Artrite e artrose: diferenças e tratamentos indicados

  • Conhecendo a artrite e artrose
  • Características que distinguem cada um dos quadros
  • Tratamentos indicados

Apesar de tanto a artrite quando a artrose acometerem um elevado número de pessoas, muita gente ainda acaba confundido no que consiste cada um dos quadros clínicos. De fato a similaridade de sintomas da artrite e artrose favorece essa confusão.

Leia mais

Mindful eating: o que é, quais os benefícios e como praticar?

Chip da beleza: o que é, como funciona, vale a pena?

Aqui queremos explicar um pouco sobre cada uma delas para que você possa reconhecer, identificar e diferenciar cada quadro. Vale destacar que essa diferenciação acaba sendo importante sobretudo porque auxilia no direcionamento do tratamento adequado.

Quando comentamos que a sintomatologia de ambos acaba sendo bem parecida e favoreceria a dúvida isso é verdade. Aliás, a similaridade de sintomas entre a artrite e artrose faz com que muitas pessoas entendam ambas as manifestações como uma coisa só, mas, na verdade, se configuram como quadros clínicos totalmente diferentes. Vamos entender isso melhor?

A artrite e artrose: conhecendo a artrite

A artrite é uma manifestação de caráter inflamatório. Consiste em uma inflamação nas articulações e como tal resulta para o seu portador em dor e rigidez nos movimentos além de redução da amplitude de movimentação.

A artrite pode ter várias causas, uma delas é de origem infeciosa, mas também pode se manifestar por resposta de doenças subjacentes existentes. Além disso, igualmente pode ser resultado de um desgaste das articulações.

De modo geral é classificada como uma doença imune. Nesse caso o sistema imunológico do indivíduo passa a atacar o próprio corpo e especialmente no caso da artrite o ataque é direcionado ao tecido presente nas articulações.

Dentre os sintomas presentes no quadro para além da dor estão inchaço, saliência óssea para a sua manifestação nos dedos da mão mais comumente e deformidades de caráter físico.

Se não tratada de maneira adequada a artrite pode se agravar com a idade e comprometer seriamente a realização de atividades simples do dia a dia.

E a artrose? No que consiste o quadro?

artrite e artrose

Curiosamente a artrose tem por definição ser o tipo mais comum de artrite. Isso acaba facilitando ainda mais com que haja confusão entre as pessoas.

A artrose é resultado do processo degenerativo da cartilagem presente nas articulações. A cartilagem por sua vez está nas extremidades dos nossos ossos e evita o forte atrito entre eles. Na prática, é como se a cartilagem fosse um tipo de colchão entre os ossos e evita a dor e o impacto nos movimentos que realizamos.

Muitos são os fatores que podem ocasionar o desgaste da cartilagem desde o excesso de peso a esforço elevado e repetitivo das articulações. O fato é que quando há o desgaste da cartilagem o quadro de artrose se instaura e com ela todos os seus desagradáveis sintomas. Dentre os sintomas mais presentes está a dor sobretudo no locar do desgaste em especial.

Tratamentos indicados para artrite e artrose

artrite e artrose

Tudo depende exclusivamente do quadro especifico para que o tratamento possa ser mais assertivo e igualmente especialmente direcionado. No caso do desgaste da cartilagem que dá origem a artrose, há como opção de tratamento uma opção inovadora, advinda da medicina regenerativa que consiste em um processo de estimulação da regeneração natural da cartilagem.

Nesse tratamento estimula-se a cartilagem ainda presente a regenerar-se, voltando a sua forma e tamanho original. Apesar de promissor, as técnicas propostas pela medicina regenerativa ainda causam muitas dúvidas e incertezas principalmente na área da ortopedia.

Isso acontece porque os estudos que denotam que a medicina regenerativa pode ser uma alternativa de tratamento nesse campo são recentes.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

Artrite e artrose: diferenças e tratamentos indicados

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: