Dermatite de contato: saiba o que é, como tratar e causas

  • O que é a dermatite de contato
  • Sintomas e tipos
  • Tratamento e chances de cura

A dermatite de contato é um problema de pele muito comum que acaba sendo negligenciado. Negligenciamos o problema porque ela parece ser uma simples alergia que com o passar dos dias acabará saindo sozinha. De fato isso acaba acontecendo quando não há o contato com o agente causador da dermatite, mas calma. Vamos explicar tudo isso detalhadamente para você.

Leia mais

Mito ou verdade? Precisamos beber 2l de água diariamente?

Perder barriga: dicas simples para secar sem sacrifício

Dermatite de contato: o que é?

dermatite de contato

A dermatite de contato é uma reação da pele, ou seja, uma reação dermatológica. Se manifesta por meio do inchaço, da coceira e da vermelhidão da pele após o contato com o material ou substância irritante. Em outras palavras nada mais é do que é uma reação alérgica da nossa pele quando em contato com um agente irritante.

O tratamento por sua vez deve ser feito pelo dermatologista e leva em consideração os sintomas e a sua gravidade. Apesar de acabar gerando em alguns casos um aspecto desagradável, a dermatite de contato não é contagiosa e se trata apenas de uma reação do corpo da própria pessoa.

O tratamento costumeiramente envolve a administração de pomadas ou cremes com a presença de corticoides que tendem a aliviar os sintomas e combater a inflamação da pele.

Os sintomas da dermatite de contato

Dentre os principais sintomas da dermatite de contato temos a vermelhidão no local, o inchaço, a coceira, a manifestação de pequenas feridas, o ressecamento da área atingida, além do aparecimento de pequenas bolhas secas.

A dermatite de contato pode ser de duas formas. A dermatite de contato alérgica, ou de irritação. No caso da alérgica ela se manifesta logo nos primeiros anos de vida. Neste caso os sintomas podem aparecer até seis dias após o contato com o material alérgico. Mas também pode acabar aparecendo quase que instantaneamente. Já a dermatite de contato irritativa tende a se manifestar quase sempre rapidamente após o contato com o agente causador da irritação. Normalmente a sua aparência lembra uma queimadura e costuma ser ocasionada pelo contato com agentes corrosivos ou ácidos.

Vale ressaltar que no caso da dermatite alérgica, o médico responsável pode acabar realizando um teste para identificar a substância ou produto causador da patologia. Identificar o que desencadeia a alergia é fundamental para a cura do paciente.

Tratamentos indicados para casos de dermatite de contato

dermatite de contato

O tratamento deve ser orientado por um profissional de sua confiança, isso garantirá o seu sucesso e as chances de cura. Evitar o contato com a substância, produto ou objeto que desencadeou a irritação, ou alergia também faz parte do tratamento. Assim como lavar a área regularmente com água fria.

A depender dos sintomas que você está enfrentando, o tratamento pode ser feito com a administração de pomadas anti-histamínicas ou pomadas com corticoides. No caso do uso da pomada ela costuma ser indicada enquanto os sintomas não forem controlados. Alguns profissionais podem indicar ainda o uso de medicamentos para mais rapidamente os sintomas desaparecerem.

Seguindo o uso apenas da pomada e da lavagem do local acometido, os sintomas tendem a desaparecer em até três semanas após a primeira manifestação. Isso no caso da dermatite de contato alérgica. No caso da dermatite irritativa os sintomas podem desaparecer em até quatro dias.

Tratamento caseiro

Um tratamento caseiro para atenuar os sintomas até que um profissional seja consultado é a lavagem da área com chá de tanchagem. O chá desta erva auxilia no alívio dos sintomas por suas propriedades anti-histamínicas. O recomendado é que o chá seja feito na proporção de um litro de água para cada trinta gramas de erva.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

Dermatite de contato: saiba o que é, como tratar e causas

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: