Guardar cebola cortada faz mal, mito ou verdade?

  • Guardar cebola cortada faz mal?
  • Há como guardar cebola cortada da maneira correta?
  • Tudo o que você precisa saber sobre o assunto

Não é de hoje que circula na internet uma informação de que guardar cebola cortada faz mal a saúde e que traz inúmeros riscos a sua saúde e a saúde de quem convive com você. Certamente em algum momento você mesma já se deparou com essa informação e se chegou a ficar em dúvida se de fato guardar a cebola cortada faz mal ou não, você chegou ao lugar certo. Vamos descobrir?

Leia mais

Aleitamento materno: Por quê amamentar o bebê?

Casa mais sustentável: veja dicas de como obter

A ideia de que a cebola guardada faz mal a saúde vem com o argumento de que a mesma teria a capacidade de atrair vírus e bactérias para si. Quando o consumo do alimento fosse realizado estaríamos ingerindo tais vírus e bactérias. Será?

Se isso for realmente verdade, por um lado seria algo positivo, são inúmeras as receitas na internet de como limpar o ambiente com a cebola. Por outro seria totalmente negativo, afinal a cebola restante teria de ser descartada após cortada uma vez que ficaria contaminada. Será que há algo de verdade nisso?

Guardar cebola cortada faz mal? Mito ou verdade?

Mito! Essa informação de que guardar a cebola cortada faz mal a saúde não é verdade. Da mesma forma é falsa a informação que vira e mexe circula na internet de que a cebola cortada atrai vírus e bactérias. Se isso fosse verdade, ou se parte disso fosse verdade, os médicos e cientistas já teriam descoberto usos muito mais sábios para a cebola do que apenas acompanhar o bife no prato bife acebolado ou o tomate no vinagrete.

O risco de guardar a cebola cortada está no alimento estragar e eventualmente ser consumida. Em outras palavras, tudo bem se você cortar a cebola e não vir a usar tudo e precisar guardá-la cortada na geladeira.

Ela não vai atrair todos os vírus e bactérias da sua geladeira, mas assim como qualquer outro alimento a cebola começa a se decompor. Caso o processo de armazenamento não tenha sido feito adequadamente mais rapidamente o alimento terá perda.

Lembre-se: se ao consumir a cebola você apresentar qualquer problema de saúde, será unicamente porque a cebola estava estragada.

Então como armazenar cebola cortada corretamente?

guardar cebola cortada faz mal

Se você nunca se ateve com o armazenamento da cebola cortada na geladeira acaba sendo melhor começar a prestar atenção. O alimento pode estragar rapidamente.

Após cortada, o restante que não tiver utilização da cebola deve acabar sendo guardada em um pote com tampa ou em um saco hermético na geladeira. O tempo de duração dessa maneira acaba sendo de dois dias.

Se quiser que a cebola dure mais tempo, pique-a e tempere-a com um pouco de azeite e sal. Isso fará com que a sua durabilidade aumente significativamente. Da mesma forma a mesma deve permanecer armazenada em um pote com tampa.

Se você quer que a cebola dure ainda mais, acaba sendo possível, mas para isso você terá que congelar o alimento, prática que alguns criticam. Para congelar, você deve picar a cebola ou mesmo triturá-la, colocá-la em potes ou saquinhos herméticos e congelar.

A duração através desse método acaba sendo de aproximadamente um mês.

Cebolas inteiras não ficam na geladeira

guardar cebola cortada faz mal

Você com toda certeza deve ter o hábito de guardar a cebola assim que chega do supermercado no compartimento de frutas e verduras na geladeira, não é mesmo? Mas as cebolas inteiras devem ficar fora da geladeira, em um local arejado, limpo e fresco. A cebola quando guardada na geladeira perde durabilidade se deteriorando mais rapidamente.

 

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Guardar cebola cortada faz mal, mito ou verdade?

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: