Dentes perfeitos: dicas para um sorriso mais bonito

  • Dentes perfeitos e os problemas mais comuns para tê-los
  • Retração da gengiva pode ser curado?
  • Diga adeus aos dentes amarelados

Os dentes são, ou pelo menos deveriam ser, a primeira coisa a notarmos quando olhamos para alguém. É uma característica importante quando pensamos na aparência de uma pessoa. E eles podem nos fazer parecer mais velhos, ou mais novos a depender de como eles estão. Pensando em como ter dentes perfeitos, elencamos os principais problemas de saúde bucal e trouxemos dicas para que você possa contorná-los e ter sempre um sorriso bonito e radiante.

Leia mais

Emagrecimento saudável: veja dicas para secar

Açúcar ou sal: qual é mais nocivo para o nosso organismo?

Dentes perfeitos e a retração da gengiva

dentes perfeitos

A retração da gengiva é um dos problemas mais comuns quando pensamos em saúde bucal. De modo geral consiste na diminuição da parte do dente que é coberto pela gengiva. Com a retração há uma exposição dentária maior, o que pode levar a exposição da raiz do dente. O que com certeza te deixará longe dos dentes perfeitos que tanto queremos.

O tratamento muitas vezes é feito a partir da identificação das causas que levam a retração. Estas causas podem ser o envelhecimento que diminui consideravelmente a produção de saliva. A saliva por sua vez é responsável por evitar o crescimento acelerado de placa bacteriana. A placa bacteriana a principal responsável pela retração gengival, assim como a escovação agressiva. Mas afinal o que fazer?

O primeiro passo para que você resolva este problema é realizar a escovação corretamente. Isso implica escovar os dentes pelo menos duas vezes ao dia com uma escova de cerdas macias. Cerdas macias garantirão que a escovação não será agressiva com as nossas gengivas. Além da escovação é fundamental a utilização de fio dental se você quer dentes perfeitos. O fio dental permite a remoção adequada de alimentos entre os dentes e também evita o crescimento de placa bacteriana. É o fio dental também capaz de permitir o fluxo saudável e perfeito entre os dentes e a gengiva, evitando problemas como a gengivite.

Descoloração dos dentes é outro problema sério

dentes perfeitos

A descoloração dos dentes é outro problema também muito comum que pode ocorrer e mais uma vez afetar os dentes perfeitos que você tanto quer. O que acontece na maior parte das vezes é o seguinte: com o passar dos anos a camada externa do dente, o esmalte, acaba sendo desgastada. Com esse desgaste temos a exposição de uma camada mais profunda que apresenta uma coloração amarelada totalmente desagradável para a maioria das pessoas. Infelizmente, como adiantamos, este é um processo natural que os nossos dentes passam com o decorrer dos anos.

Todavia, vale destacar que você pode retardar este processo evitando alguns hábitos como fumar, por exemplo. Além de não fumar você pode evitar alimentos com muitos corantes. Outra dica é escovar os dentes logo após a ingestão destes alimentos.

Para o amarelamento você pode utilizar fitas clareadoras para que os dentes fiquem mais brancos. Estas fitas apresentam peróxido de hidrogênio e vão promover gradativamente um sorriso mais bonito e sem dúvida alguma mais branco também. Mas nada de utilizar marcas ou produtos que prometem o branqueamento dos dentes em apenas uma aplicação de maneira rápida. Estes produtos possuem alta concentração de peróxido de hidrogênio o que não é nada bom para os nossos dentes. O clareamento com estas fitas não deve ser feito por mais de duas vezes por ano. Muitas aplicações podem dar um ar além de artificial extremamente feio para os seus dentes.

No caso de manchas marrons ou de outra cor que não amarela, procure um cirurgião dentista para que você possa realizar o clareamento a laser, mais indicado para estes casos.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Dentes perfeitos: dicas para um sorriso mais bonito

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *