Falhas que você comete que prejudicam sua imunidade

  • Imunidade baixa no inverno? Saiba porque isso acontece
  • Atitudes corriqueiras que minam a nossa imunidade
  • Saiba porque você deve evitar aglomerações

Doenças respiratórias são muito comuns no inverno. Isso costuma acontecer porque temos alguns hábitos nesta época do ano que acabam minando a nossa imunidade. Hoje falaremos um pouco sobre estes hábitos e como eles prejudicam a nossa saúde.

Leia mais

Exercícios anti-estresse: 3 práticas para você

Cuidados para a quarentena: cuidando da pele, cabelos e unhas

Se você acha que é impossível passar o inverno sem ao menos uma gripezinha, ou resfriado, é melhor ficar atenta quanto a sua imunidade que pode estar sendo comprometida por comportamentos que estão passando despercebidos na sua rotina.

Beber menos água prejudica a sua imunidade

Uma das atitudes comuns no inverno que prejudicam a nossa imunidade é a menor ingestão de água. Como no frio não temos tendência a transpiração e a perda de líquidos é menor, consequentemente a necessidade de ingestão também. Todavia, a falta de água, ocasionada por seu baixo consumo pode desencadear uma série de problemas. Dentre eles no sistema respiratório.

Com o consumo adequado de água a cavidade nasal fica umidificada e os fluidos também são mais aquosos, desta forma, há uma maior dificuldade para a entrada de vírus e bactérias. Para aumentar o consumo de água é simples, basta apenas que você tenha sempre a mão uma garrafa com água. Este simples fato vai te estimular a beber mais, mesmo nos dias mais frios.

Banhos quentes podem comprometer a sua imunidade

imunidade

Certamente com o tempo frio você tem mais tendência a optar por banhos quentes, não é mesmo? De fato é difícil recusar um banho quente nos dias frios, mas a alta temperatura pode prejudicar significativamente a nossa imunidade. Isso acontece porque os banhos quentes e principalmente os banhos quentes e longos removem a oleosidade natural da pele que é responsável por protegê-la. O ressecamento da pele favorece o desenvolvimento de infecções e outros problemas desagradáveis, como as alergias. A dica aqui é evitar banhos demasiadamente longos e muito quentes. Investir no uso do sabonete mais intensivamente nas axilas, nos órgãos genitais e nos pés. Após o banho seque-se adequadamente e aplique hidratante em todo o corpo.

Não pule o café da manhã

imunidade

Para ficarmos mais na cama em uma manhã fria é comum pularmos o café da manhã e este é mais um dos erros comuns que prejudicam nossa imunidade. Durante a noite utilizamos todo o nosso estoque de vitaminas e minerais disponíveis.

Se ao acordarmos pularmos o café da manhã e partirmos diretamente para o almoço pelo menos às 11h da manhã nosso corpo terá um tempo considerável estando vulnerável e debilitado. Quando não temos nutrientes disponíveis o nosso corpo fica debilitado e nossa resposta imunológica cai substancialmente.

Se você não abre mão de alguns minutinhos a mais na cama no inverno, tente deixar o máximo possível do café da manhã pronto no dia anterior, mas em hipótese alguma fique sem comer. Além de auxiliar na manutenção da boa imunidade, tomar o café da manhã auxilia na manutenção do peso. Isso porque quem se alimenta logo pela manhã tem menores chances de episódios de exagero no almoço ou no jantar.

Onde você fica pode afetar a sua imunidade

imunidade

Este tópico não tem muito a ver com a imunidade diretamente, mas está com ela relacionada. Evite, sempre que possível lugares fechados e aglomerações. Dificilmente percebemos quando nossa imunidade está mais baixa e caso tenhamos contato com alguém doente, mesmo que sem sintomas, as chances de contrairmos algo são elevadas quando a imunidade está comprometida.

Para as pessoas que eventualmente não se sintam bem vale aqui a dica de respeitar o próximo e não expô-lo a um risco que poderia ser evitado. Se está com algum tipo de doença contagiosa evite o contato próximo com terceiros.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: