Veja como montar sua banca para vender artesanato em feiras

Feiras livres são as melhores opções para quem deseja ter visibilidade quando o assunto é expor um artesanato. Pensando nisso, o Sebrae criou um guia completo para você que deseja montar sua própria banca para vender seu trabalho nestes locais estratégicos. Confira:

Feiras livres e permanentes são atividades econômicas de forte raiz cultural no Brasil. Comumente, são promovidas e organizadas pelas comunidades de certa região, com o objetivo de funcionarem como elemento transformador das economias locais, na medida em que oferecem oportunidade para que empreendedores promovam seus produtos e serviços, vendam mais e, quase sempre, gerem novos empregos.

feira-normal

Sobre o mercado:

O empreendedor com banca em feira livre e permanente se relaciona com diversos grupos de clientes e com pessoas dos mais variados níveis socioeconômicos. Há, basicamente, dois grupos de clientes: os frequentadores e os compradores. Os frequentadores são clientes que gostam de passear, conversar com as pessoas, ver as novidades. Os compradores são diferenciados. Eles pechincham. Pechinchar é hábito de compradores e frequentadores de feiras.

Outros grupos de clientes com hábitos diferenciados são as donas de casa, os idosos e as mulheres. Donas de casa e idosos são clientes de feiras livres de produtos como verduras, legumes e frutas, mais do que de produtos como confecções e peças de decoração, por exemplo. Há uma tendência de que mulheres compram mais em feiras permanentes ou aquelas classificadas como shopfeiras.

feira

Normalmente, as pessoas com condições sociais mais privilegiadas frequentam feiras livres e permanentes no início do dia, que é o momento em que os produtos ainda estão muito frescos e não há demasiada movimentação, apesar de os preços serem mais altos. Já aquelas pessoas com menos recursos financeiros disponíveis costumam frequentar as feiras mais ao final do dia, quando os produtos de melhor qualidade já acabaram, mas aqueles com melhores preços estão disponíveis.

Equipamentos:

Basicamente, uma feira livre necessita de estandes para funcionar. Cada estande, normalmente, é feito de mesas de madeira, que servem de apoio para o vendedor mostrar seu produto. Dependendo do produto comercializado (alimentos, por exemplo), o comerciante irá necessitar de uma balança de pesagem. Como a maioria das feiras livres é feita no meio da rua, são utilizados muitos toldos para proteger os estandes do sol. Embora não sejam totalmente necessários para o funcionamento de uma feira livre, eles servem para preservar os produtos em uma temperatura ambiente e, além disso, dar certa comodidade tanto aos vendedores, quanto aos clientes.

feira-artesanato-sindicato

Com a função de garantir um ambiente para guarda de equipamentos e utensílios sob a bancada da barraca, a saia, que consiste em um fechamento lateral entre a bancada e o chão, representa um elemento essencial para composição da barraca/box/espaço. A saia deve ser de material resistente e impermeável. Esse elemento pode ser padronizado a todas as barracas, receber logomarcas ou assumir modelos e formatos para caracterização da feira livre ou permanente.

Para saber mais, visite o site oficial do Sebrae e confira como montar sua própria banca na feira.

Fonte Sebrae

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: