Alimentos perigosos para crianças: veja alguns deles

  • Crianças apresentam mais sensibilidade alimentar e pais devem tomar cuidado quando alimentação
  • Alimentos perigosos para crianças
  • Cuidado quanto a administração de ovos

Quando você se torna pai ou mãe, todo o zelo possível parece pouco para se proteger os pequenos dos perigos, e isso inclui a alimentação. Por isso, resolvemos trazer alguns dos alimentos perigosos para crianças.

Leia mais

Cartão virtual: como habilitar e quais os benefícios?

Aprenda como escolher a lâmpada ideal para cada cômodo

A alimentação é uma das coisas mais importantes para o desenvolvimento físico e até psicológico das crianças. É através dela que os pequenos irão receber todos os nutrientes e vitaminas necessárias para o seu crescimento.

O problema surge no fato de que o organismo das crianças é mais frágil que o dos adultos, ficando mais expostos à contaminação provenientes de alimentos crus, mal preparados ou estragados.

Por isso listamos alguns dos alimentos que oferecem mais riscos nesta fase da vida, e que vão além dos famigerados doces e industrializados que já estamos cansados de saber dos riscos que oferecem para a saúde de todos (e não só das crianças).

Alimentos perigosos para crianças: carnes cruas e fígado

O maior problema das carnes cruas, como o kibe ou sushi, é que o sistema imunológico e enzimático das crianças ainda não está devidamente desenvolvido. E isso torna elas mais expostas a infecções e outras doenças.

Por isso, para evitar problemas mais graves de contaminação causados por bactérias e vírus presentes nestas carnes, a recomendação de especialistas é que este tipo de alimento só seja oferecido após os 12 anos de idade.

No caso do fígado, ele é o responsável por “filtrar” e eliminar grande parte das impurezas do corpo do ser humano, e por isso este órgão pode ter muita concentração de substâncias que são estranhas para o sistema dos pequeninos.

Mas a boa notícia é que o fígado, assim como outras vísceras, é altamente sensível ao calor. Sendo assim, se bem cozido, as chances dele causar qualquer infecção é quase zero, além de manter todos os seus nutrientes.

Mel

alimentos perigosos para crianças

Apesar de ser um alimento rico em nutrientes e auxiliar no sistema imunológico, o mel puro não deve ser oferecido para crianças menores de dois anos de idade.

Isso ocorre, pois, apesar de nutritivo, ele pode estar contaminado com a bactéria Clostridium botulinum, que é a causadora de uma doença grave chamada botulismo. Em casos mais graves, causa problemas respiratórios que podem levar à morte.

Ovos também consiste em alimentos perigosos para crianças

Ao se incluir o ovo na alimentação das crianças, estes devem ser oferecidos o mais cozidos possível ou com a gema bem dura, caso seja servido frito. Assim como o mel, ele também pode estar contaminado com bactérias que causam doenças.

No caso do ovo, uma das principais infecções é o da salmonelose, causada pela bactéria Salmonella. Sua contaminação inclui dores abdominais, diarreia, febre e calafrios.

Pode se tornar uma doença mais grave se não tratada, porém, a maioria dos pacientes só requer ingestão de líquidos, mas o melhor é que na presença de qualquer um destes sintomas, os pais procurem ajuda médica e evitem a automedicação.

Azeitonas e alimentos com caroços

alimentos perigosos para crianças

A azeitona e outros alimentos com caroços duros, como a ameixa, devem ter seu oferecimento feito sem os caroços e sementes. Isso porque na hora da mastigação, sem querer, a criança pode acabar mordendo com mais força e danificando seus dentes.

Para as crianças maiores, que já entendem um pouco mais as coisas, uma breve explicação sobre o risco de quebrar o dente e a recomendação de se mastigar com cuidado deve ser mais que suficiente para evitar acidentes. Todavia, é preciso atenção quanto ao risco de engasgamento que também pode ocorrer. O ideal em todo o caso acaba sendo evitar que o caroço chegue a criança.

Se possível os alimentos com caroço devem ser dados as crianças sem caroços.

Amendoim

alimentos perigosos para crianças

Extremamente nutritivo, o amendoim se faz um dos alimentos mais consumidos por pessoas no mundo, o que inclui as crianças. O primeiro cuidado tomado na ingestão deste alimento consiste nas chances da criança ter alergia, e os pais ou responsáveis não saberem.

Pelo lado nutricional, especialistas analisam que em casos extremos o consumo em excesso de amendoim pode causar problemas como hipertensão. Ele é rico em gordura saturada, que tem uma eliminação muito difícil pelo corpo.

Além dos fatores nutricionais e alérgicos, como qualquer outro grão pequeno, uma criança comendo amendoim pode facilmente se engasgar. Por isso, a recomendação acaba sendo que tenha seu oferecimento feito apenas para crianças maiores.

Alimentação saudável é o princípio

alimentos perigosos para crianças

O princípio para a boa alimentação da criança consiste no investimento em uma alimentação saudável. Buscando pelo equilíbrio entre o consumido/oferecido aos pequenos. Ou seja, em outras palavras, o ideal é que a base alimentar seja constituída de alimentos naturais, tais como frutas, verduras e legumes.

Alimentos industrializados, processados, ou ultraprocessados inevitavelmente acabarão chegando as mãos das crianças, mas devem ser sempre que possível evitados.

Mesmo que não sejam aparentemente perigosos ou mostrem seus malefícios imediatos, no longo prazo podem comprometer sistematicamente a saúde dos pequenos. Sem mencionar que o consumo destes alimentos pode gerar hábitos alimentares pouco saudáveis e altamente prejudiciais quando estes chegam a vida adulta.

Dessa forma os pais devem estar atentos quanto a alimentação fornecida aos filhos visto que estarão contribuindo com a formação de hábitos de uma vida toda e é de fundamental importância que a criança desenvolva hábitos saudáveis.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Alimentos perigosos para crianças: veja alguns deles

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: