Sebrae ensina a abrir loja especializada em decoração de festas infantis

Segundo o site do Sebrae, o mercado de Festas Infantis tem crescido muito. Público não falta: 38% da população brasileira, ou seja, 55 milhões de pessoas têm menos de 14 anos de idade. Fazer festas infantis super produzidas já é uma tradição brasileira e as crianças exigem temas atualizados para fazerem suas comemorações. Produtos e serviços precisam ser inovadores.

Decoradores devem buscar beleza e criatividade. Por envolver muitos serviços, o setor de festas infantis é grande gerador de trabalho e renda e as possibilidades de organização e decoração de festas são muito variadas. Elas vão desde a decoração de festas mais simples, realizadas na casa, playground ou na escola do aniversariante até as festas realizadas em buffets infantis.

festa infantil 02

Algumas dicas para o empreendedor, segundo o site do Sebrae, que deseja ingressar no ramo de decoração de festas infantis são:

  • A escolha e desenvolvimento dos temas, o acabamento e fidelidade na representatividade das peças que compõem a decoração, etc. demandam investimento em tempo, trabalho e dinheiro. Por isso confeccione temas comerciais que tenham um interesse maior dos clientes e que possa ser alugado mais vezes;
  • Mantenha-se bem informado em relação à programação da televisão e cinema, identificando os personagens infantis de maior destaque e preferência da garotada;
  • Caso o cliente deseje fazer a festa em sua própria casa, faça uma visita com antecedência ao local. Evite festas ao ar livre, sendo inevitável, procure instalar a decoração o mais próximo do horário da festa. Para festas em locais fechados existe a possibilidade de se instalar a fiação, toalhas e algumas peças com antecedência, o que facilita quando se tem mais de uma festa programada para o mesmo dia;
  • Faça um cheklist de todas as peças que compõem cada cenário para assegurar que nenhuma peça irá faltar no dia da festa;
  • Considerando que muitos equipamentos podem ser alugados, compre apenas os equipamentos absolutamente necessários;
  • Interesse das normas técnicas e de segurança relacionadas à fabricação de brinquedos e produtos par as crianças;
  • Formalize sempre através de um contrato ou Pedido de Compras os itens negociados com os clientes, como forma de evitar contingências futuras.

festa infantil 03

Os principais equipamentos utilizados são:

  • Móveis e utensílios de escritório (computadores, telefones, fax, etc.);
  • Mesa grande ou bancada para corte e montagem das peças;
  • Prateleiras para guarda dos enfeites;
  • Compressor para encher balões;
  • Utensílios diversos: tesouras de diversos formatos, grampeadores comum e de pressão, estiletes, potes, cortadora de isopor, serra tico-tico, etc.;
  • Cavaletes com tampo de madeira ou mesa de bolo, onde também são colocados os enfeites com o motivo da festa;
  • Veículo utilitário para transporte das peças.

As atividades de design e montagem das peças decorativas podem ser terceirizadas, pois a necessidade de inovação e diferenciação é constante no setor e a empresa irá precisar de artesãos e profissionais especializados em áreas tais como a criação de escultura de balões, montagem de cenários com materiais mais sofisticados e painéis pintados à mão, são alguns exemplos.

Mais dicas: Sebrae.

Links interessantes:

ABRAPUR – Associação Brasileira de Produtos Infantis
Av. Santo Amaro, 1386, 3º andar- 04506-001 São Paulo-SP.
Tel/Fax: (11) 3045 1894
ASSEBI – Associação de Empresas de Buffet Infantil
(11) 3801-9684
http://www.assebi.com.br
INMETRO
Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial

Tudo do site do Sebrae.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: