Você está em um relacionamento abusivo

  • Relacionamentos abusivos além da estância amorosa
  • Gas light e o abuso nas relações
  • Como identificar um relacionamento abusivo?

Atualmente o tema relacionamento abusivo sem dúvida tem se mostrado mais forte e estamos discutindo cada vez mais sobre. São peças de teatro, telenovelas, livros, séries. Cada um na sua vertente abordando o mesmo assunto sobre a sua perceptiva.

O que fica é que estamos cada vez mais discutindo sobre e ajudando inúmeras pessoas a identificarem se estão vivendo uma situação de abusivo dentro de suas relações.

Leia mais

Por que fazer terapia? Entenda aqui

Hipocondria: o medo excessivo de adoecer

Embora seja habitualmente usado para relacionamentos amorosos, o conceito de relacionamento abusivo não se restringe apenas a ele. Pelo contrário, há relações abusivas entre pais e filhos, entre “amigos”, entre familiares, dentre outros. A classificação da relação não há impede que haja abuso  visto que se estende a todos os laços possíveis.

Apesar do abusivo se estender a todas as possíveis relações que podemos estabelecer, por certo as mulheres são as mais acometidas.

Hoje falaremos sobre um tipo um pouco difícil de ser identificado como abuso, o relacionamento Gaslighting.

O relacionamento abusivo Gaslighting

O relacionamento Gaslighting se configura como uma relação abusiva onde há abuso emocional, mental e psicológico do parceiro. Neste tipo de relacionamento o agressor tenta minar a sanidade, a autoestima e confiança do outro.

O conceito vem de uma antiga peça teatral da década de quarenta chamada de Gas light. Essa peça muito apreciada aborda a relação de um casal que inicialmente vive um relacionamento bonito e feliz. Situação que é comum em quem está vivendo um relacionamento abusivo. Após este período de tranquilidade, na peça, o marido começa a atacar a esposa cometendo abusos emocionais, psicológicos e mentais. Fazendo com que a mulher questione a sua própria sanidade.

Na peça, o agressor, que neste caso é o marido da vítima, consegue afastá-la de todos os amigos e familiares pura e unicamente com o intuito de lhe roubar toda a sua fortuna.

Para se ter ideia de como o chamado Gaslighting é prejudicial, na Europa, em alguns países foi considerado crime de coerção de terceiro.

Por que devemos falar sobre relacionamentos abusivos?

Há quem ainda se questione sobre porque falar sobre relacionamento abusivo é tão necessário. Excluindo o fato de que relacionamentos abusivos podem levar a morte do companheiro abusado, o que já justificaria o porque do tema ser tão importante, outros motivos reforçam. Em instâncias menos graves um relacionamento abusivo pode aumentar as chances de desenvolvimento de quadros ansiosos, depressivos e auto-depreciativos. Um relacionamento abusivo vivido por muito tempo pode inclusive levar o parceiro ao suicídio.

Como saber se estou em um relacionamento abusivo?

Identificar um relacionamento abusivo do tipo Gaslighting pode ser extremamente difícil para alguém que vê de fora. Contudo, você é a melhor pessoa para identificar se o seu relacionamento é ou não abusivo. Para isso analise-se um pouco de fronte de algumas perguntas simples. Você vê seus amigos e familiares com frequência? Esse contato é visto como motivo de discórdia com o parceiro(a)? Você constantemente se sente culpada ou está pedindo desculpas para o seu parceiro(a)?

Você se questiona sobre sua sanidade?

relacionamento abusivo

Você sempre se pergunta se está a altura de ser amada? Ou a altura do companheiro(a) que está ao seu lado?

Estes são pequenos indícios de que talvez o relacionamento esteja tomando um rumo desagradável. É preciso que você esteja atenta e reaja ao primeiro sinal de abuso. Não dê, em hipótese alguma, permissividade para o agressor.

Se você conhece ou está vivendo um relacionamento abusivo busque ajuda para que possa dar um fim a esta situação. Atualmente há muitos grupos on-line de acolhimento e amparo à vítimas de violência doméstica. Há inclusive um app chamado Mete a Colher que garante segurança as vítimas buscando conectar mulher que precisam de ajuda com mulheres que podem ajudá-las.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Você está em um relacionamento abusivo

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Você está em um relacionamento abusivo”

  1. […] Você está em um relacionamento abusivo […]