O Colágeno Tipo II da Arimo é bom?

Tenho sofrido com dor no joelho há tanto tempo que não sabia nem mesmo mais qual remédio tomar.

Há alguns anos, depois de sofrer uma queda e machucar meu joelho, nunca mais fui a mesma.

As atividades que eu adorava fazer – como caminhadas, corridas e até mesmo a dança – começaram a ficar longe da minha rotina por causa da dor intensa.

Com o tempo e com a dor ficando cada vez mais robusta e a rotina ficando cada vez mais sonegada, busquei a ajuda de um médico.

Com os exames de imagem já feitos, notamos que o que tinha mesmo acontecido é que a lesão se transformou em artrose, o que justificava o inchaço, a dor intensa, a vermelhidão e a sensação de travamento que eu sempre sentia.

Como eu, sempre que possível, opto por remédios naturais, meu médico disse que uma possibilidade de tratamento era o Colágeno Tipo II, desde que fosse não-desnaturado.

De posse dessa informação, comecei a buscar em farmácias, mas o conhecimento a respeito do processo de fabricação geralmente era muito irrelevante para o atendente e, com isso, uma nova preocupação começou a surgir: como descobrir qual marca tem o Colágeno correto para mim, exatamente como esse que meu médico indicou?

Lendo, descobri que o processo de fabricação que ele havia indicado na consulta era o único que preservava a molécula de colágeno como ela é realmente, sem quebras, perdas ou degradações.

Sendo assim, esse é o único tipo que conserva as funções que eu estava buscando e que foram indicadas pelo meu médico de confiança.

Quando utilizamos o Colágeno Tipo II não-desnaturado nosso corpo reconhece a molécula do colágeno e – tal como funciona com as vacinas – para de atacar nossa cartilagem, interrompendo o processo de evolução da artrose ou mesmo o seu desenvolvimento.

Foi de posse dessas informações que eu descobri uma empresa que trabalha somente com o Colágeno não-desnaturado e que é, justamente, aquele que eu precisava, dada a recomendação do meu médico.

Entrei em contato com a Arimo e rapidamente tiraram todas as minhas dúvidas a respeito do produto e de dosagem. Eles me falaram que tem dois tipos de Colágeno, um com 17 mg e um com 40 mg.

Como meu médico não determinou a dosagem, decidi testar com o de 17 mg e, surpreendentemente, já foi o suficiente para começar a diminuir meu quadro de dor, mas fiquei feliz por saber que eu poderia contar um com plano B e apostar em uma opção mais potente, que seria a de 40 mg.

Assim, decidi comprar. A entrega foi muito rápida, mesmo pelos Correios. O produto é mesmo muito bem embalado e chegou de forma impecável em minha casa.

A recomendação de uso, como consta na embalagem, era de apenas 5g por dia, dissolvido em água, suco ou leite. A parte legal é que o próprio pote já vem com um medidor, apropriado para as 5g de utilização diárias.

Como eu sou intolerante à lactose, comecei a tomar diretamente na água, antes de dormir.

Ao fim da primeira semana, o resultado foi mesmo surpreendente: a dor começou a diminuir. Eu já me sentia mais segura e mais confiante para subir escadas e até mesmo arrisquei uma ida à feirinha de artesanato no domingo pela manhã, parte do dia em que meu joelho mais doía.

É claro que nessa primeira semana bastava que eu pegasse um pouco mais pesado nas minhas atividades para que eu sentisse mais dor do que o habitual, já que o processo estava apenas começando.

Hoje, passado um mês, tenho a certeza mais do que absoluta de que logo poderei retomar minhas atividades físicas mais intensas sem medo de me machucar novamente.

Digo isso porque já não sinto nenhuma dor em meus joelhos e hoje até mesmo consigo fazer caminhadas mais longas, exercícios de alongamento mais leves sem que meus joelhos não inchem e nem fiquei avermelhados como antes.

Não sabemos ainda ao certo se identificamos com o Colágeno a cura definitiva para a artrose, mas tenho certeza de que estamos perseguindo um caminho de uma vida muito mais saudável.

A utilização diária do Colágeno não-desnaturado fez com que eu repensasse também minha relação com a dor, já que antes sempre tomava analgésicos que faziam muito mal para meu intestino e para meu estômago.

Além disso, foi também muito fácil pedir novos potes para a Arimo, porque bastou um contato no WhatsApp para que duplicassem meu pedido e expedissem um novo boleto para pagamento.

Nesse canal de contato – eles também tem um excelente atendimento por e-mail – a atenção e o cuidado dos atendentes também é impressionante, porque dominam perfeitamente todas as características do produto, o que explicam de forma sempre muito clara, prestativa e atenciosa.

Assim, se você busca um bom tratamento preventivo para lesões articulares, converse com seu médico sobre a possibilidade de tomar também o Colágeno Tipo II não-desnaturado.

É claro que o tempo de melhora depende de corpo para corpo e do grau de cada lesão, mas investindo em um produto de qualidade certamente você terá excelentes resultados!

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

O Colágeno Tipo II da Arimo é bom?

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Por: Arteblog - MadyEm: junho 17, 2019 | Em Saúde  |

Uma resposta para “O Colágeno Tipo II da Arimo é bom?”