Conheça plantas que filtram o ar e que você pode usar dentro de casa

Esqueça os comentários de quem acha que ter plantas dentro de casa não é um hábito saudável. Elas são seres vivos e expelem gás carbônico sim, mas, lembrando das aulas de biologia da escola, vale a pena ter em mente que neste mesmo processo ela também libera oxigênio, que volta ao ar e nos traz muitos benefícios.

Aprenda a cultivar um jardim suspenso

Veja dicas de como enfeitar o jardim gastando pouco

As plantas mais eficientes na filtragem do ar

phoenix_roebilinii

Fênix-de-Jardim

É um tipo de palmeira espinhenta que é muito usada em jardins, mas que pode ser trazida para dentro de casa sem muitos problemas, desde que haja no ambiente em que ela irá ficar, muita luz natural. Ela é da família Arecaceae e absorve formaleídeo, xileno e tolueno, além de gerar o oxigênio no processo de quebra destes elementos químicos.

areca1

Palmeira-bambu

Este tipo de planta ganhou espaço nos jardins quando a influência oriental ganhou espaço na jardinagem. Ela é comumente usada em projetos de inspiração oriental e em projetos que misturam fontes e paisagismo. Dentro de casa, a planta da família Arecaceae é capaz de quebrar partículas de xileno, tolueno, formaldeído e amônia, além de ser uma linda contribuinte para a decoração do local.

Areca Palm

Areca-bambu

Também da família Arecaceae, esta já é uma palmeirinha muito conhecida dos jardins brasileiros, mas pode ser trazida para dentro de casa sem maiores problemas, desde que seja mantida em local com boa iluminação. Ela é capaz de absorver xileno e tolueno, além de proporcionar uma linda integração com qualquer tipo de decoração de interiores.

Palmeira Ráfis

Palmeira ráfis

Este é o tipo de palmeira mais cultivada em interiores. Ela tem múltiplos troncos e uma folhagem muito bonita. Ela é capaz de absorver o formaleídeo, o xileno, tuoleno e ainda a amônia com muita eficácia, e ainda gera ar limpo a cada vez que realiza este processo. Tal como as outras, é necessário deixá-la em ambiente com grande iluminação natural.

123385

Ficos

Quando jovem, a árvore pode ser cultivada dentro de casa sem muitos problemas. Contudo, conforme vai envelhecendo, vai tomando proporções grandes para ser mantida dentro de casa – a não ser que o teto seja projetado para isto. Ela tem folhagem ornamental, de cor verde intensa, comum das plantas da família Moraceae. Ela é capaz de absorver xileno, tuoleno e formaleídeo.

 HPIM1968

Dracena-de-Madagascar

Da família Ruscaceae, ela é um arbusto de alto porte, com múltiplos troncos de espessura fina e folhagem verde ou com pontos de rosa. Se tiver bastante luz no ambiente em que deseja cultivá-la, ela irá se adaptar muito bem. Ela absorve benzeno, formaleídeo, tricloroetileno, xileno, tolueno e ainda a amônia.

pau dagua

Pau d’água

Da família Ruscaceae, este arbusto de folhas largas tem dois tons de verde e é uma excelente planta para áreas sombreadas e interiores, pois não necessita tanto de radiação solar. Ela absorve o formaleídeo, o benzeno, xileno e tolueno.

4

Seringueira-de-jardim

Da família Moraceae, esta planta já foi muito cultivada em jardins e calçadas, mas seu uso acabou por ser “esquecido” por suas raízes grandes e fortes causarem problemas em encanamentos quando buscam por água. Para ser usada em interiores, recomenda-se que a planta fique em vasos amplos e receba regas constantes. Ela é excelente absorvente de formaleídeo.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: