Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações!

Vocês já devem ter visto várias dicas sobre como ser mais saudável, não é?

Ajude seu filho a crescer confiante: não diga essas mentiras

As mentiras que as pessoas contam sobre saúde

Pois é, mas a questão é que sempre que alguém vai falar sobre saúde, acaba por cometendo deslizes graves, que acabam por criar mitos em torno desse tema tão importante, que é mais do que fundamental sempre estar envolvido em conversas, já que, definitivamente, a nossa vida depende dele.

Então, veja só: ao invés de propagar para sempre as mesmas mentiras que já nos contaram a respeito da nossa saúde, que tal buscar informações a respeito dela?

Garantimos que é sempre o melhor caminho para viver mais, melhor e, certamente, muito mais feliz.

1 – Mamãe sempre dizia: bolo quente sempre dá dor de barriga e não é um hábito saudável

Quem não adora chegar em casa e sentir aquele cheirinho de bolo que está lá no forno, se preparando para ser lentamente saboreado ao lado de uma bela xícara de um café fresquinho?

Aí corta: chega sua mãe, sua avó, sua tia, seu pai, seu irmão e fala: nada disso. Precisa esperar porque comer bolo quente dá dor de barriga e pode te levar para um hospital.

Agora, olha só: depois de ler esse texto, você já pode falar que isso não tem qualquer embasamento científico e não precisa ficar com medo não de comer o bolo em qualquer temperatura que seja, caso o objetivo seja não ir para o hospital.

E isso tem uma explicação muito, muito simples: o nosso corpo tem ferramentas muito poderosas para adequar a temperatura de qualquer alimento. Sempre. Basta que a comida passe pelo esôfago para o corpo imediatamente adaptar-se à sua temperatura.

Depois, o resto do nosso aparelho digestivo se encarrega do trabalho para processar tudo, sem mesmo se dar conta se a comida está quente ou se já esfriou.

Assim, a dica só faz mesmo sentido para evitar uma bela – e dolorosa – queimadura na língua 😉

2 – O vídeo-game estraga as crianças e faz mal

Logo que os aparelhos de vídeo-game se popularizaram pelo mundo, vários alertas foram disparados sobre a influência dos jogos eletrônicos sobre as crianças. Muitos, eram sobre como eles poderiam torná-las, inclusive, mais violentas.

Mas depois da vilania, logo veio um momento em que pesquisas começaram a apontar que, na verdade, eles podem até mesmo nos fazer bem, porque podem fazer com que a pessoa a eles exposta melhore a sua concentração, habilidades cognitivas que conduzem ao raciocínio lógico e podem, até mesmo, melhorar a forma com que lidamos com depressão, com estresse pós-traumático e até mesmo em casos de autismo.

Existem hoje também aqueles aparelhos que fazem com que o usuário precise se movimentar na frente do console, praticando exercícios físicos que podem ser importantes em recuperações de eventos traumáticos para o corpo ou até mesmo incentivando a socialização das crianças.

Assim, ainda que possa sim existir alguma correlação entre a aptidão ou gosto para jogos violentos e a postura violenta de uma pessoa, convém fazer a ressalva de que isso depende exclusivamente do tipo de uso, não sendo, portanto, o jogo por si um grande problema.

3 – Se você precisa acalmar alguém, dê água com açúcar para ela

Esse hábito pode parecer bastante saudável para algumas pessoas quando o assunto é ajudar alguém que está chorando ou que está muito nervosa, mas, acredite, não é bem assim que isso funciona quando na prática.

Quando uma pessoa está muito nervosa, pode ser sim que o açúcar – que pode ser substituído por qualquer alimento doce – faça com que exista uma descarga de serotonina em nosso cérebro, que é um neurotransmissor que cria, imediatamente, uma sensação de bem-estar.

No entanto, vale lembrar que isso não vai acontecer rapidamente, enquanto a pessoa ingere a simples mistura de água com açúcar com come um chocolate. Assim, se o assunto for acalmar alguém, faça com que essa pessoa respire – e aí existem gifs que podem ajudar muito nisso – ou mesmo dê um chá de camomila para ela.

A sensação de bem-estar pode até demorar um pouco mais ou envolver o trabalho de convencimento, mas será mais duradoura e bem mais imediata, consequentemente, mais efetiva.

4 – Quer engravidar? Tem uma posição sexual aí que pode facilitar o trabalho

Se você quiser engravidar, olha só: não vai adiantar absolutamente nada comprar um livro “kama sutra para engravidar” ou tentar qualquer posição sexual mais arrojada, só para, teoricamente, fazer com que o espermatozoide tenha a sua viagem facilitada.

Isso, honestamente, não faz nenhuma diferença, já que não é disso que o espermatozoide – ou o seu corpo – precisa para fazer um bebê acontecer.

Então, se o assunto é engravidar, saiba: dá para conseguir isso até fazendo sexo em pé, já que um espermatozoide saudável só precisa mesmo é das contrações vaginais para chegar rapidinho no óvulo e fecundá-lo, dispensando qualquer ajudinha extra.

 

O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.3
Total de Votos: 3

Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações!

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Por: Arteblog - MadyEm: abril 18, 2018 | Em Saúde  | Tags: ,  

5 respostas para “Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações!”

  1. […]  Leia também | Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações! […]

  2. […] Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações! […]

  3. […] Leia também |Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações! […]

  4. […]  Leia também | Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações! […]

  5. […] Quer ser mais saudável? Então você precisa dessas informações! […]