Limpeza doméstica sem segredos: SEIS dicas!

  • Como limpar a casa corretamente;
  • Como limpar a casa para durar mais tempo;
  • Como desinfetar a casa com segurança.

A limpeza da nossa casa é uma das coisas que mais nos pode preocupar.

Leia mais

Veja Quais São Os Alimentos Ricos Em Fibras

Quebrou alguma coisa? Veja como salvar a sua casa usando esmaltes

Demanda tempo, esforço, energia e ainda uma boa dose de produtos de limpeza, que geralmente pesam na nossa compra mensal. Mas mesmo diante disso tudo, quem não adora chegar em casa e sentir cheirinho de limpeza?

Quem não ama andar pela sala, em um fofo e limpo tapete? Quem não acha maravilhoso entrar em um ambiente super limpo, convidativo, cheiroso?

Para te ajudar a resolver os problemas mais comuns da limpeza da nossa casa, preparamos uma lista para todo mundo que já precisou uma única vez dar uma varridinha em seu lar.

Você vai se surpreender com o tanto de erros que cometemos e que acabam por comprometer todo nosso esforço e que nem percebemos!

1 – A limpeza da nossa casa nunca pode começar pelo chão

Essa é para economizar esforço e garantir de verdade uma boa limpeza para a sua casa: sempre que for limpá-la, comece por tudo aquilo que está em posição mais alta.

Esse tipo de atitude vai garantir que sempre que você termine de limpar o chão, o cômodo todo esteja limpo, já que se você começar por ele, pode ser que ao tirar pó das pás do ventilador, por exemplo, sujeira caia no chão.

E para você não precisar fazer o mesmo trabalho mais de uma vez, invista mais tempo limpando suas estantes, vidros, balcões e prateleiras antes de limpar o chão.

2 – Quando você for limpar espelhos, nada de borrifador

Sabe aqueles espelhos antigos, com marcas de oxidação em todo o seu vidro?

Você, certamente, só acha isso charmoso em foto ou filmes de época, mas vai detestar se seus espelhos ficarem daquele jeito.

Assim, para garantir mais durabilidade tanto no vidro quanto em sua moldura, nada de sair por aí passando limpa-vidro diretamente nele.

A água pode infiltrar e comprometer, pra sempre, todo o seu lindo espelho.

3 – Não vai lavar louça? Não atrapalhe seu eu do futuro que irá lavar

Não há nada mais desagradável que ir lavar a louça e ter um monte de pedaços de comida grudados em tigelas, pratos e panelas.

Quando isso acontece, podemos ter a certeza de que mais tempo será gasto lavando, bem como mais esforço terá de ser empregado para conseguir desgrudar toda a sujeira que ficará por ali.

Assim, que tal, ao invés de ficar ali se matando enquanto esfrega, você simplesmente encher o recipiente com água logo depois de usá-lo?

O seu eu do futuro – e a sua louça – agradecerão quando chegar a hora de lavar tudo.

4 – A louça engordurada vai engordurar todo o resto da louça

É por isso que sempre mesmo é bem legal fazer pilhas diferentes de louça para lavar ao invés de misturar tudo o que deve ser lavado por tipos.

Assim, se você deu um jantar e tinha algumas comidas mais gordurosas, é besteira colocar os talheres dentro, por exemplo, da sua saladeira menos engordurada.

A gordura deles vai se espalhar tanto por tudo que tiver contato com os talheres quanto pela própria saladeira.

Dessa forma, por pior que pareça, vale mais a pena colocar tudo dentro de uma tigela já engordurada, encher de água quente e deixar que ela faça já metade de todo o seu trabalho.

5 – Antes do ralo da pia ficar com mau cheiro, extermine essa possibilidade

É bem comum que depois de lavar a louça ela fique com resíduos, tanto no ralo da pia quanto no seu próprio encanamento.

Desse jeito, ela acaba ficando muito mais suscetível a entupimentos importantes, bem como vazamentos e comprometimento em toda a estrutura hidráulica da sua casa.

Então, para evitar isso antes mesmo que comece a acontecer, faça o seguinte: providencie uma xícara de bicarbonato, a mesma quantidade de sal e misture os dois pós em uma tigela.

Agora, delicadamente, misture também duas xícaras de água fervendo e jogue tudo na sua pia. Ela certamente terá a sua manutenção preventiva feita, e que pode ser repetida a cada semana.

6 – Se alguma coisa manchar, não hesite nem por um momento em limpar

As manchas são sempre coisas muito críticas, mas que sempre estão sondando nossa vida e procurando nossos momentos mais vulneráveis.

Assim, para você conseguir fazer a limpeza de uma mancha com sucesso, você precisa sempre assumir como verdade absoluta a seguinte coisa: sujou, limpou.

E não importa o que é: seja tapete, sofá, roupa ou piso, todas as manchas sempre são mais fáceis de remover totalmente quando são limpas já nos primeiros segundos após o desastre.

Outra dica sensacional é sempre olhar para a etiqueta do seu produto para conseguir descobrir com o que e de que forma o fabricante indica a limpeza do seu teco. Agora é só correr para o abraço, que tá tudo limpo.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.75
Total de Votos: 4

Limpeza doméstica sem segredos: SEIS dicas!

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *