Bruxismo: Saiba o que é e como tratar o problema

  • Você disse bruxismo?
  • Sintomas iniciais
  • Fatores de risco

Você já ouviu falar do bruxismo? Essa patologia clínica acomete tanto adultos quanto crianças e pode durar a vida toda. Mas afinal o que é o bruxismo e o que pode ser feito nesse caso?

Leia mais

Dicas caseiras de como acabar com o chulé

Colágeno Arimo é bom?

O bruxismo na prática

O bruxismo nada mais é do que o hábito de pressionar ou ranger os dentes enquanto dorme. Como adiantamos, pode acometer tantos adultos quanto crianças e pode durar a vida toda. Isso porque muitas das causas que o desencadeiam são problemas de ordem emocional.

Dentre as possíveis causas de ordem emocional e psicológica que podem ser fator de risco para o desencadeamento desta situação está principalmente e diretamente relacionado com o estresse. Todavia esse não é o único fator de risco, a ansiedade, a tensão, a raiva reprimida dentre outros podem desencadear o hábito de pressionar e ranger os dentes.

Sintomas iniciais

Por ser um problema que se manifesta enquanto estamos dormindo e nem sempre causa barulho para que o parceiro possa identificar, ficar de olho nos sintomas diurnos que podem surgir é fundamental.

Os principais sintomas que costumam se manifestar em um quadro de bruxismo são zumbidos. Dentre outros sintomas estão dor na região do ouvido, de cabeça, dificuldade para abrir a boca, bocejar e mastigar.

O bruxismo também pode ser identificado como movimento parafuncional que pode trazer inúmeros problemas.

O que o bruxismo pode acarretar?

bruxismo

Ranger ou pressionar os dentes enquanto dorme pode não parecer um sério problema. Entretanto, esse comportamento pode levar ao desgaste dental, amolecimento dos dentes e em casos graves a quebra. Sim o bruxismo pode levar a quebra do dente seja um dente com cárie ou um dente que já tenha passado por um processo de restauração.

Os tratamento que você pode encontrar

Os tratamentos mais comuns para o bruxismo são o uso de placas de acrílico e silicone que minimizam o impacto entre os dentes. Essa aplicação da placa pode evitar consequentemente os danos que o ranger pode causar.

Outros tratamentos que podem ser propostos são métodos de redução do estresse como a adoção de hábitos mais saudáveis.

Como comentamos inicialmente o estresse é um dos maiores causadores do distúrbio.

Outro problema que podem aparecer junto ao quadro de bruxismo é a depressão. Desta forma, é crucial buscar ajuda médica para determinar se há ou não a necessidade de intervenção com psicotrópicos para atenuar esse hábito noturno.

Caso na consulta o especialista detecte que o problema é mais sério do que inicialmente pareceu ou ainda que as placas não tem ajudado, outras técnicas podem ser adotadas no tratamento. Dentre eles podemos citar o uso medicamentoso para ajudar no relaxamento. São indicados também a prática de determinados exercícios para trazer mais relaxamento aos músculos do maxilar.

Fatores de risco

Outros fatores de risco que podem dificultar a sua noite de sonho e favorecer um quadro de bruxismo são hábitos de sono ruins. Por exemplo, dormir com a tevê ligada, ficar muito exposto ao computador horas antes de dormir. Evitar excesso de cafeína e também de chocolate podem ajudar. Mastigar de maneira mais suave durante as refeições é outra forma de atenuar o problema.

Embora o movimento parafuncional acometa tanto homens quanto mulheres de todas as faixas etárias, mulheres são as que mais apresentam o quadro. Normalmente a faixa etária de risco é de quinze a trinta e cinco anos.

De acordo com dados gerais, cerca de 8% da população em todo o mundo apresenta o hábito de ranger ou pressionar os dentes.

Segundo uma pesquisa realizada em Minas Gerais, crianças com responsabilidades excessivas podem estar mais propensas.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.6
Total de Votos: 7

Bruxismo: Saiba o que é e como tratar o problema

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Bruxismo: Saiba o que é e como tratar o problema”

  1. […] Bruxismo, entenda o que é e como tratar o problema […]