Como limpar cortinas, estofados e carpetes corretamente – Veja dicas para deixar as alergias bem longe

Nesta época do ano a umidade vem com tudo para as nossas casas. As características tropicais do nosso país fazem com que sempre que a temperatura aumente, aumente também o índice de precipitação. Ou seja, mais calor, mais chuva.

cortina-5

O problema disto é que, aumentando a umidade, os ácaros, fungos e bactérias se acumulem e proliferem, causando muito mal estar e até doenças graves para queles mais sensíveis, como idosos e crianças.

Confira quais são os produtos mais baratos para a limpeza doméstica

Aprenda a eliminar o bolor utilizando giz, carvão e vinagre

alergia

Diante deste quadro tão complicado, o negócio é se prevenir de todas as formas possíveis, incluindo uma boa limpeza periódica nos maiores vilões das alergias: carpetes, cortinas e estofados. E é justamente como fazer isso da forma correta que vamos mostrar hoje.

lavar-tapetes

De acordo com Paulo Eduardo Leite de Souza, que é diretor comercial da Safe Clean, os estofados, colchões, sofás e cortinas absorvem micro-organismos que podem causar sérios problemas à nossa saúde. “Os micro-organismos se multiplicam com muita facilidade e, por serem invisíveis a olho nu, normalmente as pessoas não percebem sua existência não dando importância para o fato. Porém eles atacam diretamente o sistema respiratório dos seres humanos, principalmente as crianças, idosos e/ou pessoas com algum tipo de processo alérgico”, diz ele.

Para evitar este tipo de problema tão comum, a receita é bem simples: higienização. Ele explica o processo de limpeza profissional que consiste em retirar qualquer sólido presente na superfície e nas camadas superficiais do tecido

lavar-sofa

Depois disso, é necessário aplicar detergente apropriado a cada tipo de material e depois é aspergido agentes antiodores e microbicidas. Após isto é enxaguado e seco, utilizando equipamentos próprios para isso, como aspiradores com múltipla função.

Mas neste momento você já deve se perguntar como fazer a limpeza adequada em casa, já que pode não possuir algum dos equipamentos citados. Ele explica que em casa basta aspirações e aplicação de um pano umedecido em água ou sabão de coco nos estofados, sofás e colchões. Já nos tapetes e carpetes, a aspiração e aplicação de vinagre (ácido acético) já é bastante satisfatória em seus resultados.

prod

E que tipo de produto deve ser utilizado? Paulo responde que “deve-se evitar produtos com colorações agressivas, corantes, que podem agredir as cores neutras dos tecidos deixando resíduos que promovem um visual manchado. Produtos clorados não são indicados para esses objetos, pois alvejam o tecido muitas vezes descolorindo-os”, frisa.

Também é preciso alguns cuidados para não comprometer os itens. “Evite fazer manutenções de limpeza com excessos de água, pois essas superfícies de fibras de tecidos quando umedecidas em demasia podem ocasionar maus odores e consequentemente o crescimento de fungos. Também se devem evitar esfregações agressivas, pois podem ocasionar manchas de limpeza formadas pelo desgaste do atrito”, recomenda.

lavar-cortina

Paulo ainda nos lembra que a limpeza caseira é fundamental, mas nunca deve substituir a profissional. Segundo ele, “lembramos que esses procedimentos são caseiros e podem ser utilizados com a periodicidade necessária para cada caso, porém é indispensável a ajuda de empresa profissional para, pelo menos duas vezes ao ano, executar um trabalho profundo para total eliminação de micro-organismos, ácaros e sujeiras arraigadas”, destaca.

A melhor receita ainda é lavar tudo o que puder levar para máquina de lavar ou para o quintal e jogar água com sabão a vontade. Isso pode ser feito com cortinas de pano e tapetes soltos. Já os carpetes complica que ficam fixos sobre o piso e acumulam sujeira sobre eles por mais que limpe, neste caso, o ideal é troca-los de tempos em tempos.

Gostou deste artigo? Veja mais como estes curtindo nossa página no Facebook: