados podem provocar espasmos involuntários em seus olhos. Olhos desidratados acarretam trabalho extra aos músculos da região que precisam trabalhar mais para hidratar o local. Muito tempo diante do computador, o uso de lentes de contato e medicamentos anti-histamínicos podem ressecar os olhos. O ideal é que a ingestão de água seja de pelo menos 2 litros diariamente, fracionados durante todo o dia. A única restrição é que não se ingira muita água antes de deitar. Água em excesso pode atrapalhar a sua noite de sono, visto que você pode acabar acordando para ir ao banheiro.

Cansaço excessivo

palpebras

Outro fator que pode desencadear as pálpebras trêmulas é o cansaço excessivo. Poucas horas de sono, relaxamento insuficiente, proporcionando assim uma qualidade de sono ruim pode proporcionar um quadro de tremedeira involuntária das pálpebras. A falta de horas adequadas de sono (cerca de sete a oito horas) pode comprometer o relaxamento muscular da região dos olhos causando o seu enfraquecimento e posterior tremor.

Tratamento para pálpebras trêmulas

palpebras

Se você está enfrentando um quadro de tremedeira ocular pode solucioná-la com nossas dicas especiais. O indicado é que você procure imediatamente um médico oftalmologista se os sintomas persistirem ou forem acompanhados de outros agravantes como vermelhidão e vista embaçada.

Método de contenção 1

Comece a piscar os olhos intensamente. Pressione bem os olhos ao fechá-los e abra o máximo que conseguir. Repeta este movimento leva os olhos a lagrimejarem, o que pode conter o tremor se ele for causado por olhos ressecados. Este movimento repetidas vezes hidrata o olho de forma homogênea. Está técnica também é indicada se as pálpebras trêmulas forem causada por enrijecimento muscular visto que promove o seu relaxamento.

Método de contenção 2

Faça uma leve massagem sobre o olho que apresenta o sintoma. Faça a massagem na pálpebra inferior do olho. A massagem deve ser mantida por volta de 30 segundos. Massagear os olhos estimula a circulação e fortalece os músculos em entorno dos olhos.

Método de contenção 3

Este é o método mais simples. Consiste apenas em piscar repetidamente os olhos. O mais indicado é que este procedimento seja feito quando o indivíduo passa muitas horas em frente ao computador, apresentando um quadro de tremor por olhos ressecados. Você deve piscar os olhos repetidas vezes por 30 segundos. Isso limpa os globos oculares, relaxa e os hidratam.

 

 

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Pálpebras trêmulas: Você sofre com este mal? Veja como tratar”

  1. […] Trate pálpebras trêmulas! Mal é mais comum do que parece […]