Autoestima infantil: como estimular e os benefícios

  • Benefícios de se investir no desenvolvimento da autoestima infantil
  • Como desenvolver a autoestima da criança
  • Sinais de que autoestima da criança está comprometida

Ter uma boa autoestima é essencial para o amadurecimento de qualquer pessoa, e trabalhar a autoestima infantil é algo que muitos pais e responsáveis ainda não sabem como exercitar de maneira adequada e eficiente. Por isso queremos bater esse papo com você sobre como estimular a autoestima da criança e quais os seus benefícios.

Leia mais

Tudo o que você precisa saber sobre a sua saúde e qualidade de vida aqui 

Veja dicas simples de como acabar com as crises de rinite

Uma criança com boa autoestima tem um melhor desenvolvimento da curiosidade e criatividade, autonomia, desenvoltura para lidar adequadamente com problemas e frustrações, além da capacidade de se relacionar melhor com outras pessoas.

Todo pai ou responsável sonha em conseguir criar seus protegidos com tais características. E é possível trabalhar a autoestima para que ela cresça e alcance o sucesso e bem-estar social.

Como todo processo de crescimento e aprendizado, não existe uma receita pronta para trabalhar positivamente o psicológico de uma criança.

Porém, existem algumas ideias que podem ser trabalhadas desde muito cedo e, quando aliados ao acompanhamento psicológico feito por profissionais, irão contribuir significativamente para o futuro dos pequeninos.

Desenvolvendo a autoestima infantil: respeito e elogio

Uma das formas de trabalhar a autoestima infantil e desenvolver a confiança das crianças para o enfrentamento das adversidades. É através do respeito aos esforços delas para alcançarem objetivos, assim como o elogio diante das conquistas.

Esta valorização do esforço irá contribuir para que, no futuro, ao se deparar com problemas e situações mais difíceis, ela tenha confiança em si mesma para encontrar uma solução sem a dependência emocional para isso.

Isto também poderá criar o hábito nos pequeninos de buscarem sempre o melhor resultado daquilo que está fazendo, com maior esforço na busca para alcançar aquilo que almejam.

Incentivar escolhas

Autoestima infantil

Ainda falando sobre a importância da preparação da autoestima para o enfrentamento de problemas mais complexos, uma boa dica é criar situações cotidianas onde se incentive o raciocínio para as escolhas.

Isto irá aprimorar os sentidos de autonomia da criança, por isso é importante que se apresente situações onde ela deva tomar uma decisão sozinha, ou então apresentando as condições de cada opção para que ela raciocine e opte por aquilo que achar melhor.

Demonstração de afeto

Autoestima infantil

Uma pessoa que se sente amada, que recebe e demonstra afeto tem grandes chances de se tornar um ser humano mais empático, sensível e com autoestima estável.

Por isso é essencial que os pais e responsáveis deixem claro para as crianças que elas são amadas. Assim como que convivem em um local seguro, de confiança e acolhimento, inclusive para que consigam se abrir em situações difíceis.

Isto também pode ser feito através da demonstração de interesse sobre a vida e gostos dos pequenos, perguntando como foi o dia na escola, o que gostam de assistir na TV ou as brincadeiras que mais gostam, para que ela se sinta importante para aqueles que ama.

Autoestima infantil: lidando com frustrações

Assim como é essencial se comemorar as conquistas, outro ponto importante para o desenvolvimento da autoestima infantil é a capacidade de se saber lidar bem com as frustrações.

Especialistas apontam que adultos mais resilientes e otimistas em situações de dificuldade ou problemas, são pessoas que desde pequenos receberam uma boa base na hora de uma frustração.

É preciso deixar que a criança expresse suas tristezas e descontentamentos. Assim como apontar para ela que estar infeliz ou insatisfeito com algo faz parte da vida. Todavia é algo que podemos trabalhar para mudar e buscar uma saída.

Conhecendo limites

Autoestima infantil

Por fim, algo de extrema importância e que também faz parte de uma autoestima positiva, é uma pessoa que sabe quais são os limites para a convivência saudável em comunidade.

Por isso, os pais devem saber dosar o modo como tratam os filhos. Para que eles não achem que o mundo deve girar em torno deles. A imposição de limites, o que pode ou não ser feito ajuda no desenvolvimento do senso de respeito e empatia com o próximo.

Autoestima infantil: sinais de que autoestima da criança está comprometida

Autoestima infantil

Ao mesmo tempo que acaba sendo importante investir no fortalecimento da autoestima infantil, saber identificar quando ela está baixa é fundamental.

As manifestações de autoestima baixa variam de acordo com a idade da criança. Crianças com até um ano e meio são as mais difíceis para que se identifique problemas relacionados com a baixa autoestima.

Isso ocorre porque as crianças nessa idade ainda estão tomando consciência de seu corpo e utilizam o choro para se expressarem em diferentes circunstâncias. O choro é utilizado pelas crianças nessa fase para expressar seus sentimentos puramente, sejam eles quais forem.

Com o passar dos anos, é possível identificar problemas de autoestima em atitudes simples da criança como, por exemplo, o choro em situações frustrantes. Esse é um sinal que merece atenção dos pais.

Além do choro é fundamental que os pais observem como a criança se relaciona com as outras. Crianças com baixa autoestima apresentam dificuldades para se relacionarem com as outras.

Por exemplo, enquanto crianças com boa autoestima se relacionam bem e brincam facilmente com outras crianças, crianças com baixa autoestima evitam esse tipo de envolvimento.

Quando a criança efetivamente começa a falar, pode verbalizar seus problemas de autoestima de maneiras diferentes para o adulto. Dentre as falas mais corriqueiras, a criança duvida de sua própria capacidade de fazer uma determinada atividade que lhe é proposta.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Autoestima infantil: como estimular e os benefícios

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: