Conheça o biohacking e hackeie o seu próprio corpo

  • O que é biohacking?
  • Vertentes do hacking humano
  • Hackeie o seu corpo e aumente a sua produtividade

Sabemos que o uso da tecnologia está cada vez mais presente em nossa vida, mas você já ouviu falar de biohacking?

Provavelmente não, o termo é recente e tem ganhado popularidade principalmente por conta das mídias sociais.

Leia mais

Medicamento genérico, similar e de referência, quais as diferenças?

Descubra aqui se seu gato gosta de você

O conceito em si engloba dois conceitos distintos. Bio vem de biologia, neste caso a biologia humana, e hacking vem de comportamento e ética hacker. Na prática o conceito vista transformar o homem como maneira de lançar uma versão melhorada de si mesmo.

O conceito surgiu em 1998. Todavia somente recentemente ganhou popularizadas e vem sendo debatido.

Por meio dos uso de inúmeras frentes, algumas tecnológicas outras nem tanto, buscasse hackear o próprio organismo. Aqui preferimos utilizar o conceito de otimizar o funcionamento do nosso corpo. Isso porque pelo conceito, o biohacking é aquele cujo o qual faz uso das inúmeras frentes possíveis para tentar buscar o seu melhor.

Quando dissemos que essas frentes nem sempre são tecnológicas queremos dizer que os chamados biohackers não se utilizam apenas de aparatos tecnológicos para alcançar um corpo mais otimizado. Às vezes as intervenções são até mesmo alimentares.

Veja, resumidamente o conceito de hackear o próprio corpo consiste em buscar formas de otimizar a biologia humana. De modo que você seja capaz de fazer o que inicialmente não poderia fazer.

Vertentes do biohacking

Embora seja algo extremamente novo o conceito já se divide em duas vertentes. Uma delas denominada de intervencionista.

Como o nome sugere tem direta relação com o conceito de interver diretamente sobre o corpo. É uma forma de otimizar o corpo e o organismo por meio do implantes de aparatos tecnológicos. Isso parece muito futurista para você?

Podemos citar como um bom exemplo o uso de um chip implantado no braço de uma mulher com o intuito de liberar anticoncepcional.

Embora o conceito possa parecer futurista, podemos perceber que ele está mais próximo de nós do que de fato distante.

Outra vertente do hacking humano diz respeito às práticas de otimização sem direta intervenção sobre o seu objeto, o homem. Por exemplo, formas de otimizar o funcionamento do seu corpo através de técnicas naturais. Dentre elas a alimentação e hábitos de vida diferentes.

Com a vertente não intervencionista o homem poderia alcançar uma versão melhorada de si mesmo. Investindo em seu próprio aperfeiçoamento e maturação ou amadurecimento.

Hacking que você pode fazer em casa

Muito do que se conhece hoje em biohacking, e muito do que se pode fazer em biohacking é DIY, ou faça você mesmo, o que não deixa de integrar o conceito do hacking. Contudo, muito do que se sabe também é oriundo de estudos em laboratórios especializados em técnicas biohacking em torno do mundo.

Apesar de toda possível complexidade que possam estar envolvidas separamos algumas técnicas de hacking que você pode fazer em casa mesmo que ajudarão a otimizar quem você é sem pagar absolutamente nada.

Tenha mais disciplina

Acredita que poderia ter mais disciplina para realizar os objetivos que você tem? Uma maneira natural de lapidar a sua disciplina sem dúvida é por meio do banho gelado.

Isso pode parecer bobagem, mas quando você se compromete a fazer algo sobre o qual você não é obrigado a fazer você consegue trabalhar a sua disciplina.

O melhor de se utilizar do banho para melhorar a disciplina é que você não pode nem mesmo usar a desculpa da falta de tempo uma vez que você já iria tomar banho.

Melhore a sua concentração e aumente a produtividade

Essa bebida é lembrada por ser capaz de acelerar o metabolismo, auxiliar nos processos cognitivos tão como aumentar a nossa profundidade. O coffe bulletproff, ou café a prova de balas em tradução literal, é uma bebida que pode até mesmo parecer exótica, mas que seus apreciadores garantem ter um sabor particularmente excepcional.

É uma mistura de café com manteiga e óleo de coco. Atua principalmente minimizando a vontade de comer doces tão como promove a saciedade.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Conheça o biohacking e hackeie o seu próprio corpo

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Conheça o biohacking e hackeie o seu próprio corpo”

  1. […] Aprenda técnicas para hackear o seu próprio corpo […]