Perda de dentes: causas e consequências

  • O que pode ocasionar a perda de dentes?
  • Consequências de perder um ou mais dentes
  • O tratamento adotado em casos assim

Sem dúvida alguma, os dentes desempenham um papel importantíssimo em nossa autoestima e saber que estamos com perda de dentes pode ser um baque e tanto. No post de hoje você vai ver o que fazer e quais as consequências e as causas da queda dentária e se o problema pode ou não ser evitado.

Leia mais

Menos açúcar = mais saúde: veja porquê restringir o consumo

Light e diet: quais as diferenças entre eles e qual escolher?

Claro que o primeiro passo quando o dente cai é ir ao dentista para evitarmos a perda da qualidade de vida e prejuízos maiores, mas antes vamos conversar um pouco sobre o que causa a perda de dentes.

Antes de irmos direto ao ponto, cada dente presente em sua boca apresenta uma função diferente. Ou seja, cada dente que compõe o seu lindo sorriso possui uma função diferenciada. Claro que problemas diversos nos dentes sejam eles quais forem podem abalar a nossa autoestima, mas mais do que isso pode prejudicar o funcionamento adequado do sistema digestivo, e até mesmo da fala de maneira clara.

Perda de dentes: por quê meus dentes caem?

Normalmente quando não há uma doença periodontal (patologia que afeta a estrutura dos dentes) uma pessoa pode perder um ou mais dentes por meio de traumas externos como tombos e pancadas.

Não raramente quebramos ou perdemos dentes quando nos acidentamos, por exemplo.

No caso da perda por causa de doença periodontal a mesma pode vir a ocorrer por uma série de fatores. Tais como, por exemplo, a má higiene bucal ou ainda a diabetes que pode resultar em um maior acúmulo de bactérias na boca.

Dessa forma, quando a queda não vier a ocorrer por eventos traumáticos ela acaba sendo ocasionada por doença periodontal.

Como vimos, as doenças periodontais podem, em muitos casos, acabar sendo evitadas quando desencadeadas pela má higiene bucal.

Perda de dentes: o que pode causar?

perda de dentes

Claro que a perda de dentes pode minar a nossa autoestima, mas esse acaba sendo o menor dos problemas.

Quando um problema de autoestima e de autoimagem prejudicada persiste por um longo período o indivíduo pode desenvolver quadros psicológicos e emocionais de desordem. Isso pode levá-lo desenvolver problemas de interação social.

Quando falamos sobretudo com relação ao sorriso ter perda de dentes pode fazer com que o indivíduo evite eventos sociais.

Além disso, além do afastamento social que pode ser comum, temos o prejuízo na fala do indivíduo. Esse prejuízo consiste no chamado prejuízo funcional onde a depender do dente ou dos dentes perdidos a pessoa apresenta dificuldade para a pronúncia de determinadas palavras e isso pode por consequência prejudicar o seu trabalho.

Para pessoas que lidam com atendimento ao público a comunicação com clareza se faz fundamental.

Falamos rapidamente acima que a perda de dentes pode prejudicar o sistema digestivo e isso é fato. Com a queda de um ou mais dentes temos um processo de mastigação prejudicado. O processo de mastigação prejudicado resulta em um alimento engolido em partes maiores podendo gerar desconforto estomacal ou intestinal ao logo do tempo.

Outro problema muito comum relacionado a perda de dentes é que se o dente que caiu não vier a ser reposto rapidamente os dentes no entorno vão começar a se mover para ocupar aquele espaço. Além da queda com tempo você ainda apresentará dentes tortos.

Qual o tratamento para perda dentes?

perda de dentes

Como vimos, o problema vai muito além da estética. Justamente por conta disso, percebendo a perda de um dente e sabendo que essa perda não esteve relacionada a um trauma externo procure imediatamente um dentista de sua confiança.

Na consulta o profissional fará uma avaliação minuciosa para determinar o que ocasionou a queda. Ele igualmente verificar a área afetada antes de determinar um diagnóstico e as ações adotadas.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: