Clareamento dental: tudo o que você precisa saber

  • Conhecendo o procedimento
  • Clareamento caseiro e clareamento de consultório: diferenças
  • Cuidados após clarear os dentes

Quem não tem o sonho de ter os dentes brancos como de um verdadeiro comercial? Se tem algo com o qual a nossa população de preocupa é com a sua aparência e os dados não nos deixam mentir. O brasileiro é de fato um povo extremamente vaidoso e que está preocupado com a sua aparência.

Leia mais

Entenda porquê você deve parar de beber café hoje mesmo

Veja como se livrar da foliculite da depilação

Os dados denotam o cenário

De acordo com os dados de cirurgias plásticas que não deixam de expressar a preocupação do brasileiro com o seu corpo e a sua aparência, o Brasil é o segundo país que mais realiza procedimentos estéticos em todo o mundo. Perdendo apenas para os Estados Unidos, o número de cirurgias plásticas realizadas em nosso país fica acima da marca de um milhão segundo dados da Sociedade Internacional de Cirurgia Plástica e Estética. Se criarmos um paralelo em relação aos dados divulgados pela Associação Brasileira de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos comprovamos mais uma vez que temos um povo totalmente preocupado com a sua imagem. Estamos entre os quatro maiores consumidores de produtos cosméticos em todo o mundo.

E com toda essa preocupação com a aparência, a nossa porta de entrada não poderia ficar de fora. A boca e os dentes são dignos de atenção e o que a classe de dentistas percebeu gradativamente foi um aumento na procura pelo clareamento dental.

O clareamento dental, ou pelo menos o que a sua realização promete é o sonho de qualquer um. Dentes mais brancos que dão um up em qualquer sorriso. Mas o que pouca gente sabe é que o clareamento não deve ser visto apenas como procedimento estético e que o mesmo deve ser feito com a devida supervisão de um cirurgião dentista de sua confiança. Somente ele poderá determinar diretrizes que denotaram o sucesso do processo como, por exemplo, a quantidade do produto a ser utilizado, a frequência e também a maneira como deve ser aplicado.

Mas mais do que isso o clareamento dental na totalidade causa muitas dúvidas e pensando nisso este post visa esclarecer as principais questões de quem está pensando em fazer o procedimento.

O que você precisa saber antes de realizar o clareamento?

clareamento

Os dentes naturalmente escurecem com o passar dos anos e isso é algo totalmente natural resultado do desgaste do esmalte. O esmalte ao ser desgastado expõe a dentina. A dentina com o tempo vai deixando os dentes mais escuros. Este escurecimento pode ser resultado do consumo de alguns alimentos com a presença de muitos corantes sejam eles artificiais ou não.

Quando o paciente decide fazer o processo de clarear os dentes pode optar pelo clareamento feito no consultório e o clareamento caseiro. Mas ambos devem ser assistidos pelo profissional dentista.

Clareamento caseiro x clareamento de consultório

clareamento

O clareamento de consultório consiste na manipulação de peróxido de hidrogênio que pode ou não ser ativado por luz, aplicado sobre os dentistas do paciente. As gengivas são isoladas para evitar irritação por parte do produto aplicado. Os resultados tendem a aparecer entre duas semanas do início do procedimento que deve ser feito por cerca de uma hora.

Quanto ao procedimento feito em casa, com peróxido de carbamida, os resultados começam a aparecer dentre três a quatro semanas. O indicado, entretanto, é que o paciente visite semanalmente o seu dentista para que o mesmo avalie a evolução do tratamento. A demora, por assim dizer, para que os resultados apareçam no tratamento caseiro é que o produto utilizado em casa é três vezes mais fraco do que em consultório.

Contraindicação e cuidados após o clareamento

clareamento

Apesar de não apresentar riscos graves, o procedimento de clarear os dentes pode ser contraindicado para algumas pessoas. São elas os menores de quinze anos, mulheres grávidas, pessoas com cáries, com restaurações com falhas ou anormalidades e indivíduos alérgicos aos componentes utilizados.

Após a realização do procedimento é recomendado que haja um cuidado maior no consumo de alimentos coloridos como café, beterraba, cenoura e correlatos.

Quanto a periodicidade tudo vai depender da exigência de quem o realiza. Uma vez que com o passar dos anos os dentes voltam a escurecer gradativamente podendo propiciar um novo procedimento.

 

 

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Clareamento dental: tudo o que você precisa saber

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *