As plantas medicinais mais utilizadas – Você sabe prepará-las?

Não há dados estatísticos que classifiquem quais são as mais usadas. Como as plantas medicinais são de uso doméstico, ninguém afere – afinal, não dá para checar os jardins de todas as casas. Mas alguns estudos científicos já comprovam a eficiência terapêutica de diversas espécies – entre 2003 e 2010, o Ministério da Saúde financiou 108 pesquisas relacionadas ao assunto. Mas vale o lembrete: embora algumas ervas realmente ajudem a curar uma dorzinha ou outra, a automedicação pode ser perigosa. Por isso, quando estiver doente, procure um médico antes de tomar qualquer coisa.

BULA VERDE

 

Conheça algumas plantas aprovadas por nossas avós e pela ciência

BABOSA (Aloe vera)

Como usar – Compressas e lavagens com a seiva da folha

Bom para – Feridas, queimaduras e inflamações na pele

Similares – Calêndula, confrei e tanchagem

Use só no exterior do corpo! A ingestão não é recomendada – tanto que já proibiram seu uso em bebidas e alimentos

CAMOMILA (Matricaria chamomilla)

Como usar – Chá da flor seca

Bom para – Ansiedade, insônia

Similares – Melissa, erva-cidreira e valeriana

GUACO (Mikania glomerata)

Como usar – Chá ou xarope da folha

Bom para – Vias respiratórias obstruídas e estados gripais

Similares – Eucalipto, hortelã e poejo

QUEBRA-PEDRA (Phyllanthus niruri)

Como usar – Chá da planta toda

Bom para – Cálculos renais e infecções urinárias

Similares – Cavalinha, carqueja, barba-de-milho

BOLDO (Plectranthus barbatus)

Como usar – Chá das folhas

Bom para – Problemas digestivos, azia e indigestão

Similares – Alcachofra, espinheira-santa e erva-doce

GENGIBRE (Zingiber officinale)

Como usar – Chá da raiz

Bom para – Rouquidão e problemas na garganta

Similares – Canela, cravo e romã

Para saber mais sobre as propriedades das plantas e como usá-las, acesse abr.io/plantasmedicinais

FONTES Ricardo Tabach, do Departamento de Psicobiologia da Unifesp, Ministério da Saúde, Ciagri – Banco de Plantas Medicinais, Aromáticas e Condimentares da USP; e livro A Flora Nacional na Medicina Doméstica, de Alfons Balbach

Matéria publicada na renomada revista [Mundo Estranho]

 

DICA EXTRA:

insonia

Converse com o seu médico e use os fitoterápicos a seu favor para combater a ansiedade:

  • Camomila: é utilizada para problemas do sono e digestivos.
  • Gengibre: ansiedade normalmente vem junto de distúrbios alimentares, o gengibre estimula a produção de saliva e da bile, fazendo com que náuseas e gases sejam diminuídos.
  • Ginkgo biloba: oxigena melhor as células do cérebro e é antidepressivo.
  • Lúpulo: trata ansiedade e problemas do sono.
  • Scutellaria lateriflora: auxilia no tratamento dos distúrbios do sono, nervosismo, tremores e espasmos. Na Europa é reconhecida oficialmente no tratamento de tensão nervosa, epilepsia e insônia.
  • Valeriana: erva tranquilizante, mas pode causar sonolência.
O que achou? Dê uma nota:

Avaliação média: 4.5
Total de Votos: 2

As plantas medicinais mais utilizadas – Você sabe prepará-las?

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: