Saúde mental em tempos de COVID-19: Veja como se cuidar

  • Saúde mental em tempos de pandemia
  • Evite o excesso de informação
  • Use as redes a seu favor

Voltamos a falar sobre a saúde mental por dois motivos distintos e igualmente relevantes. Primeiro, estamos em isolamento social há muito tempo, em algumas regiões do país já chega a quase sessenta dias. Segundo, estamos em meio a uma pandemia que tem gerado muito sofrimento e dor em nosso país e em todo o mundo. Quase diariamente estamos batendo recorde de mortos no tempo de vinte e quatro horas. E em meio a tudo isso, como fica a nossa saúde mental?

É sobre isso que gostaríamos de conversar hoje.

Leia mais

Imunidade e atividade física em tempos de Covid-19

Depressão na quarentena: como saber se preciso de ajuda fazendo um teste online

Saúde mental em tempos de COVID-19

saúde mental

Somos frágeis, embora não pensássemos sobre isso na maior parte do tempo. Somos seres humanos frágeis e sociáveis e estamos vivendo tempos realmente difíceis. Ninguém imaginaria que 2020 seria um ano como o que efetivamente está sendo. Para que consigamos enfrentar tudo o que está ocorrendo precisando antes de mais nada cuidarmos de nossa saúde mental para não adoecermos.

Estamos enfrentando um inimigo invisível e que nem formalmente dá as caras para nos enfrentar. Isso mesmo, estamos enfrentando um inimigo que não podemos ver e que progressivamente está contaminando mais e mais pessoas ao redor do mundo.

Antes mesmo do coronavírus chegar ao país, nós já éramos conhecidos como um dos países mais ansiosos segundo a Organização Mundial da Saúde. Este post tem o objetivo de acalentar a todas que estão em casa, em isolamento social para que possam cuidar da saúde mental da melhor maneira possível.

Cuidando da sua saúde mental

saúde mental

Alguns estudos têm analisado o impacto do isolamento social sobre cada um de nós. E infelizmente todos acabarão perdendo algo neste percurso, até tudo isso passar. Alguns mais, outros menos, mas o fato é que não sairemos da mesma forma. Justamente por isso, se cuidar é fundamental, mas como manter a saúde mental diante de um cenário desfavorável e ainda pior, em escala mundial?

Parte das perdas ocasionadas pela pandemia será na economia, o que acaba deixando todas nós inseguras quanto ao amanhã. Este é um fator-chave para o desenvolvimento de um quadro ansioso. A ansiedade é um fator de saúde mental que acaba dificultando o enfrentamento a crise do coronavírus. Desta maneira, buscar meios de controlar a ansiedade e dentro do possível, adotar um estilo de vida saudável fará toda a diferença.

Evite o excesso de informação

saúde mental

Uma das melhores maneiras de evitar as crises de ansiedade e cuidar da saúde mental. O que neste momento significa controlar o acesso à informação. Isso mesmo, nada de ser informado em demasia.

Para que você tenha uma ideia, a ansiedade está diretamente ligada ao excesso de informação ao qual temos acesso. Percebemos isso quando comparamos o que estamos vivendo agora com a crise de H1N1 ocorrida anos atrás, em 2009. Não tínhamos informação como temos hoje e isso auxiliou e muito no processo de enfrentamento.

Não estamos falando para fechar os olhos quanto a tudo o que está sendo descoberto e debatido sobre o tema, mas não busque se informar a cada minuto, consumindo um novo amontoado de informação. Quando consumimos informações em demasia temos dificuldade acentuada de absorver aquele conteúdo como algo próximo e real.

O excesso de informação leva a uma sensação coletiva de medo e preocupação (não estamos avaliando aqui que não há necessidade). Mas certamente ter este sentimento desencadeado pelas informações não é nada saudável.

Crie uma rotina amiga da sua saúde

saúde mental

Muito profissionais estão trabalhando em home office devido ao coronavírus. Se você pode trabalhar de casa, a melhor dica que podemos trazer é justamente que você crie uma rotina própria. Tenha um horário para acordar, tomar café, trabalhar e almoçar. Tenha um horário para cada uma das suas atividades diárias e lembre-se que acrescentar exercícios físicos pode ser uma excelente maneira de contornar a ansiedade e vencer o tédio.

Vale reforçar que não é porque está de home office que deve trabalhar mais do que o normal em seu expediente. Isso também é cuidar da sua saúde mental.

Use as redes sociais a seu favor

Falamos sobre como o excesso de informação é ruim. Mas as redes sociais e tudo o que veio com a modernização não é ruim, quando bem utilizada. Aproveite este momento de isolamento para se aproximar dos familiares mais distantes. Ligue, mande uma mensagem, um e-mail. Lembre-se principalmente daqueles mais sozinhos. Será uma maneira de acalentar o seu coração, cuidando de quem você ama.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: