Glúten: Saiba o que é e descubra se faz mal ou não

  • O que vem a ser esse tal glúten?
  • Quais são riscos do consumo?
  • Engorda ou não engorda?

Você saberia dizer, sem pesquisar, o que vem a ser o tal glúten? Deveríamos ter conhecimento do que é este composto e o que ele pode fazer em nosso organismo uma vez que grande parte dos alimentos que consumimos apresenta-o em sua composição. Pensando nisso, resolvemos trazer no post de hoje algumas informações sobre o que é, se faz mal ou não e se engorda.

Leia mais

Falhas que você comete que prejudicam sua imunidade

Mel: benefícios do composto que você deveria conhecer

Glúten: acho que já ouvi falar

Basicamente essa é a expressão da maioria das pessoas quando questionadas sobre este composto. Isso porque estamos acostumadas com o termo, mas pouco sabemos sobre o que efetivamente quer dizer e quais os impactos dele para o nosso organismo e saúde de modo geral.

O glúten é uma proteína formada por dois compostos diferentes. Estes compostos são a glutenina e a gliadina. Está presente no trigo, no centeio e nada cevada. Igualmente pode ser encontrado na aveia. No caso deste último, ocorre pelo processamento da aveia nos mesmos equipamentos que realizam o processamento do trigo, da cevada ou do centeio. Neste caso temos a chamada contaminação cruzada. Nela um determinado alimento fica sujeito a apresentar componentes de outro por meio da utilização do mesmo maquinário. Mas voltando ao glúten o mesmo é muito presente nas massas, sendo responsável por sua elasticidade.

Além das massas está presente em praticamente todos os alimentos industrializados que conhecemos. Podemos encontrar o glúten nas bolachas, biscoitos, pizzas, bolos e alimentos processados como um todo.

A grande utilização do composto se dá principalmente pela textura e aparência que proporciona aos alimentos.

Há malefícios no consumo de glúten?

Glúten

Chegamos a pergunta de um milhão de dólares. Afinal, consumir produtos com este tipo de proteína faz mal? Se sim, por que? De modo geral, o glúten não é nocivo. Ele acaba sendo um composto nocivo para aquelas pessoas que apresentam a chamada doença celíaca. Esta patologia é caracterizada por uma intolerância ao glúten. Quando indivíduos com a doença celíaca fazem a ingestão do composto é possível que o mesmo sofra danos no intestino delgado. Os danos ocasionados levam a pessoa a apresentar um deficit na absorção de nutrientes. Neste caso até mesmo o aproveitamento da água acaba sendo prejudicado. Além deste quadro, é comum que após a ingestão de algum alimento com a proteína haja desconforto, dor, inchaço e diarreia.

Por conta destas pessoas que realmente passam mal ao consumir essa proteína criou-se uma ideia de que o glúten é prejudicial a todos nós. Na verdade, não é bem assim.

Outra questão que acaba favorecendo o cultivo desta ideia de que a substância é nociva é resultado de uma estratégia de mercado. Produtos que não possuem glúten em sua composição são mais caros e isso gera uma lucratividade significativamente maior.

Mas e ai, engorda ou não?

Glúten

Agora que sabemos que o glúten não faz mal, a pergunta que não quer calar é se ele engorda ou não. Qual o seu palpite? A verdade é que a tal proteína não engorda. Sendo ainda mais específicos não há nenhuma caloria presente no glúten. Ele é um composto ou substância com zero calorias.

A impressão de que o mesmo engorde vem sobretudo da maioria dos alimentos em que está presente. Muitos dos alimentos que contém o glúten na composição são alimentos calóricos, ricos em açúcares, gorduras e correlatos que não são nada saudáveis e que podem sim implicar no ganho de peso quando consumidos em demasia.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: