Higienização de alimentos: principais erros

  • Você se preocupa com a higienização de alimentos?
  • Como fazê-la corretamente?
  • Higienização de embalagens

Apesar de uma significativa melhora no quadro da pandemia em todo o país, infelizmente ainda não podemos dizer que eliminamos o vírus. Sobre isso, erros na higienização de alimentos chamam bastante a atenção.

Como é sabido apesar da melhora no quadro em que estamos vivendo, não podemos dizer nem mesmo que a pandemia está controlada no Brasil. Por conta disso, precisamos manter os mesmos cuidados adotados no início.

Leia mais

Telemedicina: O que é, como funciona e quais os benefícios?

Bolo com manteiga ou óleo: saiba a diferença e qual escolher

Nesse sentido, o erro na higienização de alimentos acaba chamando bastante atenção. Isso porque podem acabar se tornando uma porta de entrada para o vírus em casa.

Contaminação por meio de alimentos e embalagens

higienização de alimentos

Não podemos ser categóricos quanto a afirmar que há a possibilidade de contaminação dessa forma. Não há estudos que afirmem tal fato. Todavia, sabemos que o vírus tem significativa resistência no plástico e não podemos ignorar que há sim chances dessa contaminação ocorrer.

Preocupados com a forma como a população realizava a higienização dos alimentos e produtos, pesquisadores encabeçaram um questionário e se surpreenderam com os resultados.

Positivamente, aliás. A população, apesar de não ter comprovação quanto a esse meio de contágio se preocupa sim quanto a higienização dos alimentos e produtos que adquire. Entretanto, comete erros cruciais nesse momento. Estes erros podem, caso a contaminação por esse meio seja efetivamente comprovada, acabar expondo-as ao vírus.

Erros mais comuns na higienização de alimentos

higienização de alimentos

Aqui são alguns dos erros mais comuns sobretudo para alimentos que consumimos crus. Novamente apesar de não haver comprovação quanto a contaminação de coronavírus somente estes erros podem te expor a uma série de outras doenças.

Com base no questionário realizado pelos pesquisadores, que levou em conta o comportamento de cerca de três mil pessoas, cerca de trinta por cento recorre apenas a água. Ela não é efetiva. Nem mesmo contra outras doenças, nem tão pouco contra o vírus causador da Covid-19.

Ainda com base nos dados do questionário quase quarenta por cento dos entrevistados recorrem ao detergente para higienizar os alimentos. Embora seja de fato eficaz contra o vírus, ele pode acabar deixando resíduos e acabar sendo ingerido.

Apenas uma parcela muito pequena usa água com hipoclorito de sódio. Ele sim efetivamente inativa o vírus causador da Covid-19.

Então como fazer a higienização de alimentos adequadamente?

Na dúvida, se você quer saber como higienizar os alimentos adequadamente, continue com a gente.
A higienização de alimentos deve começar com a remoção, se for o caso, de partes estragas e/ou machucadas.

Após essa etapa vamos levar todos os alimentos, frutas e verduras para a água. Eles devem ser lavados em água corrente de maneira abundante. No caso das verduras folhosas elas devem ser lavadas folha a folha.

Agora vamos deixar tudo de molho. Dilua uma colher de sopa de água sanitária em um litro de água. Deixe todos os legumes, e frutas em imersão por cerca de dez minutos. Passado esse tempo enxágue bem e deixe-os secar antes de guardar. Dessa maneira você estará protegendo a sua família tanto do vírus causador da Covid-19 quanto de outras doenças.

E quanto a higienização das embalagens? Se você tem dúvidas quanto a higienização das embalagens é igualmente simples. Para potes e similares você pode optar por fazer a lavagem com água e sabão, esfregando-os bem.

Para produtos com embalagens mais maleáveis como é o caso do salgadinho, do trigo ou ainda do arroz, por exemplo, um pano umedecido com álcool 70 dá conta do recado. Uma opção também é a água com água sanitária. Ou com hipoclorito de sódio que vimos anteriormente.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: