Quarentena: hábitos para manter após isolamento

  • Final da quarentena e retomada gradual das atividades
  • Medidas para serem adotadas pós quarentena
  • Desinfecção das mãos e lavagem adequada evitam propagação do vírus

Vivemos um tempo durante isolamento social denominado de quarentena. Em algumas localidades ainda não foi reestabelecido o funcionamento do comércio e das atividades não essenciais de modo geral. Tudo começa paulatinamente a voltar ao normal.

Leia mais

Chá de orégano: conheça os benefícios da bebida

Esfoliação capilar: o que é, como fazer e contraindicações

Há quem julgue que ainda é cedo para uma retomada econômica, como vem sendo chamada essa nova fase. Há quem acredite que não há porque postergar mais um recomeço. Independe de opiniões divergentes, determinamos que há alguns cuidados que deverão ser seguidos mesmo após a quarentena mais rígida e uma eventual flexibilização. Ao menos enquanto não houver meios efetivos para a prevenção e o tratamento do coronavírus por parte da ciência e da medicina.

Pós quarentena: uso de máscara deve ser mantido

A Covid-19 como bem sabemos é uma doença respiratória. Como tal se transmite por meio das gotículas liberadas durante a tosse ou o espirro.

Para evitar que essas gotículas de pessoas contaminadas cheguem a pessoas sadias é indispensável o uso de máscaras. Além de evitar que as gotículas de sintomáticos se disseminem, evita igualmente a inalação por pessoas saudáveis. Desta forma, é fundamental o uso de máscara tanto por sintomáticos quanto por assintomáticos. No caso dos assintomáticos ainda vale a ressalva que alguns podem estar com o vírus mesmo não apresentando sintomas e transmiti-lo.

Então mesmo que uma eventual retomada seja feita o uso de máscara deve ser obrigatório principalmente em locais fechados como supermercados.

Distanciamento social pós quarentena

quarentena

Se o local onde você vive já iniciou uma eventual flexibilização da quarentena é fundamental que haja o distanciamento social.

O distanciamento social é importantíssimo para evitar que as gotículas contaminadas se espalhem entre as pessoas. Ou que o vírus que eventualmente esteja nas vestes acabe sendo passado em um contato próximo, como abraço ou ainda aperto de mão. Assim sendo, mesmo em ambientes abertos, mas primordialmente em ambientes fechados evite o contato próximo com outras pessoas. O indicado é o distanciamento de pelo menos dois metros.

Este distanciamento deve ser seguido principalmente quando há pessoas sem proteção (sem o uso de máscara).

Lavagem constante das mãos

quarentena

Sem dúvida essa é uma medida de prevenção ao coronavírus que veio para ficar.

A lavagem das mãos é uma das maneiras mais eficazes de combater o vírus e barrar a sua disseminação. Mas não pense que é uma medida de segurança efetiva apenas contra o coronavírus, pelo contrário. A lavagem das mãos frequentemente evita o contágio de diversas doenças. Isso porque grande parte da trilha de contaminação acontece quando tocamos em objetos infectados e levamos a mão sem higienizar até os olhos, nariz, boca ou outra mucosa que permite a entrada de micro-organismos, como bactérias, fungos ou vírus.

Justamente por isso a lavagem das mãos de maneira frequente e adequada deve ser um procedimento seguido mesmo após a quarentena ainda mais após frequentar locais públicos com grande circulação de pessoas. Como exemplo temos os supermercados e farmácias.

Se não puder imediatamente após lavar as mãos o indicado é desinfecta-las com álcool gel ou outra substância similar com ação desinfetante.

Evitar locais fechados mesmo após quarentena

quarentena

Apesar de uma flexibilização ainda que gradual tenha sido adotada onde você reside, o indicado é evitar locais fechados. Segundo uma pesquisa realizada no Japão, frequentando um local fechado as chances de contrair COVID-19 sobe dezenove vezes. Por isso, evite locais fechados, ainda mais se forem locais de aglomeração.

Caso preciso ir em algum local fechado use de todos os mecanismos de prevenção. Ou seja, use a máscara, mantenha o distanciamento social e permaneça no local o menor tempo possível. Outra medida é evitar o contato com os olhos, nariz ou qualquer outra mucosa enquanto estiver fora.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: