Índice glicêmico: Pode ser o segredo da silhueta perfeita

Índice glicêmico: parece uma coisa complicada, mas pode ser o segredo da sua silhueta perfeita.

Chá que turbina o metabolismo

Veja dicas para diminuir a sua conta de luz e economizar

Usos inimagináveis para o plástico filme. Descubra aqui!

Quem não sonha emagrecer alguns quilinhos não é mesmo? É quase unanimidade. Todo mundo quer perder alguns quilinhos. Não importa quantos sejam. Podem ser poucos, muitos. Todos queremos emagrecer.

Atualmente por conta da correria do dia-a-dia, da rotina de trabalho, faculdade e afazeres domésticos descuidamos da nossa alimentação. Alguns quilinhos a mais na balança podem ser consequência desse descuido.

Não é de hoje que dietas malucas e mirabolantes têm ganhado espaço nas redes sociais. Algumas até realmente surtem efeito e isso justifica a sua fama entre quem sonha emagrecer. Mas o perigo de dietas mirabolantes é o famoso efeito sanfona. O indivíduo emagrece mas volta a engordar logo após largar a dieta.

Os amantes e praticantes da boa política diriam nesse instante que o correto seria uma reeducação alimentar. Nós do Arteblog não ignoramos a necessidade de uma reeducação alimentação para que os resultados obtidos sejam mantidos. Mas até mesmo seguindo um cronograma elaborado por um médico você precisará cortar alguns alimentos. Fazer uma “dieta” para perder peso inicialmente. Posteriormente você fará uma reeducação para manter os resultados.

Fugindo de dietas mirabolantes. Hoje vamos explicar algo que pode ser o segredo do corpo perfeito. índice glicêmico. O índice glicêmico tem nome fácil mas é um pouco complicado de entender. Ainda mais difícil de colocar em prática.

O índice glicêmico em poucas palavras é basicamente o tempo que o alimento leva para se converter em açúcar. Ainda mais resumidamente, quanto mais alto o índice glicêmico mais rapidamente o açúcar é absorvido e você volta a sentir fome.

O índice glicêmico pode ser considerado o tempo que você vai sentir fome novamente após se alimentar com determinado alimento.

Confuso?

Entenda o índice glicêmico e use-o a seu favor

índice glicêmico

O índice glicêmico é medido de 0 a 100. Os alimentos são divididos em três classes: baixo, moderado e alto.

Determinar o horário de consumir cada alimento é fundamental para o emagrecimento. Sabendo administrar o índice glicêmico ou IG você vai emagrecer. Por ex. não consuma um alimento de alto índice glicêmico a noite. Ele será mais facilmente estocado em forma de gordura.

A noite, comprovadamente o nosso metabolismo trabalha mais lentamente. Isso não quer dizer que você não pode consumir esse mesmo alimento. Apenas priorize para que a sua ingestão seja feita durante o dia. Período que seu metabolismo trabalha mais aceleradamente.

Como usar o IG ao meu favor?

índice glicêmico

Para saber como usar o índice a seu favor e dizer adeus aos quilinhos a mais é preciso conhecer o IG de cada alimento. Há muitos sites na internet que ajudam a conhecer o índice glicêmico de todos os alimentos que consumimos. Nós separamos abaixo alguns alimentos que pertencem aos três grupos, baixo índice glicêmico, moderado e alto.

Alimentos de baixo índice glicêmico

índice glicêmico

São alimentos de baixo índice glicêmico e podem ser consumidos durante todo o dia, sem restrições quanto ao funcionamento de nosso metabolismo. São eles: Alface, cereja, amendoim, soja, brócolis, aspargos, couve de bruchellas, repolho, cogumelo, tomate, abobrinha, berinjela, espinafre, couve, pepino, salsão, cenoura crua, couve flor, iogurte light, pêra, lentilhas.

São alimentos de baixo IG, alimentos com valor de até 55 IG na escala da 0 a 100.

*Atenha-se apenas para o valor calórico. O índice glicêmico está diretamente relacionado a transformação do alimento em gordura única e exclusivamente.

Alimentos de índice moderado

índice glicêmico

Alimentos de índice moderado podem ser consumidos de maneira mais regrada. Isso em relação aos alimentos de baixo índice, uma vez que a sua conversão em açúcar é mais rápida. Podendo converter-se em gordura posteriormente. A preocupação com o valor calórico é a mesma. São alimentos de índice moderado: Passas, abacaxi, pão sírio, suco de abacaxi, damasco, suco de maçã, pêssego fresco, laranja, pêssego enlatado, arroz parboilizado, inhame, kiwi, banana, sopa de feijão, all bran. São considerados alimentos de índice moderado alimentos com índice de 60 a 85.

Alto índice glicêmico deve ser evitado

Alimentos de alto índice glicêmico, ou seja, que mais rapidamente se convertem em açúcar no sangue devem ser evitados. Eles são mais propensos a converterem-se em gordura. Mesmo que você consuma menos calóricas do que necessita diariamente, o que é bem difícil com uma alimentação de alto IG, sofrerá com culote e pneuzinhos. Evite alimentos de alto índice glicêmico preferencialmente a noite. Eles são os principais responsáveis dos assaltos a geladeira durante a madrugada. São alimentos de alto índice glicêmico:  Pão frânces, batata doce, batata frita, mel, cuscus, pizza, pudim, melancia, bolacha de água e sal, isotônicos, pão sem glúten, arroz integral, pão de centeio e pão de forma. São alimentos de alto índice glicêmico alimentos com valor superior a 85.

*Alimentos de alto IG nem sempre são calóricos. Ai mora o perigo.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Índice glicêmico: Pode ser o segredo da silhueta perfeita”

  1. […] Índice glicêmico: Pode ser o segredo da silhueta perfeita […]