Brigas em casa: efeitos que causam nos filhos

  • Brigas em casa podem impactar as crianças?
  • Quais seriam estes os impactos?
  • Relacionamentos disfuncionais na vida adulta

Costumeiramente sempre ouvimos que o casal não deve brigar na frente dos filhos. Mas será que as brigas em casa são efetivamente tão ruins para as crianças?

Leia mais

Como organizar festa infantil em espaço pequeno

Falta de vitamina D: causas, consequências e o que fazer

Em todo relacionamento há sempre aspectos que precisam ser melhorados. E isso vai desde melhorar a si mesmo como pessoa a melhorar a própria relação com o parceiro. Um fator que merece bastante atenção do casal diz respeito às brigas em casa e sobretudo na frente dos filhos.

Afinal, quais os impactos disso?

Antes de falarmos especialmente sobre os impactos o ideal acaba sendo que de fato o casal não brigue na frente dos filhos uma vez que as marcas causadas ficam por toda a vida.

Brigas em casa: quais as consequências?

Podemos falar sobre várias consequências de um ambiente tumultuado em casa e repleto de brigas. Aqui reunimos apenas alguns deles.

O mais presente em crianças que cresceram em meio as brigas dos pais é justamente um elevado nível de estresse.

No caso do desenvolvimento de um alto nível de estresse isso perdura por toda a vida. Nisso a criança estabelece uma série de gatilhos para explosões de estresse.

Isso acontece porque o ambiente onde fora criado era extremamente assustador e também bem desagradável.

Dificuldades de aprendizagem

Crianças submetidas a diversas brigas em casa apresentam dificuldades de aprendizagem sobretudo quando chegam ao estágio escolar. Isso acontece porque elas estabelecem poucas ligações neurais.

As ligações neurais são comprometidas pela contínua aceleração dos batimentos cardíacos e pelo estado de ansiedade no qual a criança vive.

Dificuldades para dormir

Se você sempre imaginou que brigas em casa não exercessem peso algum sobre a criança, saiba que ela interfere em diferentes aspectos. Um deles diz respeito a dormir mal.

Crianças expostas a brigas em casa de maneira frequente apresentam dificuldades para dormir.

Brigas em casa favorecem relações disfuncionais

Brigas em casa

Quando a criança tem contato com tantas brigas em alguma fase do seu desenvolvimento ela tende a copiar esse comportamento. Isso pode ser tanto na própria infância, quanto adolescência ou na vida adulta.

Indo um pouco mais longe nessa questão, crianças submetidas a esse ambiente tendem a estabelecer relações extremamente disfuncionais estando elas no papel de abusadores ou de abusados.

Medo principalmente de estabelecer relações

Quando crianças e igualmente quando atingem a vida adulta esse indivíduo pode ter sérios problemas para estabelecer relações. Ele alterna entre o comportamento de afastamento e timidez ao comportamento austero e grosseiro.

Na vida adulta especialmente essas crianças encontram sobretudo dificuldades em se relacionar afetivamente com outras pessoas. Seus relacionamentos dificilmente acabam sendo estabelecidos.

Como saber se meu filho já apresenta sofre com esses efeitos?

Brigas em casa

Se a criança for submetida em algum grau a brigas constantes muitos pais podem se perguntar principalmente sobre o impacto disso no comportamento da criança.

Há alguns comportamentos que a criança pode apresentar que indicam que ela já está sob tais impactos.

Dentre esses comportamentos está ficar extremamente irritada sem motivo aparente, evitar a presença dos pais e igualmente usar o mesmo palavreado ouvido, mas brigas.

Outros comportamentos também muito comuns em quadros assim acaba sendo o isolamento da criança ou adolescente e a queda no seu rendimento escolar.

O que os pais podem fazer?

Brigas em casa

Primeiramente ao perceber que o seu filho já apresenta algum ou todos os comportamentos que mencionamos acima se faz necessário intervir.

O primeiro passo acaba sendo obrigatoriamente que as brigas parem de ocorrer na frente das crianças.

Feito isso tenha uma conversa franca com a criança sobre o possível momento do casal e igualmente sobre o seu próprio comportamento (da criança).

Caso não seja possível, buscar a ajuda de um psicólogo da família pode ser a melhor abordagem.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Brigas em casa: efeitos que causam nos filhos

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: