Cartão virtual: como habilitar e quais os benefícios?

  • Você sabe o que é o cartão virtual?
  • Quais as vantagens de usá-lo?
  • Como adquirir o seu cartão virtual?

Com um mundo cada vez mais conectado, as transações bancárias e de compra não poderiam ficar de fora das novidades. Algo que as instituições financeiras estão adotando nos últimos anos é a disponibilização de um cartão virtual de crédito. Mas para o que ele serve?

Leia mais

Melhora da morte: isso existe ou é mito?

Aprenda como escolher a lâmpada ideal para cada cômodo

Um cartão de crédito virtual tem a mesma função que o cartão físico. Mas com a diferença que ele é utilizado exclusivamente para as compras em realizadas em sites on-line.

O cartão virtual possui todas as informações necessárias para cadastro e compra em sites, com a vantagem de poder ser gerado e cancelado facilmente através de um aplicativo ou internet banking, o que traz mais segurança para as operações.

Vantagens de utilizar o cartão virtual em suas compras on-line

cartão virtual

Como dito anteriormente, uma das principais características e vantagens do cartão virtual está na sua segurança para as transações on-line. Por ser um cartão que não existe na forma física, ele pode ser gerado, bloqueado ou cancelado facilmente pelo usuário.

Ele possui uma numeração assim como chave de segurança próprio, e por isso não comprometem a segurança do cartão físico, que poderá continuar sendo utilizado normalmente mesmo que o virtual saia de uso.

A sua validade pode variar de acordo com a instituição financeira ou banco, mas normalmente são cartões que tem um número de usos limitados, que após este limite são automaticamente “destruídos” e deixam de existir, o que evita problemas com fraudes.

Caso precise bloquear um cartão virtual, o usuário poderá facilmente gerar um novo para uma nova compra, além de não comprometer o seu cartão físico.

Outra vantagem relacionada aos cartões virtuais, é a sua praticidade para quem realiza compras on-line. Não é mais necessário andar com a carteira ou cartão físico para realizar as compras.

Além disso, apesar do limite de crédito compartilhado, é basicamente como se fosse dois cartões independentes. Onde um pode ser bloqueado, excluído, etc, sem comprometer o funcionamento do outro.

Como adquirir o seu?

O modo como se adquiri um cartão virtual varia de acordo com cada banco ou financeira, mas normalmente o primeiro passo é que o usuário já possua uma conta ou cartão de crédito da instituição.

Após isso, ele poderá realizar o pedido ou criação através de um aplicativo para smartphones do próprio banco. Neste momento ele pode precisar associar este cartão virtual a um cartão físico já existente.

Mas se o cartão é virtual, por que preciso associar ele a um cartão físico? Além de ser uma forma de facilitar a vida do usuário, que não precisará preencher vários campos de informações, é através deste cartão físico que as compras serão faturadas.

Sendo assim, ao invés de no final do mês o cliente receber do banco duas ou mais faturas, uma do cartão físico e as demais dos virtuais, ele terá que pagar apenas uma, que é onde todas as compras serão concentradas.

Vale lembrar também que, na maioria dos casos, o cartão virtual e o cartão físico compartilham do mesmo limite de crédito no banco que o cliente possui sua conta.

Cuidados importantes para você

cartão virtual

O cartão virtual é, sem sombra de dúvidas, uma das mais novas e seguras ferramentas para quem costuma realizar compras em sites. Porém, mesmo com a sua utilização, o usuário não deve esquecer todos os cuidados que transações financeiras exigem.

Primeiramente, nunca realize compras em sites desconhecidos ou que não sejam reconhecidos como seguros pelo antivírus.

Muitas pessoas acabam caindo em golpes e tendo sua vida financeira prejudicada, pois acabam se deparando com lojas on-line fraudulentas que imitam um ambiente seguro apenas para conseguir roubar dados bancários.

Por falar em dados roubados, nunca passe as informações destes cartões para terceiros, seja em redes sociais, mensagens ou telefone.

Apesar de oferecerem a facilidade de poder bloqueá-los rapidamente, podem demorar horas ou até mesmo dias para que um usuário perceba que o cartão está sendo utilizado, por isso uma dica é restringir o seu uso ou até mesmo o limite do cartão a partir da identificação de qualquer atividade suspeita envolvendo-o.

Riscos dos cartões físicos

cartão virtual

Quando utilizamos os cartões físicos em compras na internet, mesmo que em um site verdadeiro podemos acabar nos expondo. Por quê?

No pior cenário possível, esse site pode sofrer com uma invasão e roubo de dados. O que não é impossível, grandes sites já relataram casos de invasão e nesse caso os seus dados acabam sendo expostos. Podendo ter seu uso por cibercriminosos.

Apenas com poucas informações do seu cartão é possível realizar compras e até mesmo a clonagem do seu cartão.

Por meio do cartão digital, ao ter conhecimento de uma possível invasão em um site que você realizou compras basta excluir o cartão. O que o torna inutilizável.

Outra segurança que você tem é que ao ter seu uso em uma plataforma incomum do usuário muitas instituições notificam o usuário se é de fato ele que está realizando determinada compra.

De qualquer maneira, a melhor maneira de utilizar o cartão virtual é excluí-lo após realizar um ou duas compras. Não o deixando cadastrado em sites visto que caso o site sofra algum tipo de invasão seus dados podem acabar comprometidos.

Caso a sua instituição não forneça o cartão virtual ainda, evite compras em sites on-line, exceto ao escolher o pagamento por meio de boleto bancário.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Cartão virtual: como habilitar e quais os benefícios?

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: