Quarentena: Por que como mais quando estou em casa?

  • Quarentena x alimentação saudável
  • Como diferenciar fome emocional de fome fisiológica?
  • O que fazer em tempo de quarentena?

Você tem a sensação de que está comendo mais durante este período de quarentena? Você não é a única Essa sensação é compartilhada por uma parcela significativa das pessoas, tanto homens quanto, mulheres. Hoje falaremos um pouco do porque isso acontece e como evitar as inúmeras visitas à geladeira e a dispensa.

Leia mais

Benefícios comprovados do alho para a sua saúde

Covid-19: tudo o que você precisa saber sobre o coronavírus

Quarentena x alimentação saudável

Com a quarentena e a possibilidade de ficarmos em casa, você chegou a conclusão de que está comendo mais do que comia anteriormente? Pois é, sem compromissos e com mais tempo ocioso temos tendência a preencher a nossa agenda social com idas frequentes a geladeira e também a dispensa. Este problema é mais comumente relatado principalmente por aquelas pessoas que tem dificuldade de discernimento. De separar onde acaba o apetite e começa a ansiedade, isso principalmente em casos onde há estresse, decepção, apatia ou angústia, envolvidos neste emaranhado de sentimentos.

É fácil identificar se o problema, tão comum nesta quarentena, está acontecendo com você. Responda sinceramente, você está comendo sempre que sente fome ou quando pode comer? Essa pergunta é um divisor de águas, isso porque estamos acostumadas a comer por diferentes fatores que não unicamente fome. Dentre eles está justamente para contornar nossos sentimentos, para matar a vontade de algo e para nos encaixarmos socialmente em determinada situação ou contexto social (é o caso de um churrasco ou festa, por exemplo).

Se você consegue se questionar conscientemente sobre o consumo que está fazendo é por fome ou por tempo livre e ocioso, está a um passo de vencer este hábito tão prejudicial durante a quarentena.

Fome física x fome emocional em tempos de quarentena

quarentena

Quem acaba comendo mais neste período de quarentena é por dificuldade em identificar e separar a fome física ou fisiológica da fome emocional. A fome fisiológica é aquela que sentimos quando nosso corpo precisa de energia e é real, desencadeada por fatores fisiológicos e não psicológicos. A fome emocional por sua vez é relacionada a fatores, como o nome sugere, emocionais e psicológicos. É uma resposta quando temos dificuldades em lidar com nossos próprios sentimentos, sejam eles quais forem.

Algumas dicas para saber identificar qual tipo de fome você está sentindo estão diretamente ligadas ao processo em que a suposta fome aparece. Por exemplo, a fome física é desencadeada de maneira progressiva e vai crescendo conforme não há fornecimento de alimento. A fome emocional, entretanto, chega de repente e pode fazer o indivíduo comer compulsivamente. Isso acontece porque ao contrário da fome fisiológica a fome emocional não cessa apenas com a ingestão alimentar.

Bom, nesta altura do campeonato você deve estar se perguntando como evitar a fome emocional nesta quarentena e nós podemos te ajudar. Veja abaixo algumas dicas.

Cozinhe mais na quarentena

quarentena

Aproveite que estamos em isolamento social e tire parte deste tempo para cozinhar. Cozinhando, além de saber exatamente o que você está colocando em seu prato, você terá mais qualidade de vida e saúde. Alimentos mais naturais são ricos em nutrientes que muitas vezes acabam perdidos no processamento de produtos industrializados.

Se possível conte com o auxílio de uma nutricionista para ter um cardápio completo que mais do que nutritivo proporcionará saciedade por mais tempo também. Vale destacar aqui que quanto mais você cozinha maior a sua economia em pedidos deliverys, não é mesmo?

Na internet você encontra uma variedade muito grande de receitas que você pode facilmente fazer. Dentre elas temos snacks de legumes. Basta apenas que você corte em tiras finas os legumes de sua preferência, pode ser abobrinha, batata-doce ou mesmo cenoura, temperá-los com sal e azeite e assá-los no forno.

Procure o que fazer

quarentena

Esta pode ser uma colocação dura, mas o que mais temos neste período de quarentena é tempo ocioso. De fato resistir a tentação de comer quando não temos nenhuma outra coisa para fazer é mais difícil, por isso, ocupe-se. Se você não está em home office procure atividades prazerosas que você curte fazer. Elas poderão auxilia-lá a manter-se longe da geladeira. Pode ser uma leitura, um filme, uma atividade que trabalhe com o desenvolvimento mental, não importa, todas as atividades são igualmente bem-vinda neste momento.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: