Copa de 2014 é ótima oportunidade para vender artesanato

A Copa do Mundo de 2014 está se aproximando e a dica do Sebrae é que devemos aproveitar este momento para lucrar com nossos trabalhos. De modo bem especial, os artesãos terão grande visibilidade e poderão vender bastante. Que tal conferir algumas dicas para não perder tempo e comercializar durante este evento esportivo? Veja:

No caminho de preparação para a Copa do Mundo da FIFA 2014, está a ampliação do leque de exposição dos produtos em canais de divulgação oficial do evento. Feiras livres e permanentes devem estar citadas e localizadas em guias e catálogos turísticos, como forma de incentivar a presença de visitantes e a comercialização. Ainda quanto aos produtos, os comerciantes com fabricação própria que atuam em feiras livres e permanentes estão buscando as tendências de moda que incluam estampas de fauna e flora e de cores não só do Brasil, mas também dos países dos torcedores.

Artes copa

Para estarem devidamente preparados, os comerciantes de feiras livres e permanentes buscam aperfeiçoamento na qualificação do atendimento e também na formalização e legalização do negócio. As feiras livres e permanentes são espaços de comercialização com preços acessíveis e mais baratos do que os shoppings e, nem por isso, devem ser espaços para a informalidade. A formalização também é parte do treinamento e da capacitação de preparo do comerciante, para sua inclusão nas oportunidades da Copa do Mundo da FIFA 2014.

Nesses tempos de pré-evento de Copa do Mundo da FIFA 2014, ressalta-se a necessidade de aproveitar a oportunidade de licenciamento, para produzir e comercializar os produtos da marca FIFA, por intermédio da Globo Marcas, com apoio do Sebrae.

largo-da-ordem

A Globo Marcas é a licenciadora oficial da FIFA para a Copa do Mundo da FIFA 2014. Portanto, será a responsável por avaliar os projetos de fabricação de produtos oficiais e, depois de aprovados junto à FIFA, conceder as licenças para produção e comercialização de produtos com o selo da Copa do Mundo da FIFA 2014 e eleger os canais oficiais de distribuição. A empresa interessada em produzir e vender produtos oficiais deve apresentar um projeto/modelo de negócio para a Globo Marcas, mostrando sua capacidade produtiva e financeira, além de qualificações técnicas. Podem ser licenciados produtos como vestuário, calçado, souvenir, papelaria, itens de torcedores, itens para casa, malas/bolsas, brinquedos e chapéus/bonés.

feiras de artesanato em geral

 

A Globo Marcas tem alguns requisitos para licenciar uma empresa para produzir e vender produtos oficiais. A empresa precisa estar formalizada; ter atualidade/segurança x preço justo; ter variedade de produtos; ter capacidade e flexibilidade produtiva; capital de giro e timing para suprimento e distribuição. O pequeno negócio interessado em se licenciar deve procurar a unidade do Sebrae mais próxima. Por meio de parceria com a Globo Marcas, o Sebrae ficou responsável em reunir as empresas e projetos das 12 cidades-sede que estão dentro do padrão para o licenciamento e apresentar a proposta de produção e venda ou de ponto de venda para a Globo Marcas.

feira

Feiras livres e permanentes são espaços de experiência para o visitante, seja internacional ou doméstico, pois permite a interação com a cultura local. A oferta de produtos especiais para a Copa do Mundo da FIFA 2014 é uma oportunidade. Os produtos devem ser de qualidade, estar em dia com as exigências da vigilância sanitária, apresentarem-se em cardápios em vários idiomas, além de possuir uma cartilha para que os funcionários possam explicar os produtos com frases em outros idiomas de modo a facilitar a comunicação com o visitante no âmbito do pequeno negócio.

Para ter a ajuda do Sebrae, visite o site oficial e saiba mais.

Fonte Sebrae.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: