O que precisamos saber sobre dor no joelho

Em uma pesquisa que coletou 97 respostas entre variadas faixas etárias e entre ambos os sexos, apontou que pelo menos 97% das pessoas ouvidas já sentiram dores em seus joelhos.

Leia mais

A dor que pode causar até depressão

Técnicas para reduzir dores no joelho em casa

Entre variadas causas como problemas congênitos, lesões por esforço repetitivo, lesões obtidas através da prática esportiva, problemas posturais, traumas, resultado de acidentes, doenças articulares e outras, observamos que mesmo que as razões sejam muitas e muito distintas o que une esses 97% é a grande limitação que a dor no joelho pode causar em nossa vida.

Causadora de muita dor, muito desconforto, dificuldades para andar e de locomoção natural, não são poucas as pessoas que acabam por tentar solucionar o problema passando por consultórios médicos: 61% afirmam que já tiveram de ir a um e dessas, 53% foram encaminhadas para terapias complementares.

Entre as terapias complementares mais populares, encontra-se, evidentemente, a fisioterapia. Ela, sem qualquer sombra de dúvida, é essencial para a recuperação breve, fortalecimento e manutenção da qualidade de vida de pessoas que apresentam lesões em seus joelhos. Na pesquisa, 84% das pessoas que tiveram encaminhamento para atendimento complementar dizem ter ido em busca de fisioterapeutas.

Dor no joelho: o que fazer para evitar?

Será que frente a esses dados aquela corridinha no fim do dia ou a pelada com os amigos aos finais de semana deve ficar definitivamente de fora das nossas vidas sob pena de padecermos indefinidamente com as temidas lesões e dores em nossos joelhos?

Pelo contrário. O esporte é um ótimo amigo da nossa qualidade de vida. Indispensável, diríamos. É ele quem pode nos levar sempre mais longe em nossa vida e, definitivamente é mais um auxílio na prevenção das lesões e do surgimento das temidas dores do que, necessariamente, o vilão dessa história.

Mas, é claro, tem alguns tipos de esportes e atividades físicas que podem dar um empurrãozinho no surgimento das dores, principalmente para aquelas pessoas que já tem a estrutura mais fragilizada, seja por problemas anatômicos, congênitos ou posturais.

As atividades físicas que mais danificam os joelhos são…

Você, se gosta de futebol ou acompanha o mundo desse esporte, já deve ter visto cenas terríveis de jogadores se machucando com gravidade no campo, geralmente com lesões graves nos joelhos e logo depois saindo de campo direto para o hospital, quase sempre culminando com uma cirurgia.

O futebol, segundo um estudo da USP, é o campeão ao levar pessoas para o centro cirúrgico. Ele lidera uma lista com seis esportes, sendo o cabeça da chave, com 55%. Logo em seguida, vem os esportes de impacto, como as artes marciais, com 16%.

Para quem ama bater uma bolinha, o basquete está por aí, com 12%, ocupando o terceiro lugar na lista e depois dele vem o treino na academia, com 8%. Por fim, o tênis, com 5% e outros esportes como corrida e vôlei, contam com 4%.

Nesse ranking nefasto, queremos destacar um outro importante dado: nem sempre as pessoas ligam as dores que sentem diretamente à atividade esportiva. Isso porque, em muitos casos, a dor pode se manifestar momentos depois, fazendo com que a pessoa atribua a qualquer outra razão a dor que sente.

E para evitar a dor no joelho, algumas medidas podem ser tomadas. A primeira, sempre, é prestar atenção em movimentos que são feitos, para que sejam sempre executados da forma que mantém a postura natural dos joelhos, principalmente seu posicionamento em relação ao resto do corpo.

Assista ao vídeo completo clicando aqui

Outra medida que pode ser assumida como excelente forma de prevenção, são os exercícios de fortalecimento que podemos fazer em casa. A Alasca divulga diariamente em suas mídias exercícios que podemos fazer em nossa casa, usando como instrumentos uma bola de tênis, uma cadeira ou um pedaço de tecido.

Assista ao vídeo completo clicando aqui

Isso, quando somado à observação da boa postura durante todo o dia e à execução dos movimentos com atenção e cuidado, podemos ter maior qualidade de vida, maior qualidade no exercício e, consequentemente, maior defesa dos nossos joelhos, protegendo-os da dor.

Agora, se você pratica atividade física de contato, como futebol ou basquete, evitar os encontrões é uma boa solução. Eles podem causar sérios danos aos ligamentos que envolvem todo o joelho, levando esse momento de bem estar virar rapidinho uma ida ao centro cirúrgico.

E se você já sente dores nos joelhos, além de uma série de exercícios completinha que você pode agregar à sua rotina para fortalecimento dos seus membros inferiores, a Alasca também te dá uma força quando o assunto é uma linha de acessórios de compressão.

Assista ao vídeo completo clicando aqui

São joelheiras, tornozeleiras e cotoveleiras que podem te dar uma baita ajuda na hora de prevenir lesões e até mesmo reduzir a dor, podendo ser utilizadas até mesmo durante o exercício físico. Visite o site e conheça a linha de produtos da Alasca para tratar sua dor 🙂

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4
Total de Votos: 1

O que precisamos saber sobre dor no joelho

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *