Gatinho de estimação: saiba quando dar banho no seu bichano

  • Posso dar banho no meu gatinho?
  • Com que frequência e em que circunstâncias?
  • Dicas para o banho do seu animal de estimação

Ter um bichinho de estimação é sinônimo de cuidado e também de doação. Quando adotamos um animal seja um gatinho, ou um cachorro, uma lebre ou um papagaio, não importa precisamos estar cientes dos cuidados que esse animal demandará de nós.

Leia mais

Conheça a história do brigadeiro e receitas criativas para inovar

O poder de cura da massagem

Alimentação, espaço para recreação, passeios e banhos são apenas algumas das nossas obrigações como tutores de um animal de estimação. Se você acabou de adotar um gatinho pode estar se perguntando sobre o banho, afinal este é um dilema. É preciso ou não dar banho em gatos? Hoje vamos responder essa questão é sanar de uma vez com as dúvidas.

Banho em gatos: dispensável ou não?

Os gatos passam praticamente 40% do seu dia se limpando. São animais extremamente higiênicos e independentes até para isso. A língua deste animal apresenta pequenos filamentos que são capazes de manter a pele e os pelos do animal totalmente limpos. Com a língua os gatos têm um tipo de escova que mantém a sua higienização em dia, além de manter os animais com o seu odor natural.

Desta forma você deve estar se perguntando se é preciso ou não dar banho nos gatinhos. Vamos lá!

Embora os gatos possuam a língua capaz de manter uma boa higienização os gatos não são capazes de se livrar de determinadas substâncias. Quando sujos por exemplo em um passeio, talvez um banho se faça necessário.

Desta forma o banho para gatinhos não deve ser feito com frequência uma vez que estes animais conseguem se limpar sozinhos, mas em casos específicos é necessário que façamos a higienização de nossos bichanos.

Cuidados ao banhar em nossos gatinhos

Quando decidir que é hora de dar banho em seu gato é preciso alguns cuidados. Um deles é em relação a temperatura da água. Quando muito fria a água pode deixar o animal propenso a algumas doenças. Quando muito quente pode causar problemas dermatológicos no seu gatinho.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é o estresse que você pode acabar submetendo o seu animal.

O forte estresse que o animal pode acabar se submetendo pode levar a problemas cardíacos. Para evitar que isso aconteça será necessário que você acostume o seu animal deste filhote para evitar ainda mais incomodo e desconforto.

Quando decidir dar banho em seu animalzinho coloque-o calmamente na água para evitar sustos e ainda mais estresse.

Frequência do banho para o seu gatinho

Como dissemos no começo o banho, não deve ser periódico nos gatos. Mas a frequência com que você deve banhar o seu animal pode variar e muito e deve ser sempre decidida com ajuda do seu veterinário. Isso porque deve-se levar em contra dentre outras coisas a pelagem dos animais.

Melhor forma para dar banho no seu bichinho

gatinho

A melhor forma de dar banho no seu gatinho é com uma pequena bacia ou na pia. Tome cuidado apenas para não encher demais o local, isso pode causar estranhamento e desconforto por parte do animal. Deixe a água em nível baixo e em temperatura morna. O indicado é que você utilize luvas para o procedimento.

As luvas são recomendadas porque garantem que você conseguirá com mais firmeza segurar o animal e evitará possíveis lesões. Nunca force o seu animal a entrar na água isso apenas causará estresse, desconforto e irritação.

Introduzir o animal na água deve ser feito de modo gradativo e você deve estar atenta para evitar que tanto o nariz, quanto os olhos e as orelhas entre em contato com a água.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 5
Total de Votos: 3

Gatinho de estimação: saiba quando dar banho no seu bichano

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *