Clareamento dental: saiba todos os detalhes do procedimento

  • Clareamento pode sensibilizar os dentes?
  • Há contraindicações?
  • Clareamento dental é definitivo?

Cuidar do sorriso é visto por muitas pessoas como mais do que apenas saúde bucal. Temos registrado um aumento progressivo na procura também por cuidados com objetivos estéticos, como a alta procura por clareamento dental.

Leia mais

Sinusite ou rinite: entenda as diferenças de cada uma

Erros ao lavar roupa íntima: veja como evitar doenças

Nós, brasileiros, gostamos de cuidar dos dentes: estudo recente comprova que escovamos os dentes basicamente após as três principais refeições, totalizando uma média de três escovações por dia, média acima dos outros países ao redor do mundo.

O mercado hoje disponibiliza inúmeras técnicas e procedimentos para quem quer ter um sorriso branquinho, igual dos artistas que vemos na TV e isso pode te dar muitas dúvidas, não é mesmo?

Por isso, reunimos aqui as principais dúvidas sobre o assunto. Vamos te ajudar a ter esse sorriso dos sonhos.

O procedimento de clareamento dental pode deixar meus dentes mais sensíveis?

Clareamento dental

Infelizmente, sim. Dependendo do procedimento escolhido, isso pode acontecer. Isso acontece porque o peróxido presente no composto clareador entra em contato com a estrutura interna do dente, o que pode resultar em inflamações.

Se você optar pelo clareamento com tecnologia a laser, o que pode acontecer é que a sensibilidade resulta da desidratação. A desidratação do dente é um processo que pode acontecer a partir da exposição a elevadas temperaturas, como a do laser, por exemplo.

Pastas de dente que prometem clarear os dentes, são uma boa opção?

Clareamento dental

Não. Por mais que seja uma opção bem mais barata para obter o sorriso branco, ela não é eficaz. Este tipo de produto possui uma baixa quantidade dos compostos branqueadores.

O que acontece é que, por terem propriedades abrasivas, elas podem remover manchinhas superficiais, aquelas como, por exemplo, as manchas de refrigerante, alimentos de tons escuros, e de café. De modo geral isso dá a impressão que o atingiu o resultado esperado, mas não.

É sempre importante procurar um dentista para realizar este procedimento e garantir o resultado de um sorriso branco. As pastas branqueadoras apenas dão a falsa impressão que atingem esse objetivo, mas de fato isso não ocorre.

O procedimento pode enfraquecer meus dentes?

Não. O procedimento realizado com gel, sendo resultado de uma química, reação química, não afetando a os dentes e a sua estrutura.

Por isso é importante sempre manter os cuidados periódicos em seus dentes para que você continue com o sorriso saudável após o procedimento. Todavia, de modo geral, o clareamento em si não vai enfraquecer os seus dentes. Isso é mito.

Quais alimentos posso comer e beber durante estiver em processo de clareamento?

É importante evitar alimentos muito pigmentados pois eles podem interferir no resultado do clareamento dental. Fazendo com que o resultado obtido seja insatisfatório para o paciente.

O corante agirá de forma contrária ao reagente branqueador, causando manchas indesejadas nos dentes ao longo do tratamento. Por isso, evite: molho de tomate e/ou outros pigmentos escuros; bebidas alcoólicas e refrigerantes coloridos; iogurte com corantes, chocolates, café, chás em tonalidades mais escuras, vinho, suco de uva, frutas ácidas, além de alimentos pigmentados na cor roxa, por exemplo: açaí, beterraba, mirtilo.

A lista pode parecer extensa, mas lembre-se que a restrição maior é apenas no período em que o procedimento estiver sendo realizado.

Quem pode fazer clareamento nos dentes? Há restrições?

Clareamento dental

Não tendo nenhuma contraindicação médica ou advinda do dentista que avalia o paciente, todos podem realizar o clareamento nos dentes.

No entanto, mulheres esperando bebês, adolescentes com menos de 15 anos, pessoas com prótese dentária, pacientes alérgicos (aos componentes do produto a ser utilizado) e/ou pacientes com doenças que afetam as gengivas devem evitar o tratamento.

O tratamento é definitivo ou os dentes podem escurecer, ou ter manchas ao longo do tempo?

O tratamento não é definitivo. Conforme o paciente voltar a consumir produtos e alimentos coloridos e pigmentados em tons escuros, o dente voltará a escurecer. Uma dica é, no caso dos líquidos, utilizar canudo, assim, serão ingeridos diretamente. Assim não há contato nos dentes.

Receitas caseiras podem ser prejudiciais?

Clareamento dental

Muito. Tenha cautela ao se orientar por vídeos do YouTube ou outras redes sociais que divulgam receitas mirabolantes como a famosa receita clareadora com bicarbonato de sódio. Aliás, o que não faltam são produtos clareadores na internet, carvão, água-oxigenada, limão, etc. Esses compostos são muito abrasivos – ou seja, corrosivos – e vão deteriorar o esmalte do seu dente. A superfície ficará porosa e extremamente sensibilizada.

Um sorriso bonito e saudável vai além de ter seus dentes uniformes e sem manchinhas, por isso fique longe de dicas malucas que prometem entregar dentes brancos de uma hora para outra.

Procure sempre um dentista para garantir a saúde bucal de forma periódica, e somente sob acompanhamento de um dentista de sua confiança realize o procedimento do clareamento.

Custos do procedimento de clareamento

Infelizmente não é possível determinar o valor que o procedimento de clareamento tem. Isso varia muito sobretudo de acordo com a localização na qual você está e também a técnica adotada e o profissional responsável pela sua execução.

Dessa forma, é difícil dizer o valor exato que o clareamento tem, entretanto é possível estimar um valor aproximado que você desembolsaria para fazer o procedimento.

O clareamento pode variar entre oitocentos reais a até três mil reais. Tudo depende da técnica escolhida, da localização e também da relação dentista e cliente que pode resultar em algum desconto.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Clareamento dental: saiba todos os detalhes do procedimento

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *