Cuidados com seu pet durante o inverno

Estamos chegando em uma das melhores épocas do ano, isso para quem gosta de frio, obviamente, mas não podemos esquecer de nosso pet. Teremos temperaturas muito baixas este ano, temperaturas de fazer “bater os dentes”. O frio deste ano já foi considerado como um dos mais severos.

Você sabia que o seu pet pode adoecer por conta das baixas temperaturas? Muita gente acredita que apenas os pelos protegem os bichanos nesta época do ano, mas estão errados. Pelo menos não é exatamente assim.

Plantas amigas do seu animal de estimação

Como deixar a sua casa mais sustentável em 10 dicas simples

Muitos tutores acreditam que os animais passarão bem o inverno e com isso acabam esquecendo possíveis cuidados para com os seus pets. Essa época do ano, assim como nós, os nossos animais de estimação merecem cuidados especiais.

Não bastam os pelos

pet

Como já mencionamos, um dos principais erros dos tutores é pensar que apenas os pelos protegem do frio quando na verdade não são eles os únicos responsáveis por manterem o animal aquecido. O que realmente mantém o seu pet aquecido é a camada de gordura que se encontra abaixo dos pelos. Atenha-se a ela.

Mas e se o meu animal não tem tantos pelos?

cachorro, pet

Não se preocupe, é como dissemos, os pelos não são os únicos responsáveis por mantê-lo aquecido. A pelagem realmente ajuda mas não atua sozinha. Se o seu pet não é peludo atenha-se a camada de gordura que apresenta. Falaremos dela mais abaixo. Mas fique tranquilo se o seu bichinho não é lá muito peludinho. Você vai agradecer os quilinhos a mais que ele tem nessa época do ano.

Camada de gordura aquece o animal

pet

O que mantém o animal aquecido é a camada de gordura que ele apresenta. Se o seu animal não for muito peludo, e também apresentar uma baixa camada de gordura será necessário consultar um veterinário para que sejam feitas adequações em sua alimentação ao menos nessa época do ano. Nós vamos explicar melhor. Veja o lombo do seu mascote. Beliscando-o você poderá sentir melhor. Para animais de porte médio é recomendado que a espessura da camada de gordura seja de até um dedo. Caso o seu pet apresente abaixo disso deve procurar um veterinário para que ele possa averiguar quanto de gordura o seu animal precisa.

É basicamente quando procuramos um nutricionista. Normalmente é esperado que o veterinário aumente a quantidade de ração fornecida ao animal nesse período mas somente um profissional qualificado poderá determinar. Cães de guarda e pernoite acabarão consumindo mais.

Atenção aos cães idosos e as pequenas raças

pet  

As pequenas raças e os cães idosos são os mais propensos a sofrer com as baixas temperaturas. São as típicas doenças de inverno. Se o seu cãozinho não puder ficar dentro de casa por algum motivo, faça casinhas para ele. Essas casinhas devem ser bem protegidas. Sem frestas, com as portas voltadas de modo que estejam opostas as correntes de vento. Disponha tapetes ou cobertores para seu pet manter-se aquecido.

Como saber se o meu pet está com frio?

pet

Essa é uma dúvida de muitos tutores. E nem sempre será fácil identificar. Olhe para você, se você está com frio, arrepiado, com tremedeiras e rangendo os dentes, o seu bichano também sentirá algo perto disso.

Outra forma de identificar se o seu pet sente frio é notar se ele se esconde em casa. Ou vive enrolado. Tremedeiras também são um dos sintomas mais evidentes, esteja sempre de olho em seu melhor amigo.

Em hipótese alguma acredite na crendice popular de que deixar o seu animal exposto a baixas temperaturas vai deixá-lo habituado. Exposições prolongadas a baixas temperaturas pode desencadear um quadro de hipotermia.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.33
Total de Votos: 3

Cuidados com seu pet durante o inverno

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Cuidados com seu pet durante o inverno”

  1. […] Veja os cuidados especiais que você deveria ter com o seu pet neste inverno […]