Chá de Carqueja – Receita e propriedades medicinais

A Carqueja é um arbusto verde, muito comum na América do Sul. No lugar de folhas e caule ela é formada por ramos com flores amareladas e alaranjadas que podem atingir até quatro metros de altura. Antigamente, os índios, utilizavam a erva para a fertilidade das mulheres e a virilidade nos homens.

Atualmente é muito usada para amenizar, ou mesmo tratar, doenças do sistema digestivo, como por exemplo, cortar diarréia, ajudar na digestão e tratar uma intoxicação alimentar.

Acredita-se que o tratamento com o chá de Carqueja seja eficiente para eliminar pedras da vesícula biliar, funcionando também como um limpador de sangue. Outros associam o chá para reduzir a febre e aliviar inflamações. O uso mais comum é o chá ou mastigar o caule in natura. Sua ação curadora se deve a ação de substâncias conhecidas como Flavonóides, que protegem o fígado contra as toxinas e reduz as cólicas intestinais. A erva também impede o desenvolvimento de úlceras, ameniza a dor e a febre causada pelas pedras na vesícula.

Como preparar o chá de Carqueja:

  • uma colher de chá de carqueja
  • um copo de água.

Ferva a água e coloque a planta. Deixe em infusão por 10 minutos. Coe e beba. Recomenda-se beber meia xícara de 2 a 3 vezes ao dia.

Precauções:

  1. O chá de Carqueja pode potencializar o efeito de anti-hipertensivos e diabéticos.
  2. Não deve ser ingerido durante a gravidez, pois pode causar efeitos abortivos.
  3. É contra indicado para pessoas com pressão arterial baixa e com hipoglicemia, sendo utilizada no tratamento de diabetes e hipertensão.
  4. Pessoas diabéticas devem ter maior controle dos níveis de açúcar quando ingerir o chá.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Por: Arteblog - RafaelEm: junho 26, 2011 | Em Ervas medicinais  | Tags: , , ,  

2 respostas para “Chá de Carqueja – Receita e propriedades medicinais”

  1. ORIOLI disse:

    CHÁ DE ABÓBORA DANTA,ERVA MEDICINAL,NATIVA DE REGIÕES MAIS FRESCAS NA REGIÃO SUDESTE DE MINAS GERAIS,SUAS RAISES MUITO BEM USADAS NO TRATAMENTO DE CIRROSE HEPÁTICA.

  2. maria tereza rocha disse:

    parabéns pelas matérias. obrigada.