Gases intestinais ou estomacais: livre-se deles com chás

Gases intestinais ou estomacais são sempre desconfortáveis.

Alimentos que podem aumentar a produção de gases

Acabe com o problema de estrias com nossas dicas!!

Açúcar em excesso faz mal não apenas a dieta, veja mais aqui

Todos nós sofremos de certa forma com gases. É extremamente normal. O nosso corpo produz diariamente uma média de 15 a 30 gases naturalmente.

Popularmente conhecido como flatulência, também pode ser identificado como pum ou flatos. É resultado da produção de bactérias que estão em nosso organismo. Normalmente os gases são oriundos do processo de fermentação, atividade desempenhada por estas bactérias no processo digestivo de um alimento.

Além da fermentação, a flatulência pode ser originada a partir da nossa ingestão de ar, ou ventosidade. Produção e ingestão de ar. Embora seja absolutamente normal soltar puns, gases, ou sofrer com flatulência, pode causar incomodo.

Costumeiramente não apresentam sintomas severos. Nem tão pouco representam indícios iniciais de uma doença mais grave. Entretanto apesar de não serem marcados geralmente por sintomas, os gases apresentam características pertinentes relacionada a categoria a qual pertencem. O que é determinado por sua origem, ou seja, estomacal ou intestinal.

Vamos explicar um pouco mais abaixo e no final do post colocaremos dicas de chás que poderão te ajudar a livrar-se ou amenizar os seus problemas com gases.

Tipos de gases

Gases intestinais são os mais comuns. São normalmente chamados de puns, flatulência, flatos ou até mesmo chulamente chamamos de peidos.

Podem não produzir som nem tão pouco odor, mas isso varia muito. Podem provocar odor e som. Não há regras específicas em relação a um quadro de flatulência intestinal. Isso varia de indivíduo para indivíduo, como o organismo atua.

Gases intestinais são ventosidades anais, liberados pelo ânus. É involuntário. Podendo causar grandes saias justas. Apesar de involuntário, pela musculatura do ânus é possível em alguns casos evitar a liberação dos gases. Mas isso não é recomendável. Uma vez que a retenção dos gases pode causar sintomas que um quadro normal de gases normal não causaria.

Gases estomacais, são a segunda categoria de gases que conhecemos. É mais comum após comermos. Chamado popularmente de arroto, ao contrário dos gases intestinais, ou puns, que podem ser sem som algum, os gases estomacais apresentam sons característicos e são expelidos pela boca.

Apesar de produzir certo desconforto, ou situações desagradáveis, a produção e liberação de gases, é totalmente normal. Esta diretamente ligada a nossa ingestão e produção de ventosidade. Todos nós estamos sujeitos a passar por isso e naturalmente nosso corpo tende a produzir gases. Contudo há quadros secundários que podem agravar a produção e liberação de gases, listamos abaixo, algumas patologias, distúrbios, problemas ou hábitos que podem agravar um quadro de flatulência, seja ela estomacal ou intestinal. Se você tem algum destes problemas com certeza vai poder usufruir dos chás especiais que separamos para tratar o problema.

  • Sofre com transtorno de ansiedade;
  • Tem dificuldades para respirar;
  • Azia;
  • É fumante;
  • Masca muito chicletes;
  • Fala muito enquanto come;
  • Mastiga pouco.

Entenda melhor

gases intestinais

Todos estes costumes, hábitos ou práticas agravam a ventosidade em nosso organismo, aumentando assim a nossa produção de gases. Quando você começa a produzir, ou sofrer demais com um quadro de flatulência é possível que apareçam sintomas.

No caso dos gases intestinais, os sintomas mais recorrentes tendem a ser, dores abdominais, como pontadas de moderadas a fortes, mau humor, barriga inchada, dores de cabeça, cólica, prisão de ventre, barriga dura, inchada ou estufada. No caso de gases estomacais os sintomas costumam ser falta de ar, azia, perda do apetite, fisgadas no peito, desconforto gástrico, falta de ar. No caso dos estomacais, as fisgadas no peito podem ser confundidas com a dor de um ataque cardíaco. Bom, vamos aos nossos chás:

Hortelã-pimenta

gases intestinais

É uma planta híbrida, resultado do cruzamento de duas espécies distintas. Seu chá é certeiro para quem sofre com gases, contudo não é indicado para quem sofre com prisão de ventre uma vez que reduz os movimentos normais do intestino.

Para fazer este chá você vai precisar de 1 colher de sobremesa de hortelã pimenta e 100 ml’s de água fervente. Deixe descansar por 10 minutos, tome antes das refeições, cerca de 10 a 15 minutos antes.

Boldo

gases intestinais

O boldo é tipicamente conhecido por seus benefícios em relação a saúde de nosso figado. Costumeiramente usado para limpar o órgão depois de exagerarmos com alimentos gordurosos ou mesmo abuso de bebidas alcoólicas, você sabia que é possível usufruir dos benefícios do chá de boldo para o problema com gases? Isso mesmo. Você vai precisar de 10grs. de folhas de boldo e 500 ml de água fervente. Deixe repousar igualmente por dez a quinze minutos. Depois é só coar e beber. Ao contrário do chá anterior, o chá de boldo deve ser consumido após as refeições ou assim que os sintomas aparecerem.

Erva-doce para gases intestinais e estomacais

gases intestinais

Conhecida por acalmar, o chá de erva-doce pode ser um aliado se você sofre com gases. Ele estimula a produção de fluidos intestinais aliviando a sensação de estufamento e até mesmo a azia.

Para este chá você vai precisar e uma colher de sobremesa de erva-doce e 1 xícara de água fervente. Deixe repousar por 10 minutos, após coar basta beber. Igualmente após as refeições ou assim que os primeiros sintomas aparecerem.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook:

Uma resposta para “Gases intestinais ou estomacais: livre-se deles com chás”