Crianças mentindo: por que acontece e como lidar?

  • Por que as crianças estão mentindo?
  • O que fazer com crianças mentindo?
  • Saiba ouvir a criança que mente

É fato que as pessoas mentem. Claro que nem toda mentira é prejudicial ou nem toda mentira é tão prejudicial quanto outra mas o fato é que as pessoas mentem sobretudo para obterem benefícios para si. Os adultos mentem enquanto as crianças observam, quando percebemos temos crianças mentindo. Você sabe dizer por que isso acontece e como lidar?

Leia mais:

Aulas presenciais em tempos de pandemia: cuidados essenciais

Clareamento dental: saiba todos os detalhes do procedimento

Infelizmente esse é o resultado esperado para o cenário listado acima. Diante de adultos que mentem para obter algum tipo de vantagem pessoal direta ou indireta, ou para simplesmente se safarem de assumirem responsabilidades, as crianças observam e assimilam esse comportamento. Quando os adultos percebem, as crianças também estão mentindo.

Em grande medida, a mentira nas crianças está diretamente relacionada com a mentira daqueles que convivem com elas. Então sim, as crianças na grande maioria das vezes começam a mentir porque convivem com adultos que mentem e observam isso.

Crianças mentindo? Por quê isso acontece?

As crianças começam a mentir antes mesmo de aprenderem a falar. Nessa fase as mentiras não são propositais. Nessa etapa as mentiras são desencadeadas por não entenderem uma determinada pergunta, por não saberem responder, ou simplesmente por confundirem, ou trocarem informações, ou correlatos. A mentira não é proposital e não tem com isso maldade.

As crianças começam a efetivamente mentir por volta dos dois anos e a motivação é similar a motivação dos adultos para mentir. As crianças, assim como os adultos, mentem para receber algum tipo de benefício direto ou indireto, ou para não lidarem naquele momento com algo que não estão preparadas.

As motivações da mentira são muito similares entre adultos e crianças. Os pequenos podem mentir para evitar enfrentar sentimentos conflituosos, podem igualmente mentir por curiosidade, por medo, para evitar castigos ou simplesmente por mentir, por brincadeira.

Vale mencionar que os pequenos também mentem claramente pelos exemplos que vivenciam. Então se os pais possuem o hábito de mentir cotidianamente, os filhos tendem a mentir também e a acreditarem que isso é algo totalmente normal. Isso porque os pais o fazem. Dessa forma é fundamental que os pais estejam atentos aos exemplos que dão aos filhos.

Como mencionado no início, as crianças estão sempre atentas ao ambiente no qual estão e isso faz parte essencial do desenvolvimento de seu comportamento e do desenvolvimento de seus hábitos.

Mas como lidar com as crianças mentindo?

Crianças mentindo

Pegou seu filho mentindo e não sabe bem o que fazer? Essa é uma questão que os pais costumam se perguntar uma vez que eventualmente pode acontecer. O que fazer com as crianças mentindo? O primeiro passo é observar se a mentira nas crianças não é um reflexo do comportamento dos adultos, o que é bem comum.

Comece corrigindo comportamentos que você tem mas que não quer que o seu filho tenha, e nesse quadro a mentira se enquadra perfeitamente. Se você mente nas pequenas coisas do dia a dia, é normal que o seu filho tenha o mesmo comportamento. Dessa forma, o primeiro passo é corrigir esse comportamento.

Com as crianças a regra de faça o que eu falo não o que eu faço não funciona. As crianças são movidas a exemplos, seja um bom exemplo para ela.

Além disso, é possível tomar outros cuidados que evitam que as crianças mintam. Veja alguns deles abaixo.

Não crie armadilhas para a criança

Em alguns casos, para pegar a criança mentindo os pais fazem perguntas que eles sabem a resposta. Muitos se utilizam dessa estratégia para verificar se a criança vai ou não mentir. Em assuntos leves, corriqueiros, não há problema, mas de qualquer forma o ideal é que essa postura seja evitada e que os pais deixem claro para a criança que sabem a verdade e a questionem sobre o ocorrido.

Esse comportamento, ao contrário das armadilhas as fazem crer que a relação de honestidade entre todos vocês é o mais importante e que ela pode falar a verdade sempre que precisar. Quando identificar que a criança mentiu evite fazê-la cair em contradição, apenas converse honestamente com ela sobre o ocorrido.

Quais os impactos da mentira?

Crianças mentindo

A criança não tem pensamento de longo prazo com capacidade analítica. Assim mesmo que eventualmente venham a mentir, só conseguem pensar no ganho imediato dessa mentira, sem pensar em eventuais perdas ou mesmo ganhos futuros decorrentes dessa mentira.

Os pais, como educadores, devem ensinar para os pequenos quais os impactos da mentira e como ela pode ser prejudicial, de modo que o comportamento seja desestimulado por parte dos pequenos. As crianças devem se sentirem desmotivadas a mentirem somente pelos danos que a mentira traz.

Cuidado na maneira como aborda o seu filho

Crianças mentindo

Ao identificar que o seu filho está mentindo para você, tenha cuidado na maneira como irá abordá-lo. Isso porque a abordagem pode fazer toda a diferença e determinar se a criança continuará a mentir para você ou se dirá a verdade.

Por isso, em caso de descobrir que a criança está mentindo, antes de colocá-la de castigo ou qualquer outro tipo de coisa, esteja disposto a ouvi-la sobre os motivos que a levaram a mentir. Igualmente ouça-a sobre o que está acontecendo, quais os problemas correlacionados. Como vimos aqui, dificilmente uma criança começa a mentir simplesmente por mentir. Saber ouvir e conversar com a criança pode fazer a diferença.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: