Quais são os exames que todas as grávidas precisam fazer no pré-natal

  • Exames obrigatórios do pré-natal;
  • Exames de pré-natal;
  • Exames necessários para o pré-natal.

Ter um filho é um momento muito importante na vida de toda uma família e ter um pré-natal bem assistido, seja junto ao SUS ou a rede privada, é também uma das coisas que mais garantem a saúde da mãe e do bebê e a segurança de todo o procedimento que envolve um parto.

Todo mundo mente sobre a sua saúde e você precisa saber

Entenda Como O Estresse Afeta O Desenvolvimento Fetal

Amanhã, dia 28 de maio é um dia importantíssimo para todas as mulheres que são mães ou que ainda planejam ser, porque é um dia de reflexão sobre tudo aquilo que envolve esse momento tão especial na vida de todos os envolvidos. É o Dia Nacional de Luta pela Redução da Mortalidade Materna.

Em uma pesquisa feita pela Organização Mundial da Saúde, a OMS, somente em 2013 mais de 289 mil mortes maternas ocorreram, devido a complicações que aconteceram tanto durante a gravidez quanto no momento do parto. No entanto, esse dado ainda significativo aponta para uma grande redução.

Isso se dá comparando com os dados trazidos pela Organização em 1990, quando mais de 523 mil óbitos ocorreram devido as mesmas razões. Isso aponta para uma redução de mortalidade materna, que também se refletiu no Brasil. Por aqui, a redução foi de 43% nos óbitos.

Mas mesmo essa redução aponta para um dado muito alarmante: ainda que seja um dos dados mais baixos de toda a América Latina, quando comparamos com termos mundiais, esse índice ainda é considerado muito alto, o que lança um alerta da OMS aqui para nosso país.

E é justamente para que esses dados continuem seguindo sua queda franca é que existem os exames pré-natais, que são tão importantes para a saúde de uma gestação, o que implica em qualidade de vida para a mãe e qualidade de vida futura para o bebê.

Veja a seguir quais são os exames que uma gestante precisa fazer e a periodicidade deles.

Logo que se descobre a gestação, na primeira consulta do primeiro trimestre

  • Hemograma
  • Ttipagem sanguínea e fator Rh Coombs indireto (se for Rh negativo)
  • Glicemia em jejum
  • Exame parasitológico de fezes
  • Teste rápido de triagem para sífilis e/ou VDRL
  • Teste rápido para HIV
  • Exame morfológico
  • Toxoplasmose IgM e IgG
  • Exame citopatológico de colo de útero
  • Sorologia para hepatite B
  • Exame da secreção vaginal
  • Urocultura + sumário de urina

No segundo trimestre da gestação, os exames de pré-natal são:

  • Teste de tolerância para glicose
  • Coombs indireto

E no terceiro trimestre:

  • Hemograma e fator Rh Coombs indireto
  • Teste rápido de triagem para sífilis e/ou VDRL
  • Glicemia em jejum
  • Sorologia para hepatite B
  • Teste rápido para HIV
  • Urocultura + sumário de urina
  • Toxoplasmose IgM e IgG (se IgG negativo na primeira consulta)

E os outros exames que são solicitados quase sempre no pré-natal?

Existem testes que são oferecidos pela rede privada e de forma mais abrangente, mas, como informam médicos obstetras, esses exames são apenas complementares, indicados para casos bem específicos e longe de serem os essenciais, como esses que foram levantados pela redação.

Eles são mais do que indicados, no entanto, quando a gestante se localiza em uma faixa considerada de alto risco, mas, como podemos pensar, nem todas as gestantes são de alto risco. Hoje, no Brasil, nem mesmo 20% das gestações se localizam nessa camada que podemos considerar de risco.

Os exames complementares de pré-natal mais solicitados são:

Perfil bioquímico (Fração Livre BHCG e PAPP-A)

Esse é um dos exames mais eficazes que existem para fazer diagnóstico ou confirmação da Síndrome de Down. É um exame laboratorial que hoje está no hall da ANS de exames obrigatoriamente todos os planos de saúde devem oferecer. Por exemplo, na Europa, hoje em dia já não se faz mais exames morfológicos, de imagem, sem esse tipo de exame, que deve ser feito entre a 10ª e a 14ª semana da gestação.

NIPT (DNA Fetal no Sangue Materno)

Esse exame, embora não seja ainda coberto pela rede privada, é o exame mais preciso para a detecção de casos de Síndrome de Down, mas sem que haja ou ofereça qualquer tipo de risco para o feto. Ele deve ser feito a partir da 10ª semana de gestação.

Doppler Colorido das Artérias Uterinas

Esse é um dos exames que podem ser capazes de fazer o rastreio de riscos de pré-eclâmpsia para a gestante. Deve ser feito já no primeiro trimestre da gestação e é mais do que importante para casos de gestantes que já são hipertensas.

Avaliação do Colo Uterino Via Transvaginal

Esse é um exame físico bem acessível para os planos de saúde. É uma avaliação importante que se faz do colo uterino, para avaliar seu comprimento. Se for muito curto, é possível que ele comece a abrir conforme o bebê cresce, o que faz com que possa ocorrer um parto muito prematuro.

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 4

Quais são os exames que todas as grávidas precisam fazer no pré-natal

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

2 respostas para “Quais são os exames que todas as grávidas precisam fazer no pré-natal”

  1. […] Quais são os exames que todas as grávidas precisam fazer no pré-natal […]

  2. […] Veja quais são os exames essenciais para as futuras mamães […]